Diaconia - A fé ativa pelo amor



ID: 2660

Haitianos recebem primeiro diploma no Brasil

IECLB auxilia a primeira turma de imigrantes que se formará no curso de garçom

16/02/2018

formatura-haitianos.
formatura-haitianos1
formatura-haitianos2
formatura-haitianos3
1 | 1
Ampliar

 

Durante dois anos o Projeto de Apoio à Integração de Imigrantes no Vale do Taquari, proposto pelo Grupo de Diaconia da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Lajeado (IECLB), realizou diversas ações para auxiliar os imigrantes do município. Dessa vez, em parceria com o Senac, 18 imigrantes irão receber o diploma do curso de Técnicas Básicas do Serviço de Garçom, que ocorreu em seis etapas, com o total de 20 horas. A formatura será na próxima segunda-feira, dia 19 de fevereiro, às 18h30min no Centro Comunitário Evangélico, na rua Carlos von Kozeritz, número 88.

O vice-pastor sinodal e pastor coordenador ministerial de Lajeado, Luis Henrique Sievers, destaca que o projeto contou com parceiros durante toda a caminhada, que apoiaram a causa e ajudaram no processo. Conforme ele, quando se percebeu a necessidade de formação e preparo para o mercado de trabalho local, procuraram o Senac. “Fizeram uma proposta e adaptaram o curso básico de garçom para os imigrantes, pois a língua era um fator complicador. O curso foi feito com muita maestria e jeito, pois vemos que o curso está chegando ao fim com alegria por parte dos formandos”, diz o pastor. Para a grande maioria dos participantes, este será o primeiro diploma em território brasileiro. “A opção pelo curso de garçom foi por ser de curta duração, prático e simples, para que possam começar logo e tenham acesso ao mercado de trabalho na região. Com esse primeiro passo as portas foram abertas. Conhecendo o caminho poderão procurar e se especializar em outros cursos”, destaca.

Ações do Projeto

Durante os últimos dois anos de Projeto foram realizadas diversas ações e eventos, entre eles um grande Seminário sobre o Processo Migratório no Brasil e no mundo. A OASE Priscila, através do seu Brechó, ajudou os imigrantes para que as casas tivessem cama, mesa, cadeiras, geladeira, fogão e roupas para vestir. “Muitos não tem acesso a crédito e a maioria recebe um salário mínimo, então o Brechó auxiliou muito”, diz o pastor.

Também foi produzido um documentário sobre as dificuldades que enfrentaram, desde a saída do Haiti até a chegada ao Brasil, perseguindo o sonho de encontrar emprego e vida digna. Está sendo elaborado outro vídeo com depoimentos que falam sobre as alegrias de estarem na região e a integração com a comunidade local. A Associação de Haitianos, Imigrantes e Descendentes no Brasil (ASSHIDEB) está sendo fundada. O Colégio Evangélico Alberto Torres (CEAT) fez a doação de cadeiras para as crianças que participam da escola dominical.

O Grupo da Diaconia da Comunidade Evangélica de Lajeado está alegre por esses passos dados e agradecido por todo apoio e parceria.

Imagem: formatura-haitianos ou formatura-haitianos1 ou formatura-haitianos2 ou formatura-haitianos3
Legenda: Na segunda-feira, dia 19 de fevereiro, imigrantes irão receber o diploma do curso de Técnicas Básicas do Serviço de Garçom
Crédito: Divulgação
  


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O amor só é verdadeiro quando também a fé é verdadeira. É o amor que não busca o seu bem, mas o bem do próximo.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
O Senhor é cheio de bondade e de misericórdia.
Tiago 5.11b
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br