Qual é a tarefa do Espírito Santo?

Paulo em Atenas e Jesus anuncia o Paracleto - Atos 17.22-31 e João 14.15-21

18/05/2017

Estimada Comunidade:

A leitura bíblica de Atos 17.22-31 – apresenta o apóstolo Paulo falando aos atenienses no Areópago. Lá o apóstolo Paulo percebe que os atenienses são um povo muito religioso, e também muito respeituosos de outras religiões. O apóstolo Paulo encontra um altar vazio, dedicado ao Deus Desconhecido. E então o apóstolo Paulo aproveita para falar sobre esse Deus Desconhecido.

Os gregos são conhecidos por sua fama filosófica. E a filosofia era uma maneira de entender a vida e de busca da felicidade. E a busca da felicidade esta em intima relação com ser um povo muito religioso – isso é um povo que tem muitos deuses.
O filósofo Platão, um filósofo clássico dos gregos, que vivem 400 anos antes de Jesus e que foi o fundador da Academia Filosófica de Atenas, dizia que esse mundo é apenas um lugar de aprendizagem. Tudo nesse mundo é transitório. Tudo nesse mundo é apenas uma sombra . Nada aqui é verdadeiro. Tudo é passageiro e tudo o que existe serve apenas para nos preparar para o encontro – depois de nossa morte - com o verdadeiro Universo. Para Platão, Deus é o Universo.

Aristóteles, que foi aluno de Platão, e ele ensinava que tudo nesse mundo tem o seu lugar, que cada coisa tem a sua finalidade. Para que o divino se manifeste nesse mundo, é preciso que cada coisa encontre a finalidade de sua existência. A natureza em geral já encontrou essa finalidade por isso as flores, os animais são assim tão belos. Somente o ser humano ainda não sabe para quê existe. Quando a pessoa descobrir para quê ela veio a esse mundo, então o divino vai se manifestar através dele. A partir desse ensinamento de Aristóteles podemos dizer que a pessoa que faz o que gosta, que a pessoa que mora onde gosta, que ela tem os amigos que gosta, então essa pessoa encontrou a felicidade, o divino que se manifestou nessa pessoa. Portanto, para Aristóteles, Deus se manifesta nas pessoas quando elas se sentem felizes como são.

Nesse contexto, o apóstolo Paulo aproveita para falar do Deus Desconhecido. E ele diz que o divino não é o Universo, também não é a natureza. O divino é o Deus do Antigo Testamento, o Criador do Universo e da Natureza. Esse Deus se manifestou recentemente nesse mundo através de seu filho. Deus não precisa do ser humano, não precisa da adoração do ser humano. Ele também não precisa de um templo, de um lugar para ser adorado. Toda a Criação é o lugar apropriado para adorar a Deus. No entanto, Jesus Cristo vem a esse mundo para manifestar como Deus gostaria que fosse o seu povo: pessoas que praticam o amor, a solidariedade, a justiça, a paz e a fraternidade. Esses devem ser os valores dos discípulos de Jesus. É dessa maneira que Deus deseja ser adorado: amar a Deus e amar as pessoas.

No entanto, essa mensagem não foi bem recebida pelos líderes judeus e por isso crucificaram o filho de Deus. Mas Deus não se deixou vencer pela morte e ressuscitou a Jesus entre os mortos. Com a ressurreição de Jesus, Deus diz que ele não quer apenas que sejamos ser seu povo aqui na terra, mas oferece aos seguidores de Jesus vida eterna depois da morte. Será uma vida junto a Deus, para a qual levaremos desse mundo somente o que for bom em nós. O que não presta, toda a maldade desse mundo vai ficar para trás.Essa pregação recebeu o apoio e assim a mensagem de Jesus foi ultrapassando as fronteiras.

O Evangelho de João nos diz que Jesus continua presente entre seus discípulos, mesmo que não seja mais possível vê-lo fisicamente. Essa presença de Jesus se dará através do Espírito Santo. Mas o que faz o Espírito Santo?

O Espírito Santo torna as pessoas capazes de viver conforme a vontade de Deus anunciada por Jesus. Sem o Espírito Santo, as pessoas vão manipular a vontade de Deus aos seus interesses. Sem o Espirito Santo a igreja de Cristo se transformará num clube de associados, onde a vontade e a mensagem de Deus vão ser de menor importância.

O Espírito Santo é o único capaz de transformar as pessoas. O mundo (que na linguagem de João tem um sentido bem negativo) não pode receber o Espírito Santo. O mundo da injustiça, da opressão contra os pobres, da idolatria do dinheiro e do poder e das vaidades. Esse mundo somente poderá ser transformado pelos seguires de Jesus se eles tiverem o Espírito Santo. Somente o Espírito Santo é capaz de transformar a natureza egoísta das pessoas. Somente o Espírito Santo é capaz de romper fronteiras nacionais, superar ódios e rivalidades ancestrais, e criar - em troca a unidade e a paz entre as pessoas. Para o Espírito, não há barreiras nem fronteiras.

Portanto, em Jesus não somente manifesta a sua vontade de Deus, mas Jesus também oferece aos seus seguidores a força necessária para viver essa sua vontade de Deus. Por isso deveríamos sempre orar dizendo:

Ó Deus, doador de tudo o que é bom, por tua santa inspiração concede que possamos pensar naquelas coisas que são corretas e por tua misericordiosa direção possamos realizá-las; por Jesus Cristo, teu Filho, nosso Senhor, que contigo e o Espírito Santo é Deus e reina sobre nós agora e sempre.

Amém.
 


Autor(a): Nilton Giese
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste / Paróquia: Belo Horizonte (MG)
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 42355
REDE DE RECURSOS
+
Ao deixar de orar por um único dia sequer, perco grande parte da minha fé.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br