Jornal Evangélico Luterano

Ano 2021 | número 847

Quarta-feira, 25 de Maio de 2022

Porto Alegre / RS - 11:19

Presidência

Um ano de Covid-19 no Brasil (Até quando, meu Deus, até quando?)

No dia 26 de fevereiro de 2020, foi confirmado o primeiro caso do novo Coronavírus no Brasil. Passado um ano, a pandemia já tirou a vida de mais de 250 mil pessoas no país. Em fevereiro desse ano, a média diária esteve acima de mil mortes pela doença. A dor e as dificuldades são imensas. A paciência e o ânimo parecem se esgotar. Até quando, meu Deus, até quando? A partir de uma experiência de muita aflição, o Salmo 13 levanta a pergunta e implora a Deus uma resposta.

A produção de vacinas trouxe uma perspectiva alentadora, mas não há como prever o fim da pandemia. Infelizmente, a vacinação ocorre muito lentamente em nosso país. A falta de planejamento e o descaso ficaram evidentes em diversos momentos. É necessário reivindicar agilidade do poder público na vacinação e também fazermos a nossa parte. A pergunta do Salmo 13 volta-se para nós. Até quando pessoas continuarão a agir de forma irresponsável? Até quando pessoas continuarão a negar a gravidade desta crise?

Diante do contínuo aumento dos casos de Covid-19, a Presidência da IECLB reforça a orientação de manter os esforços para diminuir a disseminação do vírus. Evitar aglomerações, manter distanciamento, usar máscaras e adotar medidas de higiene, como lavar as mãos com frequência, são ações que cada pessoa pode realizar. Quanto aos encontros presenciais, pedimos que as nossas Comunidades sigam as orientações dos seus respectivos Sínodos e dos órgãos de saúde. Quando encontros presenciais se fizerem necessários, que sejam tomadas todas as precauções.

Estamos diante de um inimigo invisível e poderoso. Mesmo agindo com prudência, pessoas podem contrair o vírus. Felizmente, a maioria das pessoas infectadas não sofre consequências graves. Alegramonos com as mais de nove milhões de pessoas que foram curadas e agradecemos a todas as pessoas da área da saúde pela perseverança na tarefa de salvar vidas. Expressamos a nossa dor pela doença e pelo luto. Rogamos a Deus que dê ânimo e conforte as pessoas em sofrimento.

Estamos em um momento crítico e teremos meses difíceis pela frente. Com vacinas, responsabilidade pessoal e compromisso social, temos possibilidades de barrar o avanço destrutivo do vírus. A fé no trino Deus nos compromete com a vida e o bem-estar das outras pessoas. A fé nos estimula a praticar diaconia e a exercer solidariedade. Pela fé, alimentamos a esperança. Que possamos, também com o Salmo 13, expressar a nossa confiança em Deus, dizendo: Quanto a mim, confio na tua graça. Que o meu coração se alegre na tua salvação (Sl 13.5).

Pa. Sílvia Genz | Pastora Presidente da IECLB 

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES


Gestão Administrativa

Ser Igreja de Jesus Cristo em contexto de pandemia

Em perspectiva de balanço do ano que passou, compartilhamos, de forma adaptada e atualizada, partes da Carta Pastoral da Presidência, de Pastoras e Pastores Sinodais, publicada em agosto de 2020. A partir de março de 2020, passamos a conviver com a pandemia do Covid-19, (+)



Educação Cristã Contínua

Igreja que valoriza o Sacerdócio Geral (parte 3/3)

Desafios Com base nas atividades que estão sendo realizadas e considerando o cenário atual, a Coordenação de Educação Cristã (CEC) vislumbra os seguintes desafios para a efetivação da Meta Missionária 1 (Áreas de prioridade (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Se a Palavra desaparecer, o mundo fica escuro. Aí ninguém mais sabe onde se abrigar.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br