Missão nas Escolas

Igreja e Educação

O binômio Igreja-Educação exerce um papel central na história da IECLB. Desde a sua origem, essa relação está presente e tem sido uma referência para o sistema educativo público e eclesial. Esse binômio concretiza-se num outro binômio: Igreja-Escola. Por um lado, a IECLB sempre teve sua preocupação voltada para a escolaridade dos habitantes das colônias e, posteriormente, das cidades. Por outro lado, desde os primórdios, está presente a preocupação com a educação cristã de seus membros. Percebe-se que, com maior ou menor intensidade, o tema Educação faz parte da história da IECLB.

No início da década de 70, a IECLB organizou uma consulta sobre Educação Cristã – Ensino Confirmatório, produzindo importantes estudos que resultaram na fundamentação teológico-pedagógica do Catecumenato Permanente – Discipulado Permanente. O resultado da reflexão foi uma moção aprovada no Concílio Geral da IECLB, realizado em Cachoeira do Sul/RS, em 1984. A reflexão teológico-pedagógica sobre a Confirmação foi retomada após 1987 e, nos últimos anos, produziu materiais e fomentou significativas reflexões.

Na década de 80, o Departamento de Educação e o Departamento de Catequese realizaram duas Consultas sobre Educação Cristã. As resoluções e desafios da 1ª Consulta foram publicados pelo Centro de Elaboração de Material, num caderno de estudos. Em decorrência das reflexões desse período, o Conselho Diretor da IECLB (CD) aprovou, em sua reunião de junho de 1990, o documento intitulado Diretrizes de uma Política Educacional da IECLB. O texto das Diretrizes foi elaborado por uma comissão nomeada pelo CD em março de 1989 e composta por um representante do Departamento de Educação, um do Departamento de Catequese e um dos professores das escolas estaduais.

Com o objetivo de tratar das questões relacionadas à área educacional, o Conselho Diretor criou, em setembro de 1996, o Fórum Permanente de Formação e Educação.

O Conselho da Igreja criou, em abril de 1999, a Comissão de Formação e Educação (CFE), delegando-lhe a tarefa de traçar a política da IECLB nas áreas de Formação, Educação e Pessoal. Para melhor definir essa política, a CFE criou quatro blocos temáticos: “Educação formal”, “Formação de lideranças”, “Formação de ministros” e “Planejamento de pessoal”. A Comissão de Formação e Educação da IECLB procura articular e viabilizar os diferentes campos de atuação educacional da IECLB, seja no âmbito escolar, comunitário-eclesial e popular, seja na formação, capacitação, atualização e especialização de pessoas para a área educacional.

O documento sobre a Política Educacional reflete o processo de construção histórica e a contínua atuação educacional da IECLB. Sua proposição elementar é manter vivas a memória e a fidelidade ao compromisso com a educação. Com base nas pré-consultas realizadas, o presente documento expressa os fundamentos bíblicos, teológico-confessionais e pedagógicos que orientam a educação na IECLB, apresentando a configuração de cenários e a projeção de rumos.

Fonte: Diretrizes de uma Política Educacional da IECLB
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Nós não anunciamos a nós mesmos. Nós anunciamos Jesus Cristo como o Senhor.
2Coríntios 4.5
REDE DE RECURSOS
+
Quem conhece Deus também conhece as criaturas, as compreende e as ama, pois, nas criaturas, estão as pegadas da divindade.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br