Advento - Natal - Epifania



ID: 2655

Advento - Deus vem a nós

 

A tradição cristã ocidental instituiu um calendário próprio que começa com um período denominado Advento. Trata-se de um período de quatro semanas que antecedem ao Natal. Ao longo dos tempos esta época foi impregnada por diversos sentidos e significados, mas o centro gira em torno da expectativa do nascimento de Jesus Cristo, reconhecido como o Messias Salvador.

A vida real, no entanto, conjuga vários calendários. Na sociedade contemporânea brasileira as pessoas ficam envolvidas e tomadas por uma série de atividades e programas que guardam resquícios do calendário cristão. Termina o calendário escolar. Começa uma transição em direção às férias de verão. Instituições e empresas apresentam os resultados de projetos, serviços e produtos. Um ciclo de consumo, que tem como raiz o ciclo natalino, chega a ser antecipado e, inclusive, ultrapassa do calendário cristão.

Nesta mistura de balanços e cobranças de resultados instala-se, muitas vezes, um sentimento de frustração. Em meio à crise de valores as pessoas buscam uma razão para viver, uma causa para lutar, um projeto de vida pelo qual vale pena se empenhar. Muitas vezes instala-se uma sensação de desamparo e abandono ou até quase desesperança. Uma névoa densa de conformismo e acomodação toma conta e impede a visualização de novos horizontes. As pessoas estão intimadas a demonstrar felicidade e as festividades podem representar uma fuga de um profundo vazio existencial.

Em meio a esta realidade pessoal e coletiva, Deus vem a nós. Sim, a fé cristã afirma e proclama que Deus vem para abrir horizontes de vida. Deus vem para dissipar e dispersar nuvens de desesperança. Deus vem para tirar as vendas do ensimesmamento. Deus vem para remover as cataratas das ilusões. Deus vem para apontar um futuro novo.

Esta mensagem de esperança é celebrada, anunciada e testemunhada em palavras e ações no período de Advento. A perspectiva da aproximação de Deus é a senha para um novo tempo.


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Jamais alguém pode louvar a Deus sem que antes o ame. Da mesma forma, ninguém pode amar Deus se não conhece Deus do modo mais amável e perfeito.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem Ele chamou de acordo com o seu plano.
Romanos 8.28
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br