Missão com Famílias


ID: 2785

Socorro. Somos Aborrecentes

10/10/2017

 

Um dos grandes desafios em todos os momentos da nossa história foi preparar nossos jovens para o mundo, para o seu próprio futuro.

O adolescente, em toda sua impetuosidade, em toda sua irreverência, em toda sua energia e garra, precisa ser preparado para viver no seu mundo, ser preparado para viver de forma plena toda sua capacidade e potencialidade. Mas, para isso, um longo caminho é necessário ser trilhado e, neste caminho, estão ao seu redor os atores principais: sua família, em especial seus pais.

A psicologia ao longo de seu tempo de profissão tem contribuído para auxiliar aos pais e educadores no conhecimento dos processos da adolescência e como agir para que esta fase seja realmente de preparo para o futuro. Mas a prática é mais difícil. Fala-se muita coisa, em teoria, mas como colocar estes conhecimentos de forma a contribuir para que o jovem que está aos cuidados de seus zelosos pais desenvolva-se de forma sadia, responsável e com capacidade de ir atrás de sua felicidade.

O que se sabe, é que a base do relacionamento de uma família vai sendo construída ao longo de sua história e, como é de se esperar, é muito difícil orientar o relacionamento de pais com seus filhos adolescentes, sem iniciar na infância.

A verdade é que a forma como o relacionamento com o adolescente vai se dar, é construído desde a infância. Os valores que são passados, os diálogos que são construídos, os limites que são colocados, nada surge quando o filho se torna adolescente. Isso é construído no dia a dia, através de limites, exemplos, diálogos e principalmente respeito.

Este livro tem como uma de suas propostas, auxiliar os pais a estabelecer um relacionamento saudável com seu filho adolescente. Mas Darcy e Helga foram além de sua proposta. Este é um livro para pais de adolescente e para pais de crianças, que poderão já, desde cedo, construir um relacionamento onde a forma de conduzir as dificuldades do dia a dia, tem um olhar no futuro, quando seus filhos crescerem. Com exemplos e histórias do dia a dia, este livro fica mais perto do lei tor, que vê com fatos concretos como o relacionamento se constrói.

Alguns pontos cruciais são abordados:

• A dualidade aborrecente filho x aborrecente pais, que vem como um importante momento de descobertas para ambos, pais e filhos, pois ambos tem que aprender juntos como viver e passar por esta etapa.

• A difícil batalha que se trava entre pais e filhos: os filhos querendo sair para o mundo e os pais com medo de entregar seus filhos para o mundo, ou, dito de outra forma, os filhos estão querendo sair para o mundo e os pais estão tendo que confiar no mundo para o qual seus filhos querem sair.

• A eterna pergunta: Será que o que eles ensinaram vai ser suficiente para o filho se sair bem frente aos perigos do mundo?

• O casal muitas vezes acaba criando conflitos no casamento por causa das diferenças na educação dos filhos.

E assim, nas discussões que envolvem estas questões, o livro vai se desenrolando, as ideias vão sendo colocadas, as histórias vão sendo contadas...

Um livro com fácil linguagem onde a preocupação não é só com o conhecimento científico, mas em como pautá-lo na prática, no dia a dia dos pais e seus filhos. Um livro que deve ser lido não só pelos pais, mas também pelos adolescentes que podem através dele, entenderem como se desenrola esta
etapa de sua vida e quem sabe, “se entenderem”.

Marise Pietsch Decker
Psicóloga CRP12/00057


Autor(a): Darcy Hugo Brandt e Helga Maria Decker Brandt
Âmbito: IECLB
Área: Publicações
Área: Missão / Nível: Missão - Família / Organismo: Editora Otto Kuhr
Natureza do Texto: Publicação
Perfil do Texto: Livro
ID: 45850

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Meu filho, escute o que o seu pai ensina e preste atenção no que a sua mãe diz. Os ensinamentos deles vão aperfeiçoar o seu caráter.
Provérbios 1.8-9
REDE DE RECURSOS
+
Deus diz: trabalha, deixa de preocupar-te, eu te vou dar tudo. Depois de Ele o ter dado, aí, sim, deves empenhar o teu cuidado, distribuindo de forma justa o que recebeste, assim que não o guardes para ti, mas que dele possam usufruir a tua família e outros mais.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br