Mateus 20.1-16

05/09/2017

CULTO PARA O MÊS DE SETEMBRO DE 2017
Departamento de Música e Liturgia do Sínodo da Amazônia
Leituras Bíblicas: Sl 145.1-8; Fp 1.21-30; Pregação: Mt 20.1-16
P. Ricardo Brosowski – Vilhena – RO

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
“Porque Deus amou o mundo tanto, que deu seu Filho único, para que todo o que nele crê não morra, mas tenha a vida eterna” (João 3.16). Com essas palavras de Jesus Cristo, nosso único e suficiente salvador, desejo a todos e todas um abençoado culto, onde somos presenteados por Deus com a sua companhia, com a sua palavra e sabendo que ele se inclina pra ouvir nossas angústias, dores e alegrias. Tenhamos todos uma excelente manhã (tarde ou noite).

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
124 - HPD – Deus Está Presente

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
(De pé) Não nos reunimos aqui em nosso nome, nem em nome do uma instituição. Aqui estamos reunidos em nome do Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. O Pai que cria todas as coisas visíveis e invisíveis, incluindo a nossa vida. O Filho que perdoa e redime a vida. E o Espírito Santo que une a vida criada e redimida. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
85 - HPD – Vem, Espírito Divino

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Deus onipotente e Pai de misericordioso. Tu nos dás tão grande amor, que até podemos ser chamados de teus filhos e tuas filhas, e temos comunhão contigo. Sabemos de teus cuidados e tua graça, mas não a merecemos, pois temos pecado através de nossas palavras, através de nossos pensamentos e através de nossas atitudes. Temos pecado contra ti e teu mandamentos.
Temos errado, e assim prejudicamos a nós mesmos e aos nossos irmãos e irmãs. Temos nos afastado de teus ensinos e caminhos. Temos seguido por demais nossos próprios caprichos e os desejos de nosso coração. Senhor, não há nada em nós que seja bom. Tu, porém, Senhor, tens demonstrado a nós cuidado, compaixão e misericórdia. A vida que estava contigo, enviastes a nós, para que em Jesus Cristo tivéssemos perdão, esperança e vida completa, vida eterna. Perdoa, ó Deus, aos que agora confessam sua culpa. Perdoa-nos e salva-nos segundo a tua promessa. Concede-nos tua graça, por Cristo, para que tenhamos uma nova vida e nela vivamos segundo a tua magna vontade. Tem piedade de nós. Em nome de Jesus Cristo, que deu sua vida, para que em seu sangue fossemos limpos e salvos. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
A Bíblia nos diz que “se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: Ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade” (1João 1.9). Assim, à todos os que confessaram seus pecados com coração contrito e humilde eu anuncio o perdão em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE;
Como pessoas que receberam o perdão de Deus somos chamados a clamar pelas dores deste mundo.
Pelas dores da violência urbana, no transito, doméstica. Pelas dores da perseguição religiosa. Pelas dores das guerras. Pelas dores da destruição de nosso meio ambiente. Por isso cantamos Kyrie Eleison! Pelas dores deste mundo, ó Senhor!
D A D Bm F#m
Pelas dores deste mundo, Ó Senhor, imploramos piedade
G D A D A D
A um só tempo geme a criação Teus ouvidos se inclinem ao clamor
Bm F#m G D A
Desta gente oprimida. Apressa-te com a tua salvação!
D G A F#m
A tua paz, Bendita e irmanada co'a justiça
Bm G A
Abraça o mundo inteiro. Tem compaixão!
D G A F#m
O teu poder Sustente o testemunho do teu povo.
Bm G A D
Teu Reino venha a nós! Kyrie eleison!

GLÓRIA IN EXCELSIS
O nosso Senhor nos promete a sua companhia e ajuda, ele diz “Eu sou o Senhor, o Deus de vocês; eu os seguro pela mão direita e lhes digo: não fiquem com medo, pois eu os ajudo” (Is 41.13). Por isso rendamos glória a Deus cantando Glória:
“Glória, glória, glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós” (HPD 346).

ORAÇÃO DO DIA
Senhor, teu amor chega a mundo, por Ti criado, de muitas formas. Quando nos perdoas os pecados. Quando em Cristo encontramos nova vida e também quando podemos ter contato com a tua Palavra. Por isso te pedimos que novamente possamos, na meditação de tua Sagrada Escritura, encontrar sabedoria, paz, amor e vida. Faz com que ela inunde nosso ser. Em nome de Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina desde a criação até a consumação dos tempos. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura: Salmo 145.1-8

2ª Leitura: Filipenses 1.21-30

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
380 - HPD – A Tua Palavra é Semente

PREGAÇÃO
Mateus 20.1-16
Porque o Reino de Deus é semelhante...
O texto do Evangelho nos narra uma parábola. Uma história que, tirada do cotidiano das pessoas, tem por intuito repassar um conhecimento a respeito de algo.
Conta-nos essa parábola que o dono de uma vinha saiu para contratar alguns trabalhadores. Na Palestina a colheita de uvas ocorre antes que o ciclo de chuvas comece. Quando as chuvas iniciam, os frutos que ficaram no pé acabam se estragando. Assim, faz-se necessário que muitos trabalhadores sejam contratados.
Precisando de pessoas para trabalhar, ele saiu cedinho para ir até a praça da cidade, onde as pessoas que queriam trabalhar se encontravam. Chamou uma turma, combinou o salário, os enviou. E depois repetiu algumas vezes esse mesmo processo, na metade da manhã, ao meio dia, metade e fim da tarde também.
Como de costume, após o dia de trabalho os trabalhadores recebiam o valor devido pelo seu esforço. Os que chegaram por último receberam uma certa quantia, e os que chegaram por primeiro, receberam a mesma quantia. O que os desapontou. Um tumulto tem inicio.
O dono da vinha começa a falar, e em suas palavras explica que não houve injustiça nenhuma. Afinal, o combinado foi cumprido. E que ele podia fazer o que quisesse com o que era dele.
Essa é uma história bem conhecida, e que permite a nós tirar alguns aprendizados para o nosso cotidiano:
1 - No Reino de Deus tem trabalho para todos.
Assim como uma vinha precisa de muitas pessoas para trabalhar. Também é mister que nem todas as pessoas que lá trabalham realizam o mesmo serviço. Alguns colhem, outros carregam, alguns armazenam, outros podam a parreira, outros ainda preparam as refeições para os que estão na roça, dentre tantos outros que ainda podem ser feitos. Se todos fossem responsáveis pelo transporte não haveria quem colhesse. E assim por diante. Cada um tem sua função.
Assim também ocorre quando falamos em trabalho dentro da Igreja, dentro do Reino de Deus. Todos são chamados, mas nem todos fazem a mesma coisa. Nem todos são chamados ao mesmo tempo.
Algumas pessoas são chamadas para o trabalho em tempo integral. Saem de sua parentela, estudam nas casas de formação da Igreja, são examinados, e, sendo aprovados voltam para comunidades, onde servem a Deus e também a comunidade. São eles os diáconos, missionários, catequistas e pastores. Mas a igreja não é feita somente destes.
A igreja é feita de todos. Daqueles que nasceram, logo foram batizadas e permanecem na igreja por toda a vida. Também aqueles que começam sua caminhada de fé com a Juventude, OASE, LELUT ou idosos.
Da mesma forma como ocorreu com o texto do evangelho, todas as pessoas são convidadas para o convívio que a vinha/igreja oferece; e ao mesmo tempo são chamadas ao trabalho dentro dela. Essa é a maior riqueza que a igreja possui; a multiplicidade de dons, que possibilita que todos possam colocar-se a disposição ao trabalho, desde a abertura da igreja até a pregação, desde a ornamentação até o louvor. Todos são chamados.
2 – No trabalho do Reino de Deus existem problemas:
Também no trabalho do Reino de Deus acontecem problemas. Em todos os lugares onde o ser humano estiver presente, existiram problemas. Seja na política, na economia, na natureza, na família e na igreja não é diferente.
Não é raro encontrarmos entre os membros da comunidade alguns problemas de relacionamento. Problemas que por vezes são trazidos de outros âmbitos e acabam tendo reflexos na vida comunitária.
Sempre tem quem prefere repassar a tarefa pros outros, ou acusar os outros de fazer menos que eu. Ou ainda de vangloriar-se de sua história dentro da igreja e de como Deus deve ser orgulhar da sua ajuda.
Isso ocorre porque em grande medida acabamos julgando-nos melhores do que os outros, ou atribuímos aos nossos dons e nosso trabalho, mais credibilidade do que a pessoa do outro ou seus dons. Isso é um equivoco, a igreja e o reino de Deus precisam de pessoas que estudem para trabalhar de tempo integral e também daquelas que se dispõem a arrumar os bancos, daqueles que ensinam no ensino confirmatório e também dos que visitam doentes.
3 – Todos nós vivemos daquilo que Deus nos dá, a saber: sua misericórdia.
O ponto alto do ensinamento que a parábola nos transmite é: se Deus chama a todos e se existem problemas, devemos lembrar que Deus é misericordioso para conosco. A maneira como os primeiros se tornam últimos e como os últimos se tornam primeiros, não quer representar nem vantagem e nem desvantagem, afinal de contas, a bondade de Deus é muito maior do que todas essas diferenças.
Também existe recompensa. Mas essa não se dá pelos méritos e esforços particulares das pessoas. E sim pela graça de Deus. Pois a bondade e a graça de Deus nos amparam nos fracassos que temos em nosso dia-a-dia.
Deus nos chama ao trabalho em sua vinha. “A seara é realmente grande, mas poucos são os trabalhadores” (Mt9.37). Não somos chamados a trabalhar para recebermos uma recompensa ou pagamento. Mas, sim, somos chamados a anunciar a chamar mais pessoas para a convivência e o trabalho, pois já recebemos aquilo que esperávamos, que É a salvação através de Cristo, mediante a fé.
Arregacemos nossas mangas e anunciemos o amor de Deus em tempos de incertezas, como os que vivemos hoje. E que Deus nos ajude. Amém.

HINO
184 - HPD – Vamos nós trabalhar

CONFISSÃO DE FÉ
A Igreja Cristã é chamada a confessar e viver aquilo em que crê. Queremos como corpo, que tem Cristo como seu cabeça, mestre e guia confessar nossa fé. Fazemos isso com as Palavras do Credo apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
165 - HPD – Há Sinais de Paz e de Graça

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Estimado Senhor, nosso Deus e Pai. Aqui estamos humildemente te agradecendo pela maior expressão do teu amor por nós: a cruz. Cruz essa que era nosso lugar, onde nós deveríamos ter sofrido e morrido. Mas, pelo teu cuidado e por nos amar de forma plena e incondicional, através dela, nos salvou da morte entregando à morte teu Filho Jesus, que ao se entregar nos concede perdão e esperança de uma vida nova e plena aqui e de vida eterna contigo.
Fortalece a nossa fé em ti. Nos faz lembrar que, como cristãos, devemos ser lembrados pela simplicidade do amor demonstrado a todos e a tudo que nos cerca. Sabemos da nossa dificuldade em cumprir esse novo mandamento ensinado por Cristo. Por isso, capacita-nos para uma nova forma de vivência, amor e cuidado mútuos.
Olha por nossa nação, que possa haver paz e responsabilidade no trato com a vida. Cuida da tua Igreja, olha por nossas comunidades e nos ensina a sermos missionários em um mundo que tanto precisa ouvir falar e viver do teu amor, da tua paz e da tua salvação. Olha pelos adoentados, enlutados e perseguidos por causa do teu nome. Olha também para nossos pedidos:
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Cuida de todos nós e também daqueles que não puderam participar do culto de hoje. Tudo mais que gostaríamos de te falar, pedindo e agradecendo, nossas alegras e angústias, colocamos diante de ti, quando juntos oramos como Jesus nos ensinou:

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que Deus esteja a sua frente abrindo caminhos! Esteja atrás lhe protegendo! Também esteja ao teu lado te sustentando! Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

ENVIO
Vamos na paz e sirvamos a Deus com alegria; amando a Deus acima de tudo e amando nosso próximo como se ele fosse nós mesmos.

CANTO FINAL
378 - HPD – Abençoe-vos o Deus Todo-Poderoso
 


Autor(a): P. Ricardo Brosowski
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 16º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 20 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 16
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 43662
REDE DE RECURSOS
+
O ponto principal do Evangelho, o seu fundamento, é que, antes de tomares Cristo como exemplo, o acolhas e o reconheças como presente que foi dado a ti, pessoalmente, por Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br