Culto e Liturgia

Ciclo do Natal

Ano Litúrgico

O Ciclo do Natal inicia no Primeiro Domingo de Advento e encerra com a festa de Epifania, comemorada em 06 de janeiro. O batismo de Jesus faz parte das festas epifânicas, ou seja, das festas que celebram a manifestação do Senhor; é celebrado no primeiro domingo após 06 de janeiro.

Advento
Paralelamente à Quaresma, o Advento surge como tempo de preparação para a vinda do Salvador. Ele tem caráter de penitência, pois lembra que o Filho de Deus veio em pobreza e humildade (e foi morto na cruz para salvar o mundo). Inicia quatro semanas antes do Natal. Enquanto se prepara, a comunidade cristã reflete sobre a vinda do Salvador. É uma época de agradecimento pela dádiva de Deus a nós, em Cristo, e, ao mesmo tempo, é expectativa pelo que há de vir, ou seja, a segunda vinda do Senhor.

Natal
O Natal celebra a autodoação de Deus no nascimento de Jesus. A primeira menção à festa de Natal ocorre em 354 d.C. num documento romano que assinala o dia 25 de dezembro como dia do nascimento de Cristo. Esta festa competia com uma festa não-cristã chamada Sol Invictus (sol invencível). Para os cristãos, Cristo era o verdadeiro sol invencível, o “sol da graça, luz do amor, da justiça o resplendor”, como bem expressa o hino 92, do Hinário da IECLB. No Natal, portanto, se comemora a vinda do Messias, o Salvador prometido, o justo, que veio redimir e salvar o povo de Deus das trevas do pecado, da injustiça e da morte.

Epifania
Este foi o terceiro evento mais importante do calendário cristão. Surgiu antes da festa de Natal e é comemorado em 6 de janeiro. A partir dessa data segue o Tempo comum até a Quaresma, conhecido como tempo após Epifania. Epifania é uma festa que celebra a manifestação ou encarnação de Deus no mundo através da obra de Jesus Cristo. Com esta festa, a comunidade cristã lembra tanto o nascimento de Jesus (visita dos reis magos do Oriente) quanto o começo do ministério de Jesus aqui na terra, a partir do seu batismo, quando, então, Jesus foi declarado “meu Filho amado”. No tempo após Epifania (ou Tempo comum) a igreja enfatiza as diversas formas com que Jesus se manifestou a nós através dos seus milagres e ensinamentos sobre o Reino de Deus.

Ciclo do Natal

Primeiro Domingo de Advento
Segundo Domingo de Advento
Terceiro Domingo de Advento
Quarto Domingo de Advento

Noite de Natal (24 de dezembro)
Dia de Natal (25 de dezembro)
Primeiro Domingo após Natal
Segundo Domingo após Natal
Epifania (06 de janeiro)

Veja Página Especial sobre Advento - Natal - Epifania


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Mesmo que não sejamos cristãos tão bons como deveríamos ser, e somos ignorantes e fracos tanto na vida como na fé, Deus ainda assim quer defender a sua Palavra, pela simples razão de ser a sua Palavra.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
O maior erro que se pode cometer na cristandade é não zelar corretamente pelas crianças, pois, se queremos que a cristandade tenha um futuro, então, precisamos preocupar-nos com as crianças.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br