Carta Pastoral da Presidência da IECLB - Maio - 2022

11/05/2022

 

CARTA PASTORAL DA PRESIDÊNCIA DA IECLB

Maio – 2022

Amado, peço a Deus que tudo corra bem com você
e que esteja com boa saúde, assim como vai bem a sua alma.
(3 João 2)

Querida irmã e querido irmão!

Saúde é uma preocupação constante na vida pessoal, familiar e comunitária. Quem de nós não deseja estar com boa saúde? Quem de nós não gosta de sentir-se saudável, com a mente, o corpo e o espírito em boas condições?

O lema bíblico do mês contém um desejo de boa saúde e nos convida a refletir sobre a nossa saúde espiritual, nossa vida em comunidade, nossa comunhão com irmãs e irmãos na fé. Estamos bem neste quesito?

A Terceira Carta de João diz que a alma vai bem quando a pessoa é fiel à verdade e vive de acordo com a verdade (v. 4). A verdade, a quem somos fiéis, é Jesus Cristo (João 14.6). Quem anda na verdade de Cristo segue os mandamentos de Deus e não é cúmplice da mentira. A mentira, mesmo que suavizada com o nome de fakenews, é diabólica. Por isto, irmã e irmão, precisamos cuidar com o que falamos e compartilhamos. Estamos sendo fiéis à verdade?

A alma vai bem quando se pratica o amor (v. 5-6). O amor é a característica básica da fé. Quem ama, faz o bem, e quem faz o bem, vive bem. Viver bem não é necessariamente ter prosperidade ou não ter doença. Viver bem é servir a Deus e contribuir para espalhar o amor de Deus no mundo.

A saúde abrange todo o ser da pessoa: a parte física, mental e espiritual. Para ter saúde, é preciso que o corpo esteja bem cuidado, a mente bem cuidada, o espírito bem cuidado. Todas estas dimensões, especialmente as duas últimas, passam pela comunhão com Deus e por uma boa vivência comunitária.

A vivência comunitária fortalece a fé e tem efeito terapêutico. A acolhida, o conselho, a reflexão, a oração e o canto conjunto são fontes de ânimo, força e esperança. Por isto também fica a pergunta: de que forma contribuímos para a saúde das outras pessoas? Temos sido pessoas amáveis, gentis, cuidadosas? Ou temos sido pessoas agressivas, injustas e até cruéis? Isto se aplica tanto às relações face a face, quanto às interações nos espaços digitais.

Além da vivência comunitária, há iniciativas específicas para fomentar cuidados com a saúde. O CAPA (Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia), por exemplo, promove reflexões e práticas de alimentação com produtos da produção familiar e agroecológica. Há Comunidades que possuem grupos terapêuticos, que cultivam plantas medicinais ou mantém hortas comunitárias. Como pessoas batizadas e cidadãs, precisamos ficar vigilantes para que os 
governos cumpram com sua função de promover a saúde. Postos de saúde, hospitais e tratamentos precisam estar acessíveis para todas as pessoas. O acesso a tratamentos de saúde é um direito que precisa ser constantemente requerido e defendido. Isto também é uma questão de amor e fé.

Que tudo corra bem e que esteja com boa saúde, assim como vai bem a sua alma: este
também é o desejo da Presidência da IECLB para você!

Pa. Sílvia Beatrice Genz
Pastora Presidente

P. Odair Airton Braun
Pastor 1º Vice-Presidente

P. Dr. Mauro Batista de Souza
Pastor 2º Vice-Presidente


Âmbito: IECLB / Instância Nacional: Presidência
Natureza do Texto: Vários
Perfil do Texto: Carta
ID: 66992
REDE DE RECURSOS
+
A graça só tem um recipiente - o nosso coração.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br