Música na IECLB


Coro mais antigo na IECLB completa 130 anos

Comunidade de Rio Claro/SP celebra o jubileu em culto festivo

01/04/2022

Coro de Rio Claro/SP - março 2022
Coro de Rio Claro/SP - março 2022
Coro de Rio Claro/SP - março 2022
Coro de Rio Claro/SP
Coro de Rio Claro/SP - 2011
Coral Rio Claro - capa do LP gravado em 1975
100 Anos - Capa do LP
Igreja de Rio Claro/SP
1 | 1
Ampliar

CORAL DE RIO CLARO COMEMORA 130 anos

A música faz parte da vida e da cultura. Os evangélicos luteranos, desde que chegaram ao Brasil, para recordar as lembranças de suas pátrias distantes, reuniam-se às vezes em um determinado lugar e lá cantavam e se alegravam com as canções da sua terra.

A música, na forma de hinos e cantos religiosos, faz parte da fé e da vida da Igreja, principalmente na celebração dos cultos. O gosto pela música, especialmente o canto coral, esteve presente na vida da Comunidade desde o seu início. No culto de inauguração do templo, em 9 de março de 1884, apresentou-se um coro masculino e um coro misto.

Passados alguns anos, sentindo a necessidade da Comunidade ter um Coral para cantar nos cultos, criou-se então o “Kirchenchor”, que quer dizer: “Coro da Igreja”. Este Coro (Coral) iniciou as suas atividades em 03 de abril de 1892.

Com o Coral começou uma vida diferente na Comunidade, porque os componentes do Coral, além de participarem de muitas festas e apresentações, sempre colaboravam com as atividades da Igreja. A vida cultural e religiosa da Comunidade foi enriquecida.

O primeiro Regente do Coral foi o Pastor Theodor Koelle, que dirigiu o mesmo de 1892 à 1920, com ensaios nas terças e quintas à noite. Devido a sua enfermidade, assumiu a regência sua filha, professora Christina Koelle, permanecendo até 1927, participando de apresentações e abrilhantando os cultos dominicais. Em 1927, com a vinda para o Brasil do professor Alfred Roth e sendo um bom organista, passou a dirigir o Coral. Grande foi o seu trabalho em despertar em alguns dos componentes o dom de cantar solos. Em junho de 1929, o professor Roth retornou à Alemanha e foi substituído pelo professor Carlos Klein que permaneceu como Regente até 1932. Neste ano assumiu a Sra. Julia Koelle que permaneceu até 1939. Ela foi substituída pelo Pastor Gerhard Graetz, pastor da Comunidade, o qual assumiu a regência até sua aposentadoria no ano de 1982. Após, o Coral passou a ter como Regente a professora Lizelote Augusta Eichenberger Palota, a qual regeu o Coral até abril do ano de 2009.

A partir desta data a Sra. Lizelote passou a regência do Coral para a jovem pianista Eliane Fernandes de Camargo. No ano de 2017 a Eliane teve que se afastar do Coral por causa do nascimento da filha e em seu lugar assumiu o músico Odival Luciano Barbosa Filho. Em janeiro de 2018 a Eliane reassumiu a regência do Coral até o dia de hoje. Registramos com gratidão que muitas vezes o Coral contou com a ajuda dos músicos Romeu Panhoca e Noemi Pegas.

Neste ano de 2022 o Coral completa 130 anos e sempre permaneceu em atividade, ininterruptamente. O Coral já gravou dois discos, um no ano de 1975 e outro em 1992. Em dezembro de 2007 o Coral participou da gravação de um CD por ocasião do 25º Encontro de Corais da União Paroquial da região de Campinas. O Coral de Rio Claro é considerado o mais antigo da igreja em todo Brasil.

Hoje o Coral realiza os seus ensaios todas às quintas-feiras e conta com 17 componentes. Exerce um importante ministério na igreja. Participa de cultos da Comunidade e de cultos ecumênicos, em cultos em outras comunidades da UP e do Sínodo, em celebrações festivas, em encontros de Corais. O Coral tem como lema: “Unidos em uma só voz em harmonia com todos”.


O culto festivo comemorativo do jubileu pode ser acompanhado pelo canal no YouTube da Paróquia.

Clique aqui:

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Vocês vão me procurar e me achar, pois vão me procurar com todo o coração. Sim! Eu, afirmo que vocês me encontrarão.
Jeremias 29.13-14
REDE DE RECURSOS
+
Louvemos ao Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo! Por causa da sua grande misericórdia, Ele nos deu uma nova vida pela ressurreição de Jesus Cristo, por isso o nosso coração está cheio de uma esperança viva.
1Pedro 1.3
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br