Jornal Evangélico Luterano

Ano 2016 | número 791

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

Porto Alegre / RS - 13:21

Comportamento

Missão: diaconia e inclusão

   Diaconia na missão de Deus - A missão é de Deus, não é nossa. A Sua missão é amar ao mundo de tal maneira que aquela pessoa que se encontra com seu Filho, Jesus Cristo, e nele crê, é nova criatura. Esta vive da esperança confiada de que o Reino de Deus já se revela aqui, em forma de sinais visíveis e que virá em plenitude no final dos tempos.

   Deus nos chama para sermos colaboradores e colaboradoras em sua missão. Uma forma de colaboramos com a missão de Deus é por meio da Diaconia. Ela é uma das dimensões essenciais da Igreja missionária, assim como a Evangelização, a Comunhão e a Liturgia, conforme o Plano de Ação Missionária da IECLB (PAMI).

   Diaconia é ação de serviço, a partir da identidade cristã, que se dá em um contexto de sofrimento e injustiça, com a finalidade de transformar. A transformação acontece quando todas as pessoas têm acesso e direito de expressar as suas ideias, os seus sonhos e, principalmente, participar da tomada de decisões.

   O então Conselho Diretor da IECLB, no ano de 1988, definiu diaconia como uma ação de misericórdia e de justiça que acontece por meio da assistência, da solidariedade, da parceria e da ação política. Ação de misericórdia: tem olhos, ouvidos, é sensível para a dor. Ação de justiça: está atenta para os direitos das pessoas e denuncia a sua violação. Assistência: está próxima de quem sofre. Solidariedade: ajuda a aliviar dores, faz com a pessoa e não para a pessoa. Parceria: atua com outras instituições, fomenta a cooperação e a criação de redes. Ação política: participa dos conselhos de direitos na implementação de políticas públicas e acompanha os movimentos sociais. 

   A IECLB compreende e testemunha que Deus nos serve, por isso nós servimos. Esse servir e todas as ações são frutos do amor de Deus em nós. Para cumprir o seu chamado de ser uma Igreja diaconal, a IECLB, em 1988, instituiu a Coordenação de Diaconia, a fim de motivar, articular e acompanhar a tarefa diaconal nas diferentes instâncias da IECLB.

   Ao longo destes anos, a Coordenação de Diaconia organizou, em parceria com os Sínodos da IECLB e as instituições com vínculo confessional, diversos cursos e seminários na área da Diaconia. Destacamos os cursos Multiplicadoras e Multiplicadores de Diaconia e Vida no Limiar da Morte, que capacitam pessoas para serem protagonistas na construção de Comunidades diaconais, que se ocupam em acolher e cuidar de pessoas em situação de sofrimento, exclusão e vulnerabilidade como resposta à fé em Jesus Cristo. 

   Na IECLB, também temos o Conselho Nacional de Diaconia (Conad) que é um órgão assessor da Direção da Igreja. O Conad, em parceria e diálogo com a Secretaria Geral, é corresponsável pelo planejamento e pela execução das atividades relacionadas à diaconia. Formado por representantes dos 18 Sínodos, o Conad reúne-se anualmente. Na sua última reunião, o Conselho refletiu sobre o papel da IECLB no atual contexto de envelhecimento populacional, pois, em 2025, a população de pessoas idosas no Brasil será de 32 milhões de habitantes. Como resultado da reflexão, o Conselho apontou que esta realidade precisa estar presente no Planejamento Estratégico das Comunidades, de forma a avaliar e propor diretrizes para o trabalho com e para a pessoa idosa.

   Para uma ação diaconal ser uma ação transformadora, restauradora e curativa, precisa de reflexão, planejamento, coordenação, acompanhamento e avaliação constante. Assim, a Coordenação de Diaconia tem disponibilizado subsídios para as Comunidades e as instituições, especialmente no Dia Nacional da Diaconia, 10 de abril.

   Para aprofundar a reflexão sobre diaconia, indicamos o livro Diaconia em Contexto, disponível no Portal Luteranos (http://luteranos.com.br/ conteudo_organizacao/missao-diaconia/diaconia-em-contexto-transformacao-reconciliacao-empoderamento). Conforme consta na obra: ‘as dimensões da missão deveriam manter-se unidas, e de forma tal que fique confirmado o caráter diferenciado de cada uma. Mesmo que palavra e obra não possam ser separadas, não devem ser embaralhadas a ponto de uma limitar-se a ser instrumento da outra (p. 87).

   A diaconia tem como objetivo proporcionar vida digna para todas as pessoas (Jo.10.10). Sejamos nós, por meio da diaconia, colaboradores e colaboradas na missão de Deus, na certeza que temos a sua companhia e o seu cuidado. 

Igreja é e deveria ser diaconal

   A IECLB é uma Igreja diaconal e pode ser cada dia mais! Muitas ações são desenvolvidas por nossas Comunidades e instituições diaconais, motivadas pela fé, para proporcionar vida digna para as pessoas. São exemplos de ações diaconais: visitação para pessoas doentes e pessoas idosas, acompanhamento a famílias em situação de vulnerabilidade social, participação em conselhos de direitos, ações de acessibilidade para pessoas com defi - ciência, instituições que atuam com crianças, adolescentes e pessoas idosas, proporcionando cuidado e ações com pessoas que vivem em situação de rua. Outras ações podem ser acrescentadas a partir da experiência da sua Comunidade.

   ‘A Igreja que serve, que se engaja de fato por uma vida boa para todas as pessoas – não só para seus membros –, assume e vive o desafio de Cristo, o Diácono. A Igreja que questiona situações de injustiça e de desamor, uma Igreja que é aberta para as pessoas que são diferentes, que estão à margem, que não têm voz nem vez, entende e vive o projeto de amor de Deus neste mundo, comunica-se com autenticidade, vive a diaconia’ (Diaconia: fé em ação, 1995, p. 24).

   A ação diaconal também precisa alcançar as pessoas e/ou instituições que diariamente são agentes da diaconia, ou seja, precisa cuidar das pessoas cuidadoras. Desta forma, e por compreender que as instituições diaconais são parte da missão da Igreja, criou-se a Rede de Diaconia, que é uma proposta de articulação das instituições diaconais da IECLB, com foco no fortalecimento da atuação, formação, incidência pública e sustentabilidade. A Rede é coordenada pela Secretaria da Ação Comunitária, da Secretaria Geral da IECLB, em parceria com a Fundação Luterana de Diaconia (FLD). Para mais informações, acesse: www.redediaconia.com.br.

 

   Diác. Ma. Carla Vilma Jandrey, formada em Teologia e Mestre em Teologia pela Faculdades EST, em São Leopoldo/RS. Atua como Coordenadora de Diaconia e do Programa Diaconia Inclusão na Secretaria da Ação Comunitária, da Secretaria Geral da IECLB, em Porto Alegre/RS

 

 

 

 

 

 

 

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES


Gestão Administrativa

Ser Igreja de Jesus Cristo em contexto de pandemia

Em perspectiva de balanço do ano que passou, compartilhamos, de forma adaptada e atualizada, partes da Carta Pastoral da Presidência, de Pastoras e Pastores Sinodais, publicada em agosto de 2020. A partir de março de 2020, passamos a conviver com a pandemia do Covid-19, (+)



Educação Cristã Contínua

Igreja que valoriza o Sacerdócio Geral (parte 3/3)

Desafios Com base nas atividades que estão sendo realizadas e considerando o cenário atual, a Coordenação de Educação Cristã (CEC) vislumbra os seguintes desafios para a efetivação da Meta Missionária 1 (Áreas de prioridade (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Em tudo, dai graças, porque está é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.
1Tessalonicenses 5.18
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br