IECLB e Igreja Evangélica Luterana no Norte da Alemanha



ID: 2733

IECLB representada na consulta sobre Justiça das igrejas parceiras da Igreja Evangélica Luterana no Norte da Alemanha

20/09/2015

Nos dias 12 a 20 setembro de 2015, realizou-se a Consulta das Igrejas Parceiras (The Partner Church Consultation) da Igreja Evangélica Luterana da Alemanha do Norte, totalizando quase 60 delegados (de igrejas da África, da Ásia, do Pacífico e do Oriente Médio, dos Estados Unidos da América e da América Latina, além de vários países da Europa). Com o tema: “Walking together the Way of Justice” - “Caminhando juntos o caminho da justiça”.

A IECLB (Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil) foi representada pela jovem Bárbara Luise Hiltel Venturini (coordenadora Sinodal da Juventude Evangélica do Sínodo Paranapanema) e o P. Mauro Schwalm (secretário de Missão da IECLB).

Participar dessa comunhão entre irmãos e irmãs luteran@s de várias partes do mundo é como um grande encontro de família: momento de celebrar e de partilhar a fé. Isso se tornou mais rico quando nos reunimos para refletir a cerca da justiça em nossos diferentes contextos, para procurar para nós mesmos e nossas igrejas maneiras de caminhar juntos, como parceiros globais, para proclamar e promover Justiça, conduzidos pelo Evangelho.

Na primeira parte da Consulta tivemos a oportunidade de conhecer os trabalhos desenvolvidos nos distritos da Igreja Evangélica Luterana da Alemanha do Norte, principalmente aqueles que tinham enfoques diaconais, por meio de 10 grupos de exposição. Em um segundo momento, todo o grupo se reuniu em Breklum, para estudar a Bíblia, orar e louvar a Deus. Além de compartilhar as experiências, vividas na Consulta e aquelas relacionadas ao seu país e igreja, por meio de plenárias e grupos de discussões, pautados principalmente sobre quatro aspectos: situação dos imigrantes; justiça social (desigualdade entre ricos e pobres); direitos humanos; cuidados com a criação (justiça climática). E o encerramento aconteceu por meio de um belo culto na igreja de St. Michaelis em Hamburgo.

Todas estas questões tratadas na Consulta se referem às situações de vulnerabilidade presentes na nossa sociedade, como igrejas e indivíduos muitas vezes não conseguimos dar uma resposta pontual em relação a elas. Diante disso, reconhecemos que não há soluções fáceis para as complexidades com que somos confrontados hoje. Por isso é necessário estudar, refletir e agir à luz da visão da justiça de Deus no nosso dia a dia, promovendo justiça em pequenas atitudes, nos envolvendo nas situações do nosso contexto de modo a fomentar a igualdade, liberdade, solidariedade e generosidade.

Como cristãos somos chamados a transformar a sociedade em um lugar melhor, você também é convidado a participar dessa caminhada, proclamando a justiça no seu contexto (cidade e país) e na sua comunidade (igreja), como resposta ao mandado de Deus: “Que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus.” (Miquéias 6:8).

Mais informações podem ser acessadas: www.consultation2015.org
 

Há algo muito vivo, atuante, efetivo e poderoso na fé, a ponto de não ser possível que ela cesse de praticar o bem. Ela também não pergunta se há boas ações a fazer e, sim, antes que surja a pergunta, ela já as realizou e sempre está a realizar.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br