Eu acredito!

07/06/2021

 

Suzana estava sentada ao lado da mãe no culto. O pastor pregava sobre a vaidade. Mas, ela pouco entendia do que ele dizia. Em casa perguntou: Mãe! O que vaidade? Ela coçou o queixo e disse: Tudo o que você vê é passageiro! Tudo tem um fim. A menina pensou: A fruta amadurece. Depois cai do pé e apodrece. As minhas meias que eram novas, com o tempo, furaram. Foram ao lixo. O meu gatinho ficou doente e morreu. De repente, uma lágrima brotou na sua face. A mãe perguntou: O que houve? Mãe! Nós também teremos um fim? Ela precisou confirmar: Infelizmente, sim. Mas, acrescentou o que Deus promete não é vaidade, pois não tem fim. Tudo passa, menos o que Deus diz (Mateus 24.35). Deus disse que, mesmo morrendo, vamos viver eternamente com Ele. Basta crer. Então, a mãe aproveitou e perguntou: Suzana! Você confia naquilo que Deus diz? Sim! Disse a menina. Eu acredito!


Autor(a): P. Euclécio Schieck
Âmbito: IECLB / Sinodo: Norte Catarinense / Paróquia: Garuva-SC (Martinho Lutero)
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 24 / Versículo Inicial: 35
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 62899
REDE DE RECURSOS
+
É mais consolador ter Deus como amigo do que a amizade do mundo inteiro.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br