Diaconia - A fé ativa pelo amor



ID: 2660

Projeto da IECLB conclui o primeiro curso de Língua Portuguesa para Estrangeiros

Imigrantes receberam certificados do curso, concluído em fevereiro

13/02/2019

Conclusão do Curso de Língua Portuguesa para Estrangeiros
Conclusão do Curso de Língua Portuguesa para Estrangeiros
Conclusão do Curso de Língua Portuguesa para Estrangeiros
Conclusão do Curso de Língua Portuguesa para Estrangeiros
Conclusão do Curso de Língua Portuguesa para Estrangeiros
Curso de Karatê
Curso de Karatê
1 | 1
Ampliar

 

Lajeado – O ano de 2019 iniciou com mais uma atividade do Projeto de Apoio à Integração de Imigrantes realizado pela Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Lajeado (IECLB). Foi concluído no início de fevereiro o curso gratuito de Língua Portuguesa para Estrangeiros, em parceria com o Senac. O Projeto é coordenado por um grupo gestor, composto por membros da Comunidade Evangélica de Lajeado, através do grupo de Diaconia, representante dos imigrantes e da sociedade civil.

Para este ano, também surgiu a oportunidade de apoiar a integração dos imigrantes lajeadenses com verba obtida pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC). Está sendo oferecida a prática esportiva de Karatê para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade da Escola Fernandes Vieira. A atividade ocorre no turno inverso ao período escolar. O instrutor voluntariamente cede o espaço e as aulas para os jovens que ocorrem duas tardes por semana. Todos os participantes do projeto são voluntários.

O Pastor Luis Henrique Sievers, que faz parte da equipe de gestão do Projeto, afirma que o grupo de Diaconia fica feliz em poder ajudar os imigrantes que chegam à região. “As aulas de português, em parceria com o Senac, são muito importantes para promover a integração. Auxiliam na busca e no desenvolvimento de um bom trabalho. São pessoas esforçadas, que gostam de estar entre nós. Segundo o Pastor, além de auxiliar a própria comunidade, o grupo de Diaconia tem um olhar para além dos seus muros. “O apoio e a integração dos imigrantes na cidade começou pequeno. Passo a passo, em diálogo constante com os próprios interessados, vamos descobrindo as necessidades”, conta o Pastor ao afirmar que as parcerias com outras entidades fazem com que muitas iniciativas se tornem possíveis. “É um trabalho de muitas mãos. É isso que o faz expressivo.

Há seis anos em Lajeado, o imigrante Renel Simon (30) destaca que o curso foi importante para os que estão há mais tempo ou recém-chegados no munícipio. “Foi um curso intensivo, mas já conseguiram entender e falar muitas palavras, aproveitando e melhorando a fala”, diz. Segundo o imigrante, hoje podem fazer conversação e em geral o curso foi muito útil. “A parceria com a Comunidade Evangélica Luterana é muito boa e fundamental para nós. Começou com oficinas e curso de garçons e ainda terão tantos outros projetos. Agradecemos esse apoio”.

Para este ano, ainda estão previstos: curso de Boas Práticas em Manipulação de Alimentos através do Senac, curso mais aprofundado de Português
para Estrangeiros, auxílio financeiro para tradução juramentada de documentos (identidade, registro de nascimento, habilitação para motoristas
e possíveis diplomas obtidos no país de origem). Além disso, uma Roda de Conversa com Jovens para falarem sobre possibilidades profissionais em Lajeado. Aproximadamente 3 mil pessoas passam pelo processo,
pois existe a incidência indireta na população alvo. O grupo de Diaconia da Comunidade, recebe auxílio financeiro da igreja (IECLB) para realizar os seus trabalhos. “Com parcerias qualificadas e apoio da igreja, o projeto tem perspectivas de continuidade.

O início

O Projeto de Apoio à Integração de Imigrantes foi idealizado em setembro de 2015, em uma reunião de membros e lideranças da IECLB, no Sínodo Vale do Taquari, quando foi oferecida a possibilidade de criação de um projeto para ajudar na integração dos imigrantes que começavam a chegar no Vale do Taquari. A IECLB possui alguns recursos para estes fins, de apoio a projetos sociais. O projeto foi encaminhado e aprovado pelo período de um ano, com início em Janeiro de 2016, contemplando várias atividades, entre elas uma oficina de Capacitação sobre Fluxo Migratório com representantes da IECLB, do CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs), da REJU (Rede Ecumênica de Juventude), do Dr. Alexandre Scherer, advogado voluntário, que presta apoio jurídico ao projeto, e de aproximadamente 200 imigrantes de diversas nacionalidades, em maior número haitianos. Além desta oficina, houve ajuda para aquisição de instrumentos musicais para as cerimônias religiosas, frequentadas por boa parte dos imigrantes da cidade.

Alguns eventos não puderam ser realizados devido à enchente, e por ser ano eleitoral, quando existiam restrições sobre algumas atividades. No ano seguinte, o projeto foi autorizado a continuar e foi produzido um documentário sobre imigrantes em Lajeado. Também foi realizado um curso para Garçons para 18 imigrantes em parceria com o Senac, onde todos receberam certificação válida em todo o território nacional.

Foto: curso-língua-portuguesa1 ou curso-língua-portuguesa2 ou curso-língua-portuguesa3 ou curso-língua-portuguesa4 ou curso-língua-portuguesa1
Legenda: Foi concluído no início de fevereiro o curso gratuito de Língua Portuguesa para Estrangeiros, em parceria com o Senac
Crédito: Renata Leal

Foto: curso-karate ou curso-karate1
Legenda: Também está sendo oferecida a prática esportiva de Karatê para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade da Escola Fernandes Vieira
Crédito: Renata Leal


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros.
Colossenses 3.13
REDE DE RECURSOS
+
Vivam como pessoas que pertencem à luz, pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade.
Efésios 5.8-9
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br