Outros 500



ID: 2956

Jovens reformadores constroem redes que mantêm as igrejas conectadas

Jovens das Regiões América Latina, Caribe e América do Norte da Federação Luterana Mundial refletem sobre o seu papel no fortalecimento da igreja

12/02/2021

Facilitar o diálogo entre gerações faz parte das atividades dos jovens reformadores da IECLB. Foto: IECLB / Martina Scherer
Na Nicarágua, a igreja apoia pessoas que enfrentam dificuldades sociais e econômicas. Foto: Alejandra Lopez
1 | 1
Ampliar


(LWI) – Elías Pérez vê seu papel específico de jovem reformador da Igreja Luterana Mexicana (ILM) como alguém que pode “construir com uma mão em meu país e com a outra mão tomar as mãos de minhas irmãs e irmãos de todo o mundo, e, quando meu tempo passar, os outros poderão ter a sua vez. ”

Ele estava entre os 30 membros da Rede Global de Jovens Reformadores 2.0 da Federação Luterana Mundial (FLM) das regiões da América Latina, Caribe e América do Norte que recentemente se encontraram online para discutir a conexão entre seus respectivos papéis nas suas igrejas e as prioridades globais da FLM. Três prioridades globais da juventude foram definidas na Assembleia Geral de 2017 e que orientam as atividades dos jovens reformadores: reavivamento das igrejas, equidade e educação; e dois temas transversais - justiça climática e participação juvenil.

Para Pérez, esse papel de jovem reformador ficou especialmente evidente quando a pandemia do COVID-19 começou em março passado. A incerteza surgiu não apenas sobre os planos para o encontro nacional da juventude da ILM, “pois de um domingo para o outro tivemos que parar de realizar reuniões e a grande questão era: ‘e agora, o que vai acontecer´”?

Ele continua: “Por iniciativa própria, nós [jovens] nos encontramos online pela primeira vez e decidimos que queríamos fazer algo. A ideia era gravar os cultos de adoração a cada domingo, especialmente para as congregações que não pudessem ter um culto presencial. O presidente da igreja Rev. Roberto Federico Trejo Haager ficou muito feliz que nós jovens queríamos ajudar. ”Em dois dias tudo estava montado com o apoio de todas as comunidades do país para a edição do vídeo, montagem de músicas e assistência ao presidente da igreja para transmitir o seu sermão.

Pérez acredita que a resposta dos jovens durante a crise contribuiu para fortalecer as conexões na igreja. Ele observou que as pessoas que nem sempre podiam frequentar a igreja, especialmente os idosos, e aquelas que costumavam ser relutantes em usar novas tecnologias, estão agora entre as muitas pessoas que assistem os cultos online “com múltiplos sotaques regionais e acompanhados por múltiplas formas de executar as músicas”.

O jovem reformador da ILM está ciente de que o papel dos jovens na igreja não é apenas sobre o envolvimento em atividades juvenis regulares e de prestar apoio em crises como a pandemia do COVID-19. Ele está ansioso para aprender como outras pessoas na rede global da FLM que estão envolvidas em questões como mudança climática e justiça de gênero. O México, acrescenta, “é um lugar de sofrimento para os migrantes vindos de outras partes da região da América Latina e do Caribe; meu papel é abraçar suas lutas, oferecer um ouvido para escutar e ajudá-los com roupas, comida, e não ter preconceito ”.

Laços mais fortes

Alejandra Victoria Lopez Ortega, da Igreja Luterana Fé e Esperança da Nicarágua, disse que seu papel como jovem reformadora global “é encorajar outros jovens e criar laços que ajudem a fortalecer a fé na medida em que seguimos a mensagem do evangelho para ser sal e luz para o mundo. ”

Alejandra Lopez está engajada em atividades da igreja que apoiam pessoas que enfrentam dificuldades sociais e econômicas, especialmente mulheres, o que se tornou especialmente importante durante a pandemia do COVID-19, pois esses grupos tiveram mais dificuldade em acessar as necessidades básicas, incluindo medidas de proteção. Ela espera que a rede global da FLM seja um espaço para gerar ideias sobre como a formação de jovens pode fortalecer a igreja em sua missão e contribuir para a renovação geracional.

Ser uma jovem reformadora significa incentivar outros jovens e criar laços que ajudem a fortalecer a fé à medida que seguimos a mensagem do evangelho para ser sal e luz do mundo. - Alejandra Victoria Lopez Ortega, da Igreja Luterana Fé e Esperança da Nicarágua

 

Diálogo entre gerações

“Ser um jovem reformador global é facilitar a unidade em uma rede de jovens que estão conectados por meio de uma identidade luterana expressa em diferentes origens e lugares em todo o mundo”, diz Renato Valenga, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil ( IECLB). Ele é membro do Conselho Nacional da Juventude da igreja, o CONAJE, e coordena várias atividades, incluindo as Campanhas Juventude e Idosos e Juventude e Justiça Ambiental.

Envolver jovens e idosos para desenvolver empatia e conversar sobre a importância de cuidar uns dos outros com dignidade “nos trouxe bons resultados e fez diferentes gerações refletirem sobre unidade, respeito, paciência e amor”, explica. “Isso colabora para “ fortalecer o diálogo entre as gerações na comunidade ”.

Na campanha pela justiça ambiental o objetivo é garantir que a proteção do meio ambiente continue sendo uma prioridade para as gerações atuais e para toda a igreja. “Não é uma responsabilidade apenas dos jovens, mas sim uma jornada para cada geração, porque a criação nunca está à venda.”

A reforma é um processo contínuo, acrescenta Valenga. “Portanto, precisamos de formação contínua de lideranças e apoio mútuo para promover iniciativas nos diferentes níveis da vida em comunhão.” Observa que o envolvimento dos jovens nas questões de justiça e equidade racial é bastante crítico.

Refletindo sobre as discussões na reunião online dos jovens, a Diretora Executiva do Programa da FLM para Capacitação e Desenvolvimento de Lideranças, Pastora Katariina Kiilunen, disse que “os jovens líderes desejam que as prioridades da juventude sejam integradas às prioridades da FLM. É hora de trabalhar com os jovens e sua liderança não deve se limitar apenas a outros jovens.”

Pela FLM / P. Mumia


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

É isto que significa reconhecer Deus de forma apropriada: apreendê-lo não pelo seu poder ou por sua sabedoria, mas pela bondade e pelo amor. Então, a fé e a confiança podem subsistir e, então, a pessoa é verdadeiramente renascida em Deus.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Crer significa fixar o olhar firme e continuamente em Cristo.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br