Domingo de Ramos - João 12.12-16

Caderno de Celebrações 2021 - Sínodo da Amazônia

17/12/2020

 

28/03/2021- Domingo de Ramos
Pregação: João 12.12-16; Leituras: Salmo 118.1-2,19-29
P. Hilquias Rossmann – Paróquia dos Migrantes – Cacoal/RO

 

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Jesus respondeu aos discípulos: “É chegada a hora de ser glorificado o Filho do Homem.” (João 12.23). Nesta palavra de saudação somos lembrados que chegamos a um momento especial, a Semana da Paixão. É chegada a hora, diz Jesus, e chegou a hora também para nós. Hora de recordar o amor e cuidado de Deus revelado em Jesus Cristo, aquele que vem em nome do Senhor para libertar o seu povo da escravidão do pecado. Que o nosso encontro tenha espaço para a esperança num novo tempo, numa nova história.

Sejam bem-vindos e bem-vindas, celebremos com alegria este momento especial de comunhão e testemunho de fé.

CANTO DE ENTRADA
LCI 117 – Como a palmeira florescerá o justo

SAUDAÇÃO
Neste Domingo de Ramos aclamamos Deus como Pai, Filho e Espírito Santo. Em seu nome estamos aqui reunidos e reunidas. Ele está entre nós.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
LCI 482 – Vem, Espírito Divino

CONFISSÃO DE PECADOS
Naquele dia em que Jesus entrou em Jerusalém montado num jumentinho as pessoas o receberam gritando: “Hosana a Deus”. A palavra “Hosana” é um grito de aclamação, mas é, ao mesmo tempo, um grito de arrependimento, um grito por socorro. Por isso, com sinceridade queremos reconhecer nossos erros e clamar pela compaixão de Deus. Oremos:
Querido e bondoso Deus, nos aproximamos de ti com o nosso coração pesado. Cansado de nossos pecados e de nossas aflições. Fechamo-nos para a tua palavra e não seguimos os teus ensinamentos. Concede que a graça conquistada por Jesus Cristo na cruz nos fortaleça para vivermos conforme a tua vontade. Essa vontade que espera coragem e não o medo; amor e não ódio; vida e não morte; justiça e não injustiça. Que possamos caminhar com compromisso e fé. Deus querido ensina-nos a buscar o teu querer para a nossa vida.

LCI 160 – Como tu queres, Senhor, sou teu

ANÚNCIO DO PERDÃO
O Salmo 118.25 nos diz: “Salva-nos, ó Senhor, salva-nos! Dá-nos prosperidade, ó Senhor!”. Jesus entrou na cidade de Jerusalém para poder nos anunciar e promover paz, crescimento e perdão dos pecados! Por isso, não deixe o pecado dominar sua vida, viva o perdão, este que vos anuncio em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Clamamos pelas pessoas que sofrem e vivem abandonadas, pelas que ainda não conhecem a graça e o amor de Deus e pelas que carregam pesadas cruzes. Em meio à dor, rogamos: Socorre-nos Senhor!

LCI 130 – Para os montes olharei

GLÓRIA IN EXCELSIS
Louvemos a Deus, aclamemos o nosso Senhor Jesus Cristo como aquele que vem para salvar e para nos redimir dos nossos pecados:

LCI 421 – Hosana Hey

ORAÇÃO DO DIA
Senhor, neste início da Semana da Paixão, voltamos o nosso olhar para o caminho que te levou à cruz. A multidão te acolheu como rei humilde e salvador, mas mostrou-se indiferente, medroso e acusador quando foste rejeitado, odiado e perseguido pelos poderosos deste mundo. Mostra-nos, Senhor, que seguir-te implica em sacrifícios e sofrimento. Sua entrada e seu sacrifício nos possibilitam celebrar a Páscoa definitiva da liberdade e da vida eterna. Pelo poder do teu santo Espírito, capacita-nos para o caminho da cruz. Por teu Filho amado, nosso Senhor.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Salmo 118.1-2,19-29

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
LCI 151 – Tua Palavra é lâmpada

PREGAÇÃO
Texto da Pregação: João 12.12-16

Que a Graça do Senhor Jesus o amor de Deus o Pai e a Comunhão do Espírito Santo sejam conosco. Amém.

Querida Comunidade!
A Semana da Paixão começa no Domingo de Ramos, no qual celebramos a entrada de Jesus em Jerusalém. Montado em um jumentinho, Jesus foi aclamado pelo povo que o acompanhava com aplausos, com ramos e túnicas. Jesus foi acolhido como: “Aquele que vem em nome do Senhor.”

As pessoas acreditavam que Jesus era o Messias anunciado pelos profetas. Mas não tinham compreendido a proposta de Deus. O povo esperava um Messias político, que com força militar arrancasse Israel das garras de Roma, devolvendo-lhes os tempos de ouro do reinado de Davi. Jesus não veio servir às propostas de qualquer reino terreno e humano. Ele veio para inaugurar o projeto salvífico de Deus para a humanidade caída em pecado. Certamente os discípulos esperavam mais. Certamente a multidão que o aclamou como aquele que vinha restaurar e instalar o reino de Davi esperava mais.

Às vezes esperamos mais de Deus. Nossa sede por justiça e por mudança nos deixa inquietos e ansiosos. Queremos ver sinais espetaculares, manifestações de força e de poder, acontecimentos fantásticos. Porém, muitas vezes as coisas que vem de Deus não acontecem deste jeito. Desta forma, ficamos desapontados. Jesus não entrou em Jerusalém para ser entronado, mas sim, para tomar a cruz sobre os seus ombros. Não podemos nos esquecer da cruz. Muitas vezes esperamos o agir de Deus de forma triunfante, num piscar de olhos, resolvendo todos os nossos problemas.

A entrada de Jesus em Jerusalém não foi triunfal, mas humilde e sofrida. Com que expectativa nós vamos ao encontro de Deus? O que esperamos de Deus para a nossa vida? Um grande milagre que soluciona todos os nossos problemas de relacionamento, de saúde, de emprego, de dinheiro? Jesus não se entrega à euforia do povo. Em sua humildade ele mostra que o olhar de Deus está voltado para os que mais sofrem e mostra o sofrimento que causamos. O povo ainda se encontrava escravizado por causa da infidelidade a Deus, no desamor ao semelhante, na falta de arrependimento, na ausência de mudança de vida e do seguimento as orientações que ele nos deixou. Jesus não nos dá o que queremos, mas o que mais precisamos, ou seja, um sentido novo para nossas vidas. Deus, em Jesus Cristo, desce até a nossa mais profunda dor, dificuldade e solidão e nos envolve com a sua graça renovadora e orientadora para seguir o caminho.

Aquele que vem em nome do Senhor muda a nós para mudarmos o mundo a nossa volta com a mesma humildade e simplicidade de amar e servir que o próprio Cristo teve. Amém

CONFISSÃO DE FÉ
Motivados pela Palavra que ouvimos, professamos juntos a nossa fé, com as palavras do Credo Apostólico. Creio em Deus...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
LCI 590 – Quão bondoso amigo é Cristo

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Querido e bondoso Deus! Hoje temos a alegria de confessar que teu Filho Amado Jesus está entre nós e transforma nossas vidas, quebrando paradigmas, trazendo novo sentido para nossa caminhada, motivados e motivadas pelo amor e servir com humildade.

Amado Deus, ajuda-nos como comunidade cristã a testemunhar a graça e o amor que vem de Ti e mostrando ao mundo o poder da cruz que liberta e consola. Ampara as pessoas que sofrem todo o tipo de violência. Oramos pelas pessoas que sofrem por motivo de luto, doença, solidão, opressão (deixar aqui espaço para mencionar os motivos da comunidade).

Deus de misericórdia, oramos pelas autoridades, para que estas não se desviem da sua função legal de governar para o bem do povo e para que não desistam de lutar por aquilo que é justo, por aquilo que promove o bem-estar de todo o povo e pela preservação da vida sobre a face da terra.

Deus de bondade, olhar para o que temos guardado no íntimo de nossos corações e colocamos diante de ti nossos agradecimentos e intercessões em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos ensinou a orar: Pai Nosso...

Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________


LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor vos abençoe e vos guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós e tenha misericórdia de vós; o Senhor sobre vós levante o seu rosto e vos dê a paz. Assim vos abençoe o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém.

ENVIO
Há motivos para a esperança. Há motivos para servir a Deus. Vamos confiantes no amor e cuidado de Deus revelado em Jesus Cristo e guiado pelo Espírito Santo. Ide em paz e servi ao Senhor com alegria. Amém. Demos graças a Deus!

CANTO FINAL
LCI 520 – Sobre toda a terra tu és o Rei

 


Autor(a): P. Hilquias Rossmann
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 12 / Versículo Inicial: 12 / Versículo Final: 16
Título da publicação: Caderno de Celebrações 2021 - Sínodo da Amazônia
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 60520
REDE DE RECURSOS
+
Quanto mais a gente de embrenha na Criação, maiores os milagres que se descobre.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br