Sínodo Sudeste



Rua Barão de Itapetininga , 255 Cj 510 - Centro
CEP 01042-001 - São Paulo /SP - Brasil
Telefone(s): (11) 3257-8418
sinodosudeste@luteranos.com.br
ID: 18

Unidade em Cristo - Culto 18/07 Paróquia Bom Samaritano, Ipanema, Rio de Janeiro/RJ

Culto on-line Efésios 2.11-22

17/07/2021


Pregação baseada em Efésios 2.11-22

Prezados irmãos, prezadas irmãs em Cristo,
A semana que passou para mim foi muito especial, pois, pude partilhar e conversar aberta e francamente com algumas pessoas. Me aproximei delas como nunca tinha podido fazer. Contaram muitas coisas, da sua vida, suas tristezas e suas alegrias. E claro conversando comigo, como o pastor, também falaram muito de Igreja, da nossa comunidade fé e de muitas outras que estão neste mundo. Pessoalmente foi importante poder escutá-las, saber que elas muitas vezes sentem-se como tijolo fora da edificação. E com tristeza no olhar comentavam como elas viam outras pessoas sendo colocadas de lado por muitos motivos. Interessante que todos os motivos listados eram realmente humanos, com imposição de barreiras humanas e não divinas. Nós somos os que colocamos limites aos outros. Deus nos convida a estarmos juntos, mas nosso egoísmo, nossa falta de consideração com os demais, faz com que não possamos deixar os outros simplesmente ser.
Cada vez, mais fortemente, se percebe que muitos querem dividir o mundo, entre eles e nós. Nas palavras de Paulo nota-se fortemente um desejo de orientar dois grupos distintos: Os cristãos de origem judaica (os circuncidados) e os cristãos de origem gentílica (os não circuncidados). Paulo cita várias vezes a palavra paz e, assim, é possível imaginar que justamente essa paz é o que estava faltando. Na verdade, se formos olhar para dentro das demais cartas do apóstolo Paulo é evidente que esse tema sobre o conflito de culturas e tradições dentro de uma mesma comunidade ressurge sempre de novo e em diversos locais.
Sabem eu tenho saudade da paz! Nos meus anos de pastorado, diversas vezes fui escolhido justamente porque facilito processos que levam à paz. Ser pastor é estar entre pessoas e chorar com elas, alegrar-se com elas. Muitas vezes sinto-me pequeno, falando com pessoas surdas. Nos piores momentos, lembro daquilo que ensino aos confirmandos e às confirmandas: o “eu sou batizado”. Aquela frase que Lutero colocou na sua escrivaninha e que em tempos mais difíceis lembrava: eu sou batizado, estou unido a Cristo!
Sim, estar unido a Cristo faz diferença, pois Cristo é quem traz a paz! Cristo traz paz para este mundo, para a vida das pessoas e para a comunidade de fé. É o pão da vida que nos ensina que o pão deve ser distribuído, é o pão da vida que nos traz um novo sentido a palavra “partilha”. Jesus derruba os muros que matam, não somente de forma biológica, mas também moral e afetivamente. Jesus abre os caminhos que nós fechamos. Cristo acolhe as pessoas, bem ali na sua miserável vida rodeada de poder e dinheiro, ou de fome e necessidade. Por isso, é que Paulo pode cumprimentar aos cristãos de origem judaica e aos cristãos de origem gentílica, todos e cada um deles são parte importante nessa construção que é o Corpo de Cristo. Ninguém pode ficar de fora, ninguém pode sentir-se fora.
A comunidade de fé é um canteiro de obras. A igreja integra cada peça na construção e liga uns aos outros para formar parte de tudo o que Deus oferece: vida nova e paz que Cristo traz. A comunidade prepara cada pedra ou cada tijolo para tornar visível o servir e o cuidar o próximo, também para os distantes e diferentes. Em verdade é um gigantesco ensaio de como viver de acordo com a vontade divina em nossa própria vida. Deus fez tudo para que tenhamos condições de permanecer firmes mesmo em meio às dificuldades que se apresentam. Fomos trazidos para perto por Cristo com seu sacrifício morrendo na cruz. Como parte do Corpo de Cristo não podemos esquecer-nos jamais de nossa dependência com Jesus, ele é o nosso ponto de partida, nossa meta e a única fonte que nos alimenta.
Nós nunca acharemos a casa pronta, pois esta é uma construção feita de seres humanos. Mas, mantenhamos nossa esperança e nossa certeza de que Deus quer que nós (seus tijolos) façamos parte do belo do Corpo de Cristo. Peçamos a Deus que nossa paixão não se apague e que enfrentemos as adversidades de forma coerente com o mandato de nosso Senhor e Salvador. Vivamos a paz que somente Cristo nos pode dar. Amém.
 


Autor(a): José Manuel Kowalska Prelicz
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste
Área: Missão / Nível: Missão - Coronavírus
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Testamento: Novo / Livro: Efésios / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 11 / Versículo Final: 22
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Celebração
ID: 63719
MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O Espírito Santo permanece com a santa congregação, ou cristandade, até o dia derradeiro. Por ela, nos busca e dela se serve para ensinar e pregar a Palavra, mediante a qual realiza e aumenta a santificação, para que, diariamente, cresça e se fortaleça na fé e em seus frutos, que ele produz.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Porque nem eu nem tu jamais poderíamos saber algo a respeito de Cristo ou crer nele e conseguir que seja nosso Senhor, se o espírito não o oferecesse e presenteasse ao coração pela pregação do Evangelho.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br