Tema do Ano da IECLB



Telefone(s): (51) 3284-5400
presidencia@ieclb.org.br
ID: 3251

Tema do ano 2016 da nossa Igreja: Pela graça de Deus, livres para cuidar - “Buscai o bem e não o mal” Amós 5.14a

06/02/2016

0 que queres para tua vida e para a vida de teus filhos e tuas filhas? Muitas vezes, nos perguntam isso e sempre respondemos que queremos o melhor. Na busca pelo que é melhor, procuramos caminhos que nos ajudem a progredir, alcançar a felicidade e o bem-estar. Isso inclui emprego bom, renda boa, moradia digna, saúde, fé, lazer e diversão.

Até aqui, não há problema nenhum, mas e quando o melhor que buscamos nos faz optar por caminhos do mal e não do bem? Vemos isso com frequência, quando não se medem atitudes nem palavras, que ferem a outras pessoas, para satisfazer interesses pessoais. Em busca da autopromoção, da fama e do sucesso, pessoas acabam derrubando os seus concorrentes com fraudes e tramas diabólicas.

Viver bem é o mais importante. Uma vida plena e abundante faz parte da promessa de Deus para todo o tempo e toda a gente. Neste contexto: como é possivel estar bem quando, à nossa volta, enxergamos miséria, destruição e injustiças provocadas pelo egoísmo de algumas pessoas? Como ser feliz diante da dor e do sofrimento de tantas pessoas que não conseguem alcançar condições mínimas para uma vida digna?

Em meio à busca pela vida tranquila e feliz, torna-se necessário distinguir com clareza o que é prioritário para a vida. Cabe-nos avaliar, a luz do Evangelho, do que realmente necessitamos para viver bem e com dignidade. Pensando nisto, a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) propõe para o ano de 2016 o Tema Pela graça de Deus, livres para cuidar e o Lema bíblico Buscai o bem e não o mal (Am 5.14a). Somos, assim, chamadas e chamados a refletir sobre a ética e a vivência da fé.

0 Tema traz à tona a reflexão sobre o uso da liberdade, palavra de grande impacto em nossos dias. Somos livres, mas para quê? Pela graça de Deus, somos livres para cuidar. A graça, que manifesta o amor de Deus, nos impulsiona ao exercício da liberdade comprometida com a vida, recheada de compromisso ético e moral.

Desde a época do profeta Amós (760 AC) até os dias de hoje, as pessoas anseiam e buscam por uma vida melhor. Atrelado a essa busca tem caminhado o desenvolvimento econômico e tecnológico, o qual, lamentavelmente, ainda não foi capaz de produzir uma sociedade mais justa, segura e digna para todas as pessoas. Por esse motivo, a voz profética, que denuncia os acordos fraudulentos, que enriquecem e beneficiam poucas pessoas à custa do sofrimento de outras, não pode calar.

A liberdade que Deus dá consiste em ações coerentes com os princípios éticos da fé cristã. Estes são resumidos no duplo mandamento do amor: amar a Deus acima de todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo (Mt 22.37-39). Esse amor, segundo o apóstolo Paulo, não maltrata, não procura os seus interesses, não se alegra com a injustiça, mas com a verdade (1Co 13.5-6).

A liberdade dada por Deus amplia o nosso olhar de cuidado para além de interesses pessoais, em vista do cuidado e do benquerer de todas as pessoas e dacriação. Lógico, não podemos ser negligentes na providência de bens materiais, necessários para a nossa vida e subsistência. É preciso trabalhar, economizar, planejar. 0 Evangelho não nos proíbe nada. No entanto, ele nos motiva a cuidar para que essa liberdade não nos torne escravos e escravas de nada nem de ninguém, tampouco nos leve a fazer coisas que não edificam.

Deus, pela sua graça, nos dá a oportunidade de escolher amar, obedecer e ficar perto dEle. Quando erramos, reflexão, arrependimento e perdão são, por vezes, necessários para iniciar uma mudança. O Evangelho vem ao nosso encontro para orientar as nossas decisões e nos ajudar a fazer escolhas que promovam a vida, ajustiça e a paz.

Nessa busca por uma vida mais digna e justa, o nosso compromisso é com aquele que nos chamou para exercer a liberdade na preservação de toda e qualquer forma de vida ao nosso redor.

Pa. Ma. Tânia Cristina Weimer
(Pastora Sinodal – Sínodo Nordeste Gaúcho)


Autor(a): Pa. Ma. Tânia Cristina Weimer
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste / Paróquia: Santos (SP)
Área: Campanhas / Nível: Tema do Ano
Testamento: Antigo / Livro: Amós / Capitulo: 5 / Versículo Inicial: 14 / Versículo Final: 14
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 36772

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Deus, ao atender uma oração, atende-a de modo maravilhoso e rico, assim que o coração humano é por demais apertado para poder compreendê-lo.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.
João 8.31-32
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br