Meditação: Quando é de graça não presta?

A quem tem sede darei água para beber, de graça, da fonte da água da vida. Apocalipse 21.6b

16/02/2018

É esta a senha bíblica para o ano de 2018. Do final do livro do Apocalipse ela fala das últimas coisas da vida. Aponta o que no fim das coisas importa. O que aqui não é mencionado do ponto de vista de Deus não importa para a vida.

A palavra fala da sede e como ela pode ser saciada. Não só sede de água, mas sede de vida, de sentir-se vivo como filho ou filha de Deus.

Precisamos muito saciar esta sede. O ser humano sem satisfação na vida e sem esperança literalmente morre.

Aparentemente, no dia a dia, a água da vida parece ser um bem escasso, ao ponto que muita gente prefere nem procurar. Prefere fazer uso de diversos meios para o tempo passar. Manter-se ocupado para não ficar pensando na vida.

Nos extremos pessoas passam a ter uma vida acelerada entre trabalho, diversão, consumo de mídia, ou outro tipo de calmante e uma noite de sono a base de remédios.

Grande parte disto custa dinheiro. Em geral confiamos para que pagamos com nosso dinheiro suado. E quando ficamos insatisfeitos vamos atrás dos nossos direitos, enfim pagamos!

Nada contra tudo isto! Somente não terá a água da vida desta forma. Que há uma grande confusão nesta vemos pela proliferação gigante de todos os tipos de dependências patológicas.

Quando se espera das coisas que nos mantém ocupados o poder saciar a sede por vida, uma grande frustração é a consequência. E aí aumenta-se a dose, seja lá o que for o meio preferido, que pode ser químico ou não. Aos pouco vira vício.

A água da vida, ela somente pode vir do Deus da vida. E este não aceita pagamento porque já foi pago por seu filho.
Ele acei-ta a nossa gratidão e humildade e nos abastece já nesta vi-da quando aceitamos permanecer conectado a fonte da vida.

Pode muito bem ser que temos receio em receber algo que não podemos comprar. Enfim, é uma questão de confiança.

Mas uma vez feito podemos experimentar que nascem os frutos, como gratidão, paciência, generosidade e todo tipo de amor ao próximo.

Vamos abraçar este lema para o ano de 2018! Porque a graça do nosso Deus que sacia a nossa sede com Água da vida que nos liberta de todas as dependências para uma vida livre dos filhos e das filhas de Deus!

Wilhelm Nordmann


Autor(a): P. Guilherme Nordmann
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste / Paróquia: Vila Campo Grande - Luteranos - São Paulo
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Testamento: Novo / Livro: Apocalipse / Capitulo: 21 / Versículo Inicial: 6 / Versículo Final: 6
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 45860
REDE DE RECURSOS
+
Muitos bens não nos consolam tanto quanto um coração alegre.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br