Perspectivas para a caminhada da Igreja – Fórum de Missão 2024

12/04/2024

Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
Fórum de Missão 2024
1 | 1
Ampliar

 

Com mais uma envolvente Oração da Manhã iniciou o terceiro dia do Fórum de Missão da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – IECLB. O programa de hoje prevê:

 

PROGRAMA DO DIA 12/04/2024
Oração da Manhã
Estudo Bíblico: Neemias 1 a 4 – P. Dr. Roger Marcel Wanke
Palestra/Relato: Perspectivas para a Caminhada da Igreja no período 2025-2030 – Comissão Organizadora do Fórum de Missão 2024
Missão da Igreja: Planejamento, execução e monitoramento – Adelino Sasse
Renovação da vitalidade comunitária: perspectivas a partir da ELCA
Partilha de Práticas Inovadoras
Oração da noite

 

 

NEEMIAS 1-4: CONHECER – PLANEJAR – AGIR

O Prof. Dr. Roger Marcel Wanke, Diretor Geral da Faculdade Luterana de Teologia (FLT), estabeleceu paralelos entre a situação descrita no Livro de Neemias e os desafios atuais da Igreja. Wanke fez suas considerações a partir de três conceitos: conhecer, planejar, agir.

 

O Livro de Neemias está situado no período chamado Pós-Exílico (539-330 a.C.). O povo que havia sido exilado na Babilônia pode retornar à Terra de Israel e reconstruir o que havia sido destruído décadas antes. Neste contexto, não está em foco apenas a reconstrução material, mas, principalmente, o fortalecimento da identidade comunitária: De onde viemos? Quem nós somos? Para onde vamos?

 

Conhecer. Neemias fica sabendo da situação em que está a cidade de Jerusalém. Isso lhe pesa o coração. Ele vai para Jerusalém e tira tempo para fazer análise e diagnóstico. A constatação é uma situação miserável. Mas Neemias não perde o foco diante das adversidades. Ele ora por um avivamento, pela vitalidade do seu povo e ora para que Deus conceda, por meio de sua graça, o crescimento.

 

Planejar. Neemias tem convicção de que a boa mão de Deus esteve com ele, conduzindo-o até Jerusalém. Ele conhece a situação, chega às lideranças de Jerusalém e convida a reedificar os muros da cidade. Neemias motiva para o trabalho em equipe, convence o povo a se dispor e edificar os muros. Ele sabe que é Deus quem dará bom êxito. É Deus que vivifica e dá o crescimento.

 

Agir. Neemias delega o trabalho e são constituídos 42 grupos de pessoas. Chama a atenção, no relato bíblico, os advérbios “ao lado deles”, “junto deles” e “depois dele”, referindo-se ao trabalho em equipe. Muitas pessoas foram envolvidas, desde homens e mulheres, pessoas mais simples, outras poderosas, os próprios sacerdotes e levitas, enfim, Neemias motiva o conjunto do povo à participação. Vemos, aqui, o Sacerdócio Geral como método da vitalidade e crescimento.

 

 

PERSPECTIVAS PARA A CAMINHADA DA IGREJA NO PERÍODO 2025-2030

A Comissão Organizadora do Fórum de Missão 2024 apresentou resumo de uma pesquisa realizada com lideranças da IECLB e indicativos para a Caminhada da Igreja no período 2025-2030.

 

A Meta 1 – Uma Igreja que valoriza o sacerdócio geral, capacita as pessoas e aprofunda a fé para seu testemunho na Igreja e no mundo – foi a mais enfatizada na pesquisa. No entendimento de Diretorias e Conselhos da IECLB, a capacitação, formação e qualificação das pessoas estão entre os motivos para a importância dessa meta. A Meta 5 – Uma Igreja sinodal bem conduzida, democrática, transparente, conectada e sustentável – também recebeu atenção especial. Transparência e boa gestão apontam para as razões para valorizar essa meta..

 

A pesquisa identificou dificuldades, proposições e prioridades, entre as quais destacam-se:

 

Dificuldades. As principais dificuldades apontadas em relação às atuais Metas Missionárias foram: sua amplitude; muitas metas para um curto período; falta de indicadores para cada uma das Metas; falta de planejamento missionário; agenda sobrecarregada; necessidade de aprimorar a comunicação; estruturas pesadas e processos excessivamente normatizados.

 

Proposições. Dentre as proposições: manter as 4 dimensões da missão (evangelização, comunhão, diaconia, liturgia); despertar a consciência missionária; pensar estratégias para a missão externa e sua comunicação; aprofundar a percepção do aspecto missionário da diaconia; modelo diferenciado de exercício ministerial; fomentar a renovação de lideranças; estimular a prática da espiritualidade, oração e estudo; focar, de modo especial, no trabalho com crianças e jovens; resgatar a música como instrumento de missão.

 

Prioridades. investir em pequenos grupos e capacitar pessoas; promover formação teológica que anima a vivência da fé; fomentar a temática Fé, Gratidão e Compromisso; fomentar ações para fortalecer a missão local; ser Igreja mais efetiva nas cidades; investir em planejamento missionário; disponibilizar programa para acolhimento de novos membros, via profissão de fé; fortalecer a música comunitária como instrumento de missão; tornar as ações diaconias intrínsecas a todas as Comunidades.

 

Acompanhe as notícias e materiais do fórum clicando aqui

COMUNICAÇÃO
+
Se cada um servisse a seu próximo, o mundo inteiro estaria repleto de culto a Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br