Espiritualidade Evangélica Luterana

Espiritualidade Evangélica Luterana

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, na comunhão, no partir do pão e nas orações.” (Atos 2.42)

A vida cristã carece de um relacionamento com o centro de sua fé, ou seja, uma comunhão com o Deus Triúno, Pai, Filho e Espírito Santo. No sentido cristão, espiritualidade significa viver sob orientação diária e permanente deste Deus. Significa cultivar uma prática de oração e de leitura da palavra de Deus que proporciona conforto, consolo e orientação para o dia-a-dia das pessoas.

O cultivo desta espiritualidade pode acontecer de forma pessoal, familiar e comunitária. A leitura pessoal da Bíblia, a meditação e a oração fortalecem a fé. Em qualquer momento da vida, seja de alegria e de gratidão, seja de tristeza ou de preocupação, é possível chegar junto a Deus e abrir o coração. Em momentos de dúvida na fé, ou então momentos de indecisão quanto a rumos a seguir na vida, as pessoas sempre podem contar com presença orientadora do Espírito de Deus.

Para auxiliar na prática da espiritualidade a Igreja oferece diversos materiais impressos, tais como devocionários, palavras diárias, livros de oração, etc. Partilha por meio de circulares motivos de intercessão. Pessoas e comunidades podem participar de redes de oração. Por sua vez, comunidades organizam estudos bíblicos e grupos de oração. Promovem retiros e encontros para estudar, compartilhar e orar.

As celebrações comunitárias são espaços importantes para a comunhão com Deus e para a comunhão com os seus filhos e suas filhas. São oportunidade para ouvir a Palavra de Deus e, como corpo de Cristo, partilhar de sua mesa na Santa Ceia. As celebrações indicam (apontam para o fato de) que as pessoas não estão sozinhas e isoladas no seguimento de Jesus Cristo. Elas descobrem que fazem parte da caminhada de todo o povo de Deus.

A vivência e o cultivo da espiritualidade cristã capacita e fortalece as pessoas para o testemunho pessoal e coletivo. As pessoas assumem a sua responsabilidade na vida familiar, nos círculos de vizinhança e relações de amizade, na vida profissional e social. As comunidades assumem o seu papel de vigilância em temas da ética social e política, despertando, animando e encorajando pessoas para um envolvimento construtivo com vistas ao estabelecimento de paz e justiça na sociedade e no mundo.

Em meio a inúmeras solicitações e demandas do dia-a-dia a espiritualidade dá fôlego e alento. Martim Lutero formulou a relação de oração e ação da seguinte maneira:

Hoje tenho muito a fazer, portanto, vou precisar orar muito.”

¨Devemos orar com tanto vigor como se tudo dependesse de Deus e trabalhar com tanta dedicação como se tudo dependesse de nosso esforço.¨
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Cada qual deve se tornar para o outro como que um Cristo, para que sejamos Cristos um para o outro e o próprio Cristo esteja em todos, isto é, para que sejamos verdadeiros cristãos.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Nenhum pecado merece maior castigo do que o que cometemos contra as crianças, quando não as educamos.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br