IECLB e Igreja Católica Apostólica Romana


- Brasil
ID: 2723

Palavra de saudação da CNBB

Concílio 2010 - Foz do Iguaçu - PR

22/10/2010

Pai, que todos sejam um!

Saudações...

E com alegria que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil recebeu o honroso convite para participar do XXVII Concílio da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil. E é espírito fraterno, amigo e ecumênico que respondemos positivamente ao convite.....

Trago a todos os participantes do vosso XXVII Concílio a saudação da Igreja católica no Brasil, dos bispos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, particularmente da sua presidência...

Nossas Igrejas, Católica e Evangélica de Confissão Luterana no Brasil possuem um rico histórico de relações ecumênicas. Juntas, buscam abrir caminhos de diálogo, de cooperação e de comunhão na fé cristã e no testemunho social do Evangelho. 0 diálogo que brotou de modo espontâneo pela convivência e o conhecimento mútuo de membros das Igrejas, recebeu do Espírito Santo, o Espírito da Unidade, o impulso para desenvolver-se de modo mais articulado e institucional. Assim, foram criados meios que lhe dão estabilidade, como a Coordenadoria Ecumênica de Serviços - CESE, em 1973, a Comissão Nacional de Diálogo Católico-IECLB, em 1974, o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil - CONIC, em 1982. São alguns dos organismos que aproximam cristãos católicos e luteranos no Brasil, incentivando nossas Igrejas a persistirem nos caminhos da unidade.

Percorremos esse caminho impulsionados pelo desejo do Mestre: Que todos sejam um... para que a mundo creia (Jo 17,21). E Paulo nos incentiva a caminharmos mesmo quando o caminho parece estreito ou incerto ao nos lembrar que E graças a Ele (Jesus Cristo) que uns e outros, num só Espírito, temos acesso ao Pai. Assim, não sois mais estrangeiros nem migrantes, sois concidadãos dos santos, sois da família de Deus Ef 2,18). Coma é bom nos sentirmos irmãos, membros de urna mesma família, de Deus, e solidários no compromisso com a vivência dessa Palavra no mundo.

Isso a fazemos a partir da identidade e das convicções de cada uma de nossas Igrejas. Não são identidades e convicções excludentes. 0 jeito de ser cristão luterano e a jeito de ser cristão católico aproximam-se pelo diálogo e se enriquecem mutuamente. 0 ser cristão é a identidade comum que possuímos. E o ser luterano e católico são as contribuições específicas que oferecemos para o ser cristão. Não buscamos uma forma única para a vida cristã. Buscamos sim o único Evangelho e a Igreja una de Jesus Cristo. E nessa busca comum crescemos juntos na compreensão e vivência do Evangelho de Jesus Cristo e da sua Igreja.

Estamos, juntos, enfrentando sérios os desafios para isso. Em uma sociedade que distancia as pessoas pelo individualismo, o egoísmo e o subjetivismo, queremos nos aproximar cada vez mais; em um contexto religioso plural onde por vezes se detecta a concorrência, a agressividade, o sectarismo, queremos caminhar juntos; em um mundo orientado por valores sócio-culturais, políticos e econômicos que muitas vezes produzem a pobreza, a miséria, a fome e a morte, buscamos juntos construir uma sociedade pautada na justiça, na paz, na partilha e na vida em abundância para todos. 0 tema do vosso XXVII ConcIlio Paz na criação de Deus estimula nossas Igrejas a assumirem compromissos comuns como continuidade das positivas relações ecumênicas existentes.

 A história de nossas Igrejas, em âmbito nacional e internacional, possui as positivas marcas desse caminhar juntos. São saudáveis e intensas as relações entre a Federação Luterana Mundial e o Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos. O fruto mais significativo dessa relação é a Declaração Comum sobre a Doutrina da Justificação por Graça e Fé (1999). No âmbito nacional, vamos destacar, entre outros, as três Campanhas da Fratenidade Ecumênica, realizadas nos anos 2000, 2005 e 2010, respectivamente; os dois encontros entre bispos e pastores sinodais realizados em Porto Alegre em (1999), e Curitiba, 2009; o seminário sobre eclesiologia ecumênica, realizado em São Leopoldo, no presente ano; os pronunciamentos comuns sobre questões sociais que afligem a vida do povo brasileiro.

Estamos juntos e juntos queremos continuar no caminho do discipulado de Jesus Cristo. Entendemos que não podemos fazer separados aquilo que o Evangelho e a consciência cristã não nos impedem, e até nos exigem, de fazermos juntos. Ha um testemunho comum a ser dado para a sociedade. E nisso não podemos faltar.

Reiteramos, aqui, a convicção ecumênica da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e da Igreja católica. Fazemos votos que o XXVII Concílio da vossa Igreja se realize na graça do Espírito Santo que produz novas realidades em nossas vidas, nas vidas de nossas Igrejas e no mundo inteiro. Que as discussões, os estudos, a oração, vos ajude a confirmar as convicções cristAs e eclesiais que testemunham o Evangelho de Jesus Cristo em terras brasileiras.

Dom Onéris Marchiori
 


Autor(a): Dom Onéris Marchiori
Âmbito: IECLB / Instância Nacional: Concílio / Organismo: Igreja Católica Apostólica Romana - ICAR
Natureza do Texto: Manifestação
Perfil do Texto: Saudação
ID: 16945
Em tudo, dai graças, porque está é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.
1Tessalonicenses 5.18
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br