Pessoas com Deficiência



Telefone(s): (51) 3284-5400
ID: 2784

Para marcar os 130 anos, Pella Bethânia planta 130 ipês

19/11/2022

Parte dos funcionários e residentes ante do plantio das 130 mudas
Residentes e colaboradores plantaram 130 mudas de ipês (1)
Residentes e colaboradores plantaram 130 mudas de ipês (2)
Residentes e colaboradores plantaram 130 mudas de ipês (3)
Residentes e colaboradores plantaram 130 mudas de ipês (4)
Residentes e colaboradores plantaram 130 mudas de ipês (5)
Programação dos 130 anos também contemplou almoço especial e de integração dos funcionários e residentes (1)
Programação dos 130 anos também contemplou almoço especial e de integração dos funcionários e residentes (2)
Programação festiva alusiva aos 130 anos foi marcada pela integração entre funcionários e residentes
1 | 1
Ampliar


Ação foi possível graças à doação das 130 mudas pela cooperativa Certel, de Teutônia, e reuniu diretoria, colaboradores e residentes, indo ao encontro dos propósitos da sustentabilidade da instituição


A Associação Beneficente Pella Bethânia, de Taquari, comemorou no sábado, dia 19 de novembro, 130 anos de cuidado e atenção especializada às pessoas que acolhe, sendo a instituição filantrópica de longa permanência mais antiga do Brasil. E para marcar a data, a instituição reuniu colaboradores, residentes e diretoria para uma ação especial: o plantio de 130 ipês-roxos, iniciativa que vai ao encontro dos propósitos de sustentabilidade da Pella Bethânia.

As mudas foram plantadas ao longo da avenida interna que interliga a Estrada TK-30 às edificações da Pella Bethânia. Dentre as razões pela escolha dos ipês é o fato da espécie, devido às suas cores intensas, representar vida e alegria, dois valores muito presentes no dia a dia da instituição, além de esperança e transformação, já que a cada floração se renova esse sentimento de cada pessoa acolhida. Inclusive, o acolhimento é outro significado que pode ser atribuído ao ipê, tendo em vista que suas flores passam a sensação de aconchego.

As mudas foram doadas pela cooperativa Certel, de Teutônia, que prontamente atendeu à solicitação da instituição. “A Associação Beneficente Pella Bethânia e a Certel têm muito em comum. É o associativismo unindo forças e fazendo a diferença nas comunidades em que atua. Por isso, o nosso agradecimento à Certel por apoiar a nossa ação”, frisou o coordenador geral da Pella Bethânia, Dério Milke, que ainda acrescentou que a doação de mudas vai ao encontro do trabalho socioambiental desenvolvido pela cooperativa e, também, da instituição.

No rosto de cada colaborador, residente e integrante da diretoria, a alegria de estar participando do momento e estar fazendo parte da história da Pella Bethânia no ano em que a instituição completa 130 anos. “Cada um de vocês ajuda a escrever a história da Pella Bethânia. Não é qualquer instituição que chega aos 130 anos. E vocês estão fazendo parte deste capítulo importante da Pella. Sejam como estes ipês, fazendo a diferença e trazendo mais cor para a vida das pessoas que acolhemos, dando continuidade aos legados plantados em 1892”, enalteceu Milke.

Após o plantio dos 130 ipês, houve um almoço festivo e de integração entre colaboradores, diretoria e residentes em um espaço especialmente montado entre os lares Emaús e Samaria. Na ocasião, ainda houve o “Parabéns a você”, bolo e confraternização deste novo capítulo na história da Pella Bethânia.

Ação de sustentabilidade

O plantio dos 130 ipês também vai ao encontro dos propósitos da sustentabilidade que estão sendo adotados na Pella Bethânia, tanto na área ambiental quanto financeira. A preservação das margens do Rio Taquari foi uma das primeiras ações desenvolvidas, oportunizando a volta da flora e, também, da fauna nativas.

No início do ano, a Pella Bethânia passou a produzir a sua própria energia elétrica por meio de duas usinas fotovoltaicas. Com capacidade de atender até 95% da demanda da instituição, as usinas estão gerando uma economia mensal de aproximadamente R$ 5,5 mil. No total, são 276 painéis fotovoltaicos, que têm previsão de gerar uma economia anual de aproximadamente 150 mil kWh na conta de luz.

No mês de aniversário da instituição, o plantio dos 130 ipês, que vai muito além do embelezamento da entrada da instituição, pois o mesmo terá impacto positivo na questão ambiental. Além disso, a instituição está buscando implantar outras ações de sustentabilidade, que estão em fase de elaboração de projetos ou encaminhamento para a arrecadação de recursos.

Assim como foi ao longo de sua história, a Pella Bethânia se adequa aos cenários em que está vivendo, conforme observou Dério Milke. “Por muito tempo, a Pella Bethânia foi autossustentável na produção de alimentos e outros itens necessários no dia a dia da instituição, mas, foi preciso adequar às legislações vigentes. Em meio a um cenário de preocupações com o meio ambiente, a Pella Bethânia também faz a sua parte, adotando ações que vão ao encontro desta questão, o que também terá impacto na sua sustentabilidade financeira”, afirmou.

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer

CRÉDITOS DAS FOTOS: Édson Luís Schaeffer/divulgação

 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Todas as nossas orações devem fundamentar-se e apoiar-se na obediência a Deus.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Antes da criação do mundo, Deus já nos havia escolhido para sermos dele por meio da nossa união com Cristo, a fim de pertencermos somente a Deus e nos apresentarmos diante dele sem culpa.
Efésios 1.4
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br