IECLB e Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC)



ID: 2698

Semana de Oração Pela Unidade dos Cristãos

Desde 1966, a Comissão Fé e Constituição do Conselho Mundial de Igrejas e o Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos da Igreja Católica Romana unem-se na promoção do Programa da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos no mundo inteiro.

A cada ano, grupos ecumênicos de diferentes países são nomeados pelas duas instituições para elaborar as sugestões de programação. Os textos são difundidos pelo mundo e em cada país recebem uma adaptação ao respectivo contexto sociocultural, fruto de uma colaboração ecumênica.

No Brasil, o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs - CONIC não só assume a tarefa de adaptar os textos, como trata de coordenar as ações da Semana através de suas Igrejas membro, de seus membros fraternos, de suas representações regionais e de denominações religiosas e grupos ecumênicos dispostos a trabalhar pela unidade no território nacional.

No hemisfério norte, o período tradicional para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SOUC) é de 18 a 25 de janeiro. Essas datas foram propostas em 1908, por Paul Watson, pois cobriam o tempo entre as festas de São Pedro e São Paulo, e tinham, portanto, um significado simbólico.

No hemisfério Sul, por sua vez, as Igrejas geralmente celebram a Semana de Oração no período de Pentecostes (como foi sugerido pelo movimento Fé e Ordem, em 1926), que também é um momento simbólico para a unidade da Igreja. 

A Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos é um tempo de crescimento na fé, na fraternidade e na transformação social, como experiência concreta de comunhão entre diferentes denominações cristãs. É uma oportunidade não só para a oração comum e para a oração pela unidade em cada Igreja, mas também para buscar e acolher mais irmãos e irmãs para que se juntem a nós na caminhada ecumênica. A cada ano, na Semana de Oração, Deus chama a gente para um momento novo.
 

Cristo, juntamente com todos os santos, assume a nossa forma pelo seu amor, luta ao nosso lado contra o pecado, a morte e todo o mal. Em consequência, inflamados de amor, nós assumimos a sua forma, confiamos em sua justiça, vida e bem-aventurança.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br