Cuidado com a Criação



ID: 2691

Fórum Alternativo Mundial da Água em Brasília/DF

23/03/2018

Brasília sediou em março o Fórum Mundial da Água e ao mesmo tempo aconteceu o Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA), que foi organizado por entidades representativas da sociedade, dentre as quais a Igreja, e teve como lema: “Água é um direito, não mercadoria”. Representando a IECLB, a convite do Conselho Mundial de Igrejas, o pastor Carlos Alberto Radinz participou desta importante agenda de interesse comum.


Durante o FAMA as Igrejas Cristãs lançaram a Declaração ecumênica sobre a água como direito humano e bem público. Nela as Igrejas reconhecem: - Que a água é um bem fundamental para a vida. Sem água não há vida. Ter acesso ou não ter acesso à água significa decidir sobre a vida e a morte do povo. A água é um dom de Deus. Ele a coloca à disposição de todos. - Que o acesso à água é um direito humano. O “direito a uma alimentação adequada” é definido pela ONU, tanto na Declaração Universal dos Direitos Humanos, em 1948 (Art. 25), como no “Pacto Internacional de direitos econômicos, sociais e culturais”, em 1966 (Art. 11).
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Ao deixar de orar por um único dia sequer, perco grande parte da minha fé.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Devemos orar com tanto vigor como se tudo dependesse de Deus e trabalhar com tanta dedicação como se tudo dependesse de nosso esforço.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br