Hebreus 5.5-10 - 5° Domingo na quaresma [Judica] - 17/03/2024

17/02/2024

17/03/2024 – 5° Domingo na quaresma [Judica]

Pregação: Hebreus 5.5-10

Leituras: Salmos 51.1-12, João 12.20-33

Missionária Cledimar B. Windmöller – Paróquia de Matupá - MT

LITURGIA DE ABERTURA
ACOLHIDA
Que todos (as) nós possamos nos sentir acolhidos (as) por Cristo!
Saúdo com a Palavra bíblica: “Jesus Cristo diz: O Filho do Homem não veio para ser servido, mas
para servir e dar a sua vida para salvar muita gente” (Marcos 10.45)
Como Palavra de saudação, somos lembrados que Jesus se entrega por completo pela humanidade. O
seu servir vai muito além, deu sua vida para salvar a humanidade! Esse é o amor de Deus que vem ao
nosso encontro!
Acolher os/as visitantes
CANTO DE ENTRADA
20 – LCI – Jesus, em tua presença
Ou: Nº ____________________________________________________
SAUDAÇÃO
Reunimo-nos nesse tempo de culto em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém!
CANTOS DE INVOCAÇÃO
623 – LCI – Grandioso és tu
Ou: Nº ____________________________________________________
CONFISSÃO DE PECADOS
Senhor nosso Deus, obrigada pela oportunidade que temos de nos achegar a ti. Obrigada por nos
aceitar como estamos e somos diante de ti. Te pedimos Senhor, estenda tua graça sobre nós. Pedimos
perdão pelas nossas omissões, nossas desculpas, nossas palavras que ferem e machucam, tem
compaixão de nós Senhor. Assim oramos e entregamos nossa vida em tuas bondosas mãos, amém!
ANÚNCIO DO PERDÃO
Confessar significa reconhecer o nosso pecado, reconhecer que carecemos do perdão de Deus em
nossa vida. Graças a Deus, temos a oportunidade de confessar e reconhecer. Quando o fazemos de
forma sincera, recebemos essa graça do perdão! Louvor a Deus por isso!
KYRIE
A graça do perdão e salvação querem alcançar pessoas ao nosso redor. Sobretudo, àqueles (as) que
não conhecem a Cristo, sofrem ou ainda, se sentem desamparados (as). Por isso, clamemos a Deus
com o hino
56 – LCI Pelas dores deste mundo.

2

GLÓRIA IN EXCELSIS
Glorificamos a Deus cantando:
141 – LCI – Glória seja ao Pai.
ORAÇÃO DO DIA
Senhor, te agradecemos pela tua presença constante conosco! Agradecemos-te por esse tempo que
é um presente teu, para ouvirmos e refletirmos em tua Palavra. Ensina-nos nesse tempo de culto a nos
concentrarmos na tua presença. Tenhas liberdade para falar conosco, nos tocar e transformar! Em
nome de Cristo, amém!
LITURGIA DA PALAVRA
LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Sl 51.1-12
2ª Leitura Bíblica: Jo 12.20-33

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
168 – LCI – Vede que grande amor
PREGAÇÃO
Fazer a leitura de Hebreus 5.5-10
“Assim também Cristo não tomou para si mesmo a honra de ser Grande Sacerdote; foi Deus quem lhe
deu essa honra, pois lhe disse: “Você é o meu Filho; hoje eu me tornei o seu Pai. ”
Em outro lugar das Escrituras Sagradas, ele também disse: “Você será sacerdote para sempre, na
ordem do sacerdócio de Melquisedeque. ”
Durante a sua vida aqui na terra, Cristo, em voz alta e com lágrimas, fez orações e súplicas a Deus,
que o podia salvar da morte. E as suas orações foram atendidas porque ele era dedicado a Deus.
Embora fosse o Filho de Deus, ele aprendeu, por meio dos seus sofrimentos, a ser obediente.
E, depois de ser aperfeiçoado, ele se tornou a fonte da salvação eterna para todos os que lhe
obedecem.
E Deus o nomeou Grande Sacerdote, na ordem do sacerdócio de Melquisedeque.”
Um dos grandes destaques do texto é nos lembrar do que o sacrifício de Jesus proporcionou: O acesso
a Deus se tornou possível!
Em um contexto bíblico histórico, o sacerdote tinha a função de mediar o relacionamento de Deus
entre os homens. Apenas sumo sacerdote tinha a função em chegar no lugar chamado Santo dos Santos
para oferecer sacrifício em favor de todo o povo.
O texto de Hebreus apresenta Jesus como o supremo sumo sacerdote.
Algumas características de Jesus:
1º Sendo Ele o supremo sumo sacerdote se doou por todos, em humildade.
2º Jesus estava completamente ciente do seu propósito em vir ao mundo.

3

Os sacerdotes no Antigo Testamento tinham função de levar os pecados diante de Deus e os
sacrifícios para o perdão dos pecados. Não podiam oferecer mais nada do que isso!
O sacerdócio de Jesus Cristo permite o acesso ao Pai com sua entrega total e por tomar sobre si os
pecados do povo, é o único que pôde completamente perdoar pecados.
Como recebemos o presente gracioso do perdão de Jesus? Somos gratos por Ele ser o sumo sacerdote
que cumpriu o sacrifício verdadeiro e completo?
Certa vez, um garoto, fez um barquinho. Colocou vela nele e tudo. Caprichou. Após uma chuva forte,
ele foi brincar com o barquinho na água da chuva. Mas a enxurrada o levou. Ele ficou triste por ter
perdido o seu querido barquinho. Um dia, andando no centro da cidade, viu, na feira, numa banca de
brinquedos, o seu barquinho! Disse ao vendedor: “Este barquinho é meu. O senhor pode fazer o favor de
me devolver?” O vendedor respondeu: “Você só pode levar o barquinho se comprá-lo”.
O menino voltou para casa, conseguiu o dinheiro e comprou o barquinho. Olhou para o seu estimado
barquinho e disse: “Você agora é meu duas vezes: Porque o fiz e porque o comprei”.
Nós somos de Deus duas vezes: Porque ele nos fez e porque nos comprou por um Alto Preço, que foi
o sangue do seu Filho Amado. 
Que neste tempo de quaresma, possamos ser gratos pela imenso amor de Deus por nós demonstrado
no sumo sacerdote Jesus.
Lembremos da Palavra de 1 Pedro 2.9-10:
“Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para
anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Antes vocês nem
sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a
receberam.”
Cristo nos proporciona o acesso direto ao Pai, para que sejamos testemunhas vivas do Evangelho.
Cristo nos permite viver em um Reino de sacerdotes, pra quem possamos anunciar com nossas vidas as
grandezas daquele que nos chamou das trevas para a maravilhosa luz!
Que possamos pela fé em Jesus Cristo, permanecermos fiéis e participar da obra grandiosa de Deus,
onde podemos com a nossa vida e testemunho anunciar a Sua bondade por nós! Que assim seja!

HINO
412 – LCI – Há momentos que as palavras não resolvem
CONFISSÃO DE FÉ
Queremos confessar nossa fé nas palavras do Credo Apostólico como resposta ao que ouvimos nessa
Palavra:
Creio em Deus Pai, ...
CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)

4
406 – LCI – Cristo entregou-se à morte
ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Pai querido, obrigada por que o Senhor nos renova, nos anima e fortalece no Teu Santo Espírito.
Obrigada pelo nosso lar, nossa família, pelo sustento de cada dia, obrigada pela saúde que temos.
Pedimos ao Senhor que nos capacite a crescer na fé e na medida que o Senhor trabalha em nós, nos
encoraje a testemunhar do Evangelho, com palavras e ações. Tudo o mais, queremos incluir em uma só
voz na oração que Jesus Cristo ensinou a orar...
PAI NOSSO
Pai nosso ...
LITURGIA DE DESPEDIDA
AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe e te guarde. Que Ele te oriente hoje e sempre, amém!
ENVIO
Vamos na paz de Cristo e sejamos sal e luz para a glória de Deus! Amém!
CANTO FINAL
305 – LCI – Caminhamos pela luz de Deus


Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 72326
REDE DE RECURSOS
+
Ó Deus, meu libertador, tu tens sido a minha ajuda. Não me deixes, não me abandones.
Salmo 27.9
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br