Bíblia



ID: 2769

Bíblia - Livro da Vida

08/09/2008

Muitos pais montam para seus filhos e filhas álbuns de recordações com fotografias das diferentes etapas de vida. As fotografias no início do álbum retratam os primeiros instantes e dias da vida, o primeiro banho, o berço enfeitado. Depois vêm fotografias do batismo, dos padrinhos e madrinhas, da festa de batizado. Mais adiante o rosto lambuzado de chocolate e fotografias das tentativas dos primeiros passos. Esses álbuns geralmente terminam com as fotografias da confirmação. Quase sempre as fotografias vêm acompanhadas de algum breve texto. O objetivo desses álbuns é registrar momentos importantes da vida, momentos que mais tarde são compartilhados quando se olha as fotografias e se fala sobre elas.

Assim como pais registram a história de seus filhos e suas filhas, assim também o povo de Deus do Antigo Testamento, o povo de Israel, e o povo do Novo Testamento registraram sua história com Deus nos textos que hoje formam os livros da Bíblia. Sabemos, que no início essas histórias eram passadas adiante de forma verbal. Somente mais tarde a história foi sendo escrita.

Podemos então dizer que essa fantástica coleção de 66 livros, que chamamos de Bíblia Sagrada, nasceu da realidade do povo de Deus. É a vida das pessoas, com sua dores, sofrimentos, lutas, conquistas e alegrias, que fez surgir e nascer a Bíblia. É, portanto, na realidade, no dia-a-dia da caminhada e vida do povo de Deus que encontramos a Palavra de Deus.

Na Carta aos Romanos ( Rm 1.20-21), o apóstolo Paulo faz uma afirmação muito interessante e importante: “Desde que Deus criou o mundo, as suas qualidades invisíveis, isto é, o seu poder eterno e sua natureza divina, têm sido vistas claramente. Os seres humanos podem ver tudo isso nas coisas que Deus tem feito e, portanto, eles não tem desculpa nenhuma. Eles sabem quem Deus é, mas não lhe dão a glória que Ele merece e não lhe são agradecidos”. O que o apóstolo afirma, podemos resumir assim: Em si, não há a necessidade da palavra escrita, pois, a Criação de Deus fala por si e é suficiente mensagem e palavra que fala de Deus.

Agostinho certa vez disse: “Deus escreveu dois livros. O primeiro livro é a Criação - a Vida. Quando a humanidade se afastou de Deus, ela rasgou o primeiro livro. E a partir daí a humanidade não conseguia mais entender a vida. Consequentemente a vida das pessoas virou uma Torre de Babel. Ninguém entendia ninguém. A vida virou um caos. Foi então que Deus escreveu o segundo livro – a Bíblia, para ajudar a entender novamente a Vida”.

O profeta Isaías ( Is. 55.10-11) nos diz que não podemos interpretar e entender a Bíblia, a Palavra de Deus, fora da vida. É impossível separar a Palavra de Deus da Vida, assim como Fé e Vida pertencem juntas.

A Bíblia fala da vida que vem de Deus. As pessoas que escreveram os textos da Bíblia não falaram somente de sua vida, mas, em especial, da fonte de sua vida. Não falaram somente de sua fé, mas, em especial, da causa de sua fé.

A Criação, a História e a Vida são o chão onde nasce e brota a Palavra de Deus. Por sua vez, a Palavra de Deus é a luz que nos ajuda a entender a Criação, a História e a Vida.
 

Rudi Kich . pastor emérito


Autor(a): Rudi Kich
Âmbito: IECLB / Sinodo: Planalto Rio-Grandense
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Bíblia
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 8487

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Cantarei de alegria quando tocar hinos a ti, cantarei com todas as minhas forças porque tu me salvaste.
Salmo 71.23
REDE DE RECURSOS
+
Ao Senhor Deus pertencem o mundo e tudo o que nele existe; a terra e todos os seres vivos que nela vivem são dele.
Salmo 24.1
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br