PALAVRA DO PASTOR - Junho de 2018

01/06/2018

Jesus Cristo diz: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. ( João 14.6)
As palavras de Jesus preparam os discipulos para a sua partida. Eles os prepara para os momentos difíceis que virão. Suas palavras, porém, deixam os discípulos apreensivos, aflitos e desorientados. Por mais que Jesus tenha falado, ensinado, preparado e dito, “vocês conhecem o caminho para o lugar aonde eu vou”(v.4), Tomé pergunta: “_ Senhor, nós não sabemos aonde é que o senhor vai. Como podemos saber o caminho” (v.5)? E a reposta de Jesus é: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”.
Tomé faz uma pergunta crucial e importante para todos nós também nos dias de hoje: como saber o caminho? E Jesus ainda é o caminho? O que vemos ao nosso redor nos dias atuais não é um caminho, mas muitos. Há uma variedade imensa de propostas de caminho no mundo secular. Há muitos caminhos apontados por religiões. Há uma multiplicidade de denominações religiosas apontando caminhos. Todas afirmam com convicção possuirem o melhor caminho. Isso, por sua vez, confunde e perturba a caminhada de muitos. Muitos se perguntam: Como saber qual dentre os caminhos é o melhor? Como saber qual caminho conduz para a plenitude e realização da vida?
Como cristãos de confissão Luterana cremos que o caminho não é dado por ideologias, filosofias, religiões ou denominações religiosas. O caminho nos é revelado e dado por Deus em Jesus Cristo. O caminho não é construção nossa, mas de Deus em Cristo. Para saber o caminho, é necessário saber sobre Jesus. Ele é o caminho, a verdade e a vida.

Ele é que dá sua vida por nós na cruz para que a morte não seja o final do caminho, mas sim a ressurreição. 

Portanto, qual é o melhor caminho? O caminho é Jesus. E quando Jesus é o caminho a apreensão, a aflição, as incertezas dão lugar ao cuidado da vida. Seguimos aí O caminho de mãos dadas, não deixando os que sofrem à beira, ao abandono. Seguimos O caminho não incitando o ódio, a intolerância, a discriminação, mas o amor que perdoa e reconcilia. Seguimos O caminho não olhando para os interesses próprios, mas colocando nossos dons a serviço da partilha e da solidariedade. Seguimos O caminho não provocando a exclusão daqueles que pensam diferente de nós, mas dialogando na construção de uma sociedade mais inclusiva e com oportunidades para todos e todas.
O Evangelho de João revela: O caminho é Jesus. Permanecendo neste Caminho, nas suas palavras, nos seus gestos e atos, vamos descobrindo uma vida nova, uma vida que vai superando as cruzes do caminho, uma vida com muitas manhãs de Páscoa. Uma vida que se manifesta no amor uns aos outros. Uma vida que se revela sob a graça de Deus.
Pr. Ernani
 


Autor(a): Pastor Ernani Röpke
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste / Paróquia: Cantareira (Tremembé - São Paulo-SP)
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 47518
REDE DE RECURSOS
+
Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido.
Filipenses 4.6
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br