Formação Teológica


ID: 2663

Programa de Gênero e Religião promove Café com Katharina na Faculdades EST

07/11/2018

Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
Café com Katharina na Faculdades EST - 7 de novembro de 2018
1 | 1
Ampliar


O cenário foi prévia e carinhosamente preparado para acolher as pessoas que fazem parte do corpo técnico-administrativo da Faculdades EST. Cada pessoa que chegava foi acolhida por mulheres, protagonistas do Movimento da Reforma: Katharina von Bora, Wibrandis Rosenblatt, Argula von Grumbach, Anna Maria van Schürman, Brigitta Wallner, representadas respectivamente por Ketlin Lais Schuchardt, Taiana Luisa Wisch, Simoni Emerick Runge, Vanessa Regina Hoelscher e Mirian Bartz.

Na parede do auditório H estava projetada a Rosa Luterana. No centro desse símbolo está a cruz de Cristo que nos lembra de que toda autoridade, mesmo que tenha recebido a benção para o exercício de sua vocação, deve defender a vida. Desde a época da Reforma do século XVI, denuncia-se, por exemplo, a violência sofrida pelas mulheres, conforme podemos ver na tese 75 escrita por Lutero. A salvação trazida por Jesus na cruz vivifica o coração humano para que tenha força para denunciar as injustiças e promover a vida, a justiça e a paz, valores representados no símbolo pela rosa branca. O azul que envolve a rosa branca nos lembra de que, pela fé, terra e céus estão unidos e esse vínculo é eterno, conforme simbolizado pelo anel dourado. Essa introdução foi realizada pela Pa. Dra, Marli Brun, assessora de projetos no Programa de Gênero e Religião.

No local da formação havia um marco de uma porta, um caminho e flores. Katharina von Bora, representada pela teóloga Ketlin Lais Schuchardt, iniciou a apresentação contando um pouco de sua trajetória de vida. Destacou que sua atuação como reformadora rendeu-lhe os títulos, dados por Lutero, de “Doutora de Wittemberg”, “a mais sábia mulher”, “pregadora de Wittemberg”, “Estrela da Manhã”, entre outros.

A partir de sua história, Katharina provocou os e as participantes a refletir sobre as “portas” que vão sendo colocadas, encontradas e criadas no decorrer do caminho que chamamos de vida. Que portas homens e mulheres conseguiram ou não conseguiram abrir durante a história? Quais portas foram abertas e quais foram fechadas? Porque foram abertas e por quem? Quais portas nós gostaríamos de abrir, mas o medo nos impede? Quais portas nós gostaríamos de não ter aberto?

Simbolicamente, ao contarem suas histórias, Katharina e as demais mulheres reformadoras destacaram um momento que significou a abertura de portas em suas vida/histórias. O convite foi estendido às pessoas participantes e algumas se sentiram motivadas a fazer o exercício de atravessar a porta e compartilhar experiências que marcaram suas trajetórias. Foi um momento de troca, partilha, respeito, reflexão e crescimento mútuo. Algumas pessoas que estudaram na Faculdades EST destacaram o quanto foi importante ter deixado a casa da família, emprego e ter abraçado um mundo desconhecido em busca de formação. Houve também quem destacou a importância do apoio institucional da EST para a retomada dos estudos.

Concluído os depoimentos, o grupo assistiu um vídeo que conta a história da construção do Monumento às Mulheres do Movimento da Reforma, que tem ao centro a escultura de Katharina von Bora. Em seguida, todas as pessoas foram motivadas a passar pelo marco da porta, receber uma pequena lembrança preparada pelo Programa de Gênero e Religião da Faculdades EST e participar de um momento de meditação e celebração de aniversários, conduzido pelo pastor Antonio Carlos Oliveira. A mensagem para aniversariantes estimulou o cultivo de uma espiritualidade em que as pessoas são convidadas, livremente, a viver o amor de Deus em suas relações pessoais, profissionais e sociais.
A atividade de formação “Café com Katharina”, realizada no dia 07 de novembro de 2018, encerrou com um delicioso momento de partilha de alimentos, sabores e saberes. Gratidão a todas as pessoas que participaram e a todas que colaboraram na organização.

A Faculdades EST, centro de formação vinculado à Rede Sinodal de Educação e identificada com a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – IECLB, tem por missão promover Ensino, Pesquisa e Extensão, buscando a excelência acadêmica e contribuindo para a capacitação de profissionais éticos, que atuem de modo a promover, através de seu desempenho profissional, a dignidade humana e a solidariedade. Através da ética e da qualidade do ensino, a EST promove a transversalidade das ciências e a dignidade humana com uma visão social ampla e construtiva.
 

baixar
ARQUIVOS PARA DOWNLOAD
rosa de lutero..pptx

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas.
2Coríntios 2.14
REDE DE RECURSOS
+
Mesmo que não sejamos cristãos tão bons como deveríamos ser, e somos ignorantes e fracos tanto na vida como na fé, Deus ainda assim quer defender a sua Palavra, pela simples razão de ser a sua Palavra.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br