Mateus 22.15-22

05/10/2017

LITURGIA DE CULTO PARA OUTUBRO DE 2017
MATEUS 22.15-22
LITURGIA DE ABERTURA
ACOLHIDA
Sejam todas/os bem vindos a Casa de Deus. Com alegria que acolhemos aos irmãos e irmãs neste culto que celebraremos ao nosso Deus. Saúdo-vos com a Palavra de Deus em Tiago 1.8, lema desta semana que diz: “Segundo o seu querer, Deus nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas”.
CANTO INICIAL: ENE 68 – Senhor se Tu me Chamas
SAUDAÇÃO/INVOCAÇÃO
Estamos aqui reunidas/os aqui em nome de Deus que é Pai de toda a Criação, em nome do Filho enviado para cumprir o propósito de Deus Pai e em nome do Espírito Santo que nos fortalece, anima e consola. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
ENE 167 – Senhor Tu Tens Sido
CONFISSÃO DE PECADOS
Amado Deus e Senhor! Aqui estamos diante de Ti mais uma vez para colocar a nossa fraqueza, reconhecendo os nossos erros e pecados, seja em relação a Ti, ou ao sofrimento de nosso próximo. Reconhecemos Senhor que nem sempre andamos como tu queres e espera de nós. Poucas vezes deixamos que o Espírito Santo faça tua obra em nossa vida. Perdão quando o senhor procura nos corrigir, e nós nos fazemos de surdos, e não queremos te ouvir. Perdoa-nos ó Deus quando entristecemos ou afastamos o Espírito Santo das nossas vidas pelas nossas escolhas erradas. Perdoa ó Senhor os nossos pecados, tem misericórdia de nós. Renova em nos a alegria, o amor e a paz que vem de Ti, concede-nos Teu perdão, em nome de Jesus que oramos. Amém!

ANÚNCIO DO PERDÃO
Nos alegremos! Pois todas as vezes que sinceramente pedimos o perdão de Deus, Ele nos perdoa. Pois através de Cristo fomos acolhidos nos braços de Deus, de Cristo e do Espírito Santo. Assim nós temos o privilégio de receber perdão, salvação e vida eterna. Desta forma, podemos ter a certeza de que aqueles que com o coração sincero pediram perdão, o recebem da parte de Deus. Sejam todos perdoados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

KYRIE
Como filhos e filhas de Deus não queremos ser indiferentes as tristezas de outras pessoas. Por isso lembramos que há outros neste mundo que também sofrem. Assim clamamos a ação do Teu Santo Espírito, pedindo que venha ao encontro daqueles que sofrem e que ainda não encontraram sentido de vida, teu perdão e tua paz. Ouve-nos Senhor quando também cantamos clamando: Pelas dores deste mundo ...
GLÓRIA IN EXCELSIS:
Porque temos a certeza de que Deus ouve e atende nosso pedido de oração podemos cantar Glória e bendizer o seu nome. Cantemos: Glória, Glória, Glória a Deus nas alturas...
CANTO ENE – 140/HPD2 - 346 – ♫ Glória, Glória, Glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós.

ORAÇÃO DO DIA
Bondoso e amado Deus, nós te agradecemos pela oportunidade que tu nos dás de sermos teus filhos e filhas, agradecemos pelo teu amor, pelo teu cuidado, pelo teu perdão. Pelas vezes que mesmo não percebendo, tu estás conosco e nos guarda dos perigos. Agradecemos que neste dia, pudemos abrir os nossos olhos, e recebemos de ti, mais um dia de vida. Obrigado Senhor pelas tuas bênçãos infinitas. Agradecemos Senhor, que também no sofrimento, tu estás conosco, nos consola e fortalece. Ajuda-nos a reconhecer quando Tu falas a nós, mas por causa de nosso pecado somos impedidos de te ouvir. Pedimos que tu nos abençoes também este momento de receber a Tua Palavra. Que sendo lançada, ela caia em nossos corações e que encontre corações receptivos ao teu amor. Inspira-nos com o te Espírito Santo. Em nome de Jesus. Amém.
LITURGIA DA PALAVRA
LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Isaías 45.1-7
2ª Leitura Bíblica: 1º Tessalonicenses 1.1-10
ALELUIA MILANEZ
PREGAÇÃO: Mateus 22.15-22
Amadas e Amados no Senhor Jesus! Graça e paz, ...
Todo ser humano nasce em um lugar, nasce num país, em uma cidade. E, quando se deixa registrar num cartório, se torna cidadão daquele país, daquela cidade, com direitos e deveres. A partir disto passa a ter uma pátria onde pode viver, servir e escolher pessoas por meio do voto, que vão governá-la.
Há um entendimento de alguns que o cristão não deve se envolver na política, não deve nem servir o exército e nem obedecer ao governo, pois pensam que são coisas do maligno. Porém, estes entendem o que fala a Bíblia a este respeito?
Vejamos o texto de hoje: os fariseus mandaram a Jesus algumas pessoas que serviam a Herodes para saber o que ele diria se é lícito pagar imposto a César ou não?
Bom, já os fariseus não buscavam descobrir a verdade sobre este assunto. Eles haviam preparado uma armação para Jesus. Se a resposta de Jesus fosse sim, ele iria sofrer punição dos zelotes, que não aceitavam de forma alguma pagar imposto ao imperador romano. Mas, se a resposta de Jesus fosse não, as pessoas que serviam a Herodes iriam prendê-lo. Mas então, vejamos o que Jesus faz:
Jesus, que não tinha medo de ninguém, e para a surpresa de todos, dá uma resposta que ninguém esperava. Ele pede que lhe tragam uma moeda de dinheiro que circulava na época e pergunta aos que estavam ao seu redor de quem é era a figura que estava gravada em cima da moeda: E eles responderam: - “De César”. Jesus então dá a sua resposta: Dêem ao Imperador o que é do Imperador e dêem a Deus o que é de Deus.
Esta resposta de Jesus nos revela o duplo dever do cristão enquanto vive na terra: Tem deveres 1º para com Deus e depois deveres para com o país, a sua Pátria.
Quero por isto, primeiro tratar um pouco desse cristão e do governo neste mundo.
A Bíblia nos ensina que o governo é de Deus. E assim somos chamados a obediência a ele. O texto de Romanos 13 nos diz: Obedeçam às autoridades, todos vocês. Pois nenhuma autoridade existe sem a permissão de Deus, e as que existem foram colocadas nos seus lugares por ele.
O governo está aí colocado por Deus para o bem de toda as pessoas governadas por ele. A ordem existe, pois Deus assim o quer. É por meio do governo que Deus deseja dar a paz e segurança aos seres humanos. E por isto o governo temo objetivo de proteger a vida das pessoas em todas as áreas da vida, seja a própria vida ou todos os bens que lhe pertencem. O seu objetivo é sempre ter a ordem e o bem estar na vida das pessoas.
E para isto, são criadas leis pelos governos, como cobrar impostos ou punir aqueles que fazem coisas erradas. Assim, é dever das pessoas, como cidadãos que vivem de forma correta, respeitar às autoridades.
Diante de tudo isto, nos cabe também, como cidadãos corretos, pagar nossos impostos e tributos. Por que o governo tem gastos para fazer chegar até nós o que precisamos. A única forma de fazer isto é juntar dinheiro é através de impostos e tributos. E assim diz o Apóstolo Paulo em Rm 13.6 e 7: É por isso também que vocês pagam impostos. Pois, quando as autoridades cumprem os seus deveres, elas estão a serviço de Deus. Portanto, paguem ao governo o que é devido. Paguem todos os seus impostos e respeitem e honrem todas as autoridades.
E digo, não por último, que como cidadãos corretos, somos chamados, como dever, a participar da vida política do país. Quem daqui já visitou uma Câmara de Vereadores durante uma cessão da Câmara? Mas há muito mais deveres como cidadãos brasileiros, como servir o exército, votar e se temos a capacidade, devemos assumir cargos nos governos. Digo, por isto, que entendo que o governo tem falta de verdadeiros cristãos em sua administração. E acredito que se os governantes de fato fossem cristãos fiéis a Deus, não teríamos tanta, corrupções, abuso de autoridades e tantas operações lava jato que nos mostram tantos escândalos como se vê hoje em nosso país e em tantos governos em vários países.
Como segundo ponto, que tratar aqui sobre o cristão e Deus. Digo que o cristão, por isto não tem somente deveres para com o governo. O cristão tem, em primeiro lugar, deveres para com Deus, que lhe deu a vida. O que Jesus diz a respeito? Ele diz: Dêem ao Imperador o que é do Imperador e dêem a Deus o que é de Deus.
Bom, se Imperador, representa para nós o governo, e tem direito sobre nós, muito mais direito tem o Senhor Deus sobre nós. Ele que nos deu a vida.
Porém, o governo administra apenas o país, zelando pela ordem e pela paz. Desta forma, Deus faz muito mais do que isso. Ele nos criou, ele nos sustenta, ele nos protege e nos salva e nos salva de inimigos que não vemos. Entendo por isto que o mundo, e tudo o que nele existe, e mesmo a nossa vida, tudo está nas mãos de Deus. Quem nós somos diante de Deus? Administradores seus. Vejamos o que a Sagrada Escritura nos diz no texto de Salmos 24: Ao Senhor Deus pertencem o mundo e tudo o que nele existe.... Lá em 1º Coríntios 6.19, está escrito: Será que vocês não sabem que o corpo de vocês é templo de habitação do Espírito Santo? Vocês não pertencem a vocês mesmos, mas a Deus, pois ele os comprou e pagou o preço. Portanto, usem o seu corpo para a Glória dele.
Hoje sabemos que existem pessoas que acham que podem fazer o que bem querem, acham que ninguém tem nada a ver com a sua vida. Acham que podem usar drogas, viver embriagados, cometem adultério e praticam o aborto, pois acham que são donos do seu corpo.
Entendamos que para Deus não é bem assim. Um dia Deus vai fazer acerto de contas conosco. Neste dia teremos que responder o que fizemos com a nossa vida. Sua Palavra ainda diz em 2 Coríntios, 5.10: Porque todos nós temos de nos apresentar diante de Cristo para sermos julgados por ele. E cada um vai receber o que merece, de acordo com o que fez de bom ou de mau na sua vida aqui na terra.
É o que Deus espera de nós. Mas, e o que Deus espera de nós? Nós vimos o que é do Imperador. Porém, o que é de Deus, é o que Deus espera de nós?
Entendamos que, em primeiro lugar, devemos dedicar uma parte do nosso tempo de vida a Deus. Pois, toda a nossa vida; inclusive o tempo, pertence a Deus. Claro que dedicamos tempo para a nossa família, ao trabalho e ao lazer. Isso faz parte da nossa vida e está de acordo com a sua Palavra. Mas Deus, no entanto, quer que nós saibamos tirar parte do nosso tempo para ele. E é isto o que aprendemos lá no 3º Mandamento, que nos diz: Santificarás o dia do descanso.
Existem pessoas que se esquecem desse mandamento. Não tiram tempo, não tem tempo para Deus. Por quê? Por que passam o dia todo, de domingo a sábado, ocupados com as coisas do mundo, da vida, e não preparam um tempo para ir à igreja, para ler a Bíblia, para conversar com Deus em oração. O que estas pessoas estão fazendo é cometendo um grande erro, estão roubando de Deus. E um dia terão de prestar contas a Deus por isso. Digo que em segundo lugar, é dever nosso de usar os nossos dons a serviço de Deus. Deus deu a cada um de nós algum dom, por mais simples que pareça, cada um é uma peça nessa criação de Deus. Uns receberam o dom de cantar, outros tocam instrumentos, e ainda outros têm o dom de liderança, dirigem algum grupo de trabalho na igreja ou fora dela, e outros têm o dom de falar em público e ainda outros têm o dom de lidar com as crianças. Cada um deve usar os seus dons a serviço de Deus.
É por isto que Jesus, na parábola dos talentos, fala de uma pessoa que não usou bem os seus dons, que, em lugar de aplicá-los na obra de Deus, ela os enterrou na areia. Esta pessoa foi castigada por isto.
Por isto, hoje cabe perguntar quantos hoje enterram os seus talentos! Tudo pode ser aperfeiçoado por Deus. Vemos muitas pessoas no mundo que formam conjuntos, gravam discos, cds, dvds, filmes e tantas outras coisas e os cristãos não fazem?
E não por último, em nossos deveres como cristãos, temos o compromisso em fé de dar uma parte da nossa renda a Deus, devolvendo um pouco de tudo o que ele já nos deu em nossa vida e ainda irá nos dar. Digo, por isto, que se o governo tem direito sobre o nosso dinheiro, muito mais direito tem Deus o Senhor. Sabemos que o governo precisa do dinheiro, pois precisa trazer benefícios para nós, como estradas, manter os hospitais, ou presídios e as escolas. É um de seus trabalhos pela sociedade da qual fazemos parte.
Digo, por isto, que o trabalho que Deus faz é muito mais importante ainda. Os cristãos precisam contribuir para o Reino de Deus, pois a igreja precisa crescer e manter todos os seus trabalhos, como, formando novos Ministras/os, enviando missionários e promovendo programas de rádio e de televisão.
Deus não cobra impostos, como o faz o governo. Deus não exigiu um valor fixo de ninguém. Cada pessoa pode contribuir com quanto quiser. Porém, percebemos que é pela contribuição de uma pessoa que ela revela o tamanho da sua fé. Quem tem uma fé maior e se sente muito agradecido a Deus, vai, com certeza, dar um retorno maior para Deus, uma porcentagem maior de sua renda a Deus. Por outro lado, infelizmente, quem, tem uma fé pequena e não percebe e nem sente em seu coração nenhuma gratidão a Deus por tudo o que ele já deu em sua vida, vai dar apenas as sobras, por que ainda não entendeu o Reino de Deus.
Temos o exemplo dos fiéis a Deus do Antigo Testamento que davam 10% de sua renda a Deus. Zaqueu, por exemplo, deu a metade dos seus bens. E a viúva pobre deu tudo o que tinha. E Judas, no entanto, além de não dar nada, roubava de Deus...
E hoje a pergunta vem a nós, quantos por cento da nossa renda damos ao Senhor: 1, 5, 10%? O que diz Jesus: Dêem ao Imperador o que é do Imperador e dêem a Deus o que é de Deus. Precisamos sempre lembrar do nosso dever para com a nosso país, a nossa Pátria. Respeitando as autoridades, pagando corretamente os impostos e orar sempre pelo governo. Este é um dever nosso e também uma ordem de Deus.
Porém, não devemos nos esquecer, como cristãos, do nosso dever para com Deus: Que é dedicar o nosso tempo ao Senhor, os nossos dons e devolver uma parte da nossa renda a Deus, por meio de sua Obra, que é a Igreja, que precisa de nossa participação integral. Isso é um dever nosso e um privilégio que Deus nos concede como cristãos.
Desejo assim que Deus nos abençoe que sejamos de fato bons administradores de tudo o que Deus nos deu e de sermos ótimos cristãos e cidadãos, dando a Deus o que é de Deus e ao Imperador o que é do Imperador. Deus assim nos abençoe em Cristo Jesus. Amém!

CANTO: ENE – 218 – Vamos Nós Trabalhar

CONFISSÃO DE FÉ
Motivação para Confissão de fé:
Creio em Deus Pai, ...
CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
CANTO ENE 220 – Toda Paz Que o Coração Deseja

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
PAI NOSSO
Pai nosso ...
LITURGIA DE DESPEDIDA
AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
CANTO FINAL
ENE – 234 – Deus Vos Guarde Pelo Seu Poder.

BÊNÇÃO e ENVIO
“Que o Senhor vos abençoe e vos guarde, que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós e tenha misericórdia de vós, que o Senhor sobre vós levante o Seu rosto e vos dê a Paz!” Ide em Paz e servi ao Senhor com Alegria! Amém!
 


Autor(a): Walter Werner Sass
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 44167
REDE DE RECURSOS
+
Importa, acima de tudo, que homem e mulher convivam em amor e concórdia, para que um queira ao outro de coração e com fidelidade integral.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br