Formação Teológica


ID: 2663

Primeiras Comunidades Cristãs a partir de Paulo

29/09/2018

o grupo
mensagem
equipe da liturgia.
durante a celebração
1 | 1
Ampliar

O encontro da 6ª Etapa do CTP, aconteceu no último final de semana dias 29 e 30 de setembro, assessorado pelo Teólogo Doutorado Thiago Almeida Silveira da Faculdades EST de São Leopoldo. Fomos recepcionados(as) pela coordenadora do curso Diácona Cátia Patrícia Berner com as palavras de Efésios 3.12 Por estarmos unidos com Cristo, por meio da nossa fé nele, nós temos a coragem de nos apresentarmos na presença de Deus com toda a confiança. Que convidou para meditar nesta palavra de Paulo, mediante nossa confiança e fé em Deus apesar das dificuldades e cicatrizes da vida. Vida que convida a compartilhar nossas dores e também alegrias e este é o verdadeiro sentido de ser comunidade, quando temos espaço para nos fortalecer em comunhão. Tivemos também a presença do jovem William Barr que se encontra no Brasil para o período de intercâmbio de 3 meses em nosso Sínodo. William é natural de Neustadt, tem 20 anos e pretende estudar teologia a fim de se formar como pastor.

O tema desta etapa foi Primeiras comunidades cristãs, atos e Paulo. As cartas de Paulo as comunidades. Paulo era um homem da cidade, as cartas eram escritas ocasionais, com exceção de Romanos e as Deuteropaulinas. Segundo os historiadores as cartas de Efésios, Colossenses, 2 Tessalonicenses, 1 Timóteo, 2 Timóteo, Tito não são de Paulo e sim escritas por um pseudônimo. A carta de Hebreus não foi Paulo quem escreveu.

As cartas de Paulo estão nos Evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João, lembrando que Lucas era grego, médico e companheiro de Paulo. Marcos é o 1º evangelho, Mateus e Lucas usam textos de Marcos, mas são textos independentes.
Refletimos sobre o ser Igreja hoje, conforme as palavras bíblicas de Atos 2.42-47 que dizem: E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de necessidade. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. As primeiras comunidades se formaram com pessoas seguindo os discípulos de Jesus, se reunindo com a perseverança na doutrina dos apóstolos vivendo em amor cristão partindo juntos o pão e fazendo orações. O que marcou a criação da igreja foram: racismo, patriarcalismo e machismo. Em Gálatas 3.26-29 diz que todos somos filhos de Deus pelo amor de Jesus Cristo e todos nós somos um só. E fica a pergunta: Nós somos uma igreja inclusiva? Como nos mostramos para as pessoas de fora e como elas nos enxergam?

A partir da vivência das comunidades antigas, temos a nossa maravilhosa celebração e a própria liturgia, o jeito de viver em comunidade confessando nossa fé, por isso, o propósito do culto segundo Paulo é a edificação da comunidade. Nos edificamos uns com os outros mediante nossa fé em Jesus Cristo, responsáveis pela correta pregação do Evangelho. E encerrando o encontro com as palavras de 1 Coríntios 8.6 Porém para nós existe somente um Deus, o Pai e Criador de todas as coisas, para quem nós vivemos. E existe somente um Senhor, que é Jesus Cristo, por meio de quem todas as coisas foram criadas e por meio de quem nós existimos.
Encerramos o encontro com oração de gratidão pelo final de semana, pelo assessor Thiago e pela presença ilustre do intercambista Willian Barr que acompanhou todo encontro. Também agrademos pelas deliciosas refeições preparadas pelos membros da comunidade de Erechim.

Cetepista - Magali Schmidt


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca.
Lamentações 3.25
REDE DE RECURSOS
+
É mais consolador ter Deus como amigo do que a amizade do mundo inteiro.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br