Sucessão apostólica

13/02/2012

Soube que há Igrejas Luteranas que se mantêm fiéis à sucessão apostólica. A ordenação na Igreja Luterana no Brasil está na sucessão apostólica?

Estimado J. B. !

A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil não está dentro da sucessão apostólica tal qual ela é compreendida pelas Igrejas Católico-Romana, Ortodoxa e Episcopal. A Igreja entende, e isso foi fundamental e determinante na Reforma do séc. XVI, que o mais importante é a fidelidade ao conteúdo e ensino dos apóstolos, contemporâneos de Jesus. A ordenação ao ministério tem seu valor, sim, e precisa estar ancorada na mensagem de Jesus Cristo. Neste sentido a Igreja se entende como apostólica. Confessa os credos ecumênicos (apostólico, niceno e atanasiano).

Quanto à existência de Igrejas Luteranas que mantêm a sucessão apostólica, a sua informação está correta. Trata-se das Igrejas Luteranas escandinavas que, por razões históricas, permaneceram na sucessão. A adesão em bloco dos cristãos católicos daquela região ao luteranismo fez com que a sucessão não se perdesse.

Como conseqüência temos a presença da sucessão apostólica na Igreja Evangélica Luterana na América. Mas é preciso dizer que nos Estados Unidos, por força de um acordo bilateral recente entre a Igreja Luterana, mecionada anteriormente, e a Igreja Episcopal da América, as ordenações estão inseridas na linha da sucessão apostólica. No Brasil isso não tem validade.

 


Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Vários
Perfil do Texto: Sala de Tomé
ID: 12682
REDE DE RECURSOS
+
Que Deus, que é quem dá paciência e coragem, ajude vocês a viverem bem uns com os outros, seguindo o exemplo de Cristo Jesus.
Romanos 15.5
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br