Mateus 18.15-20 - 14º Domingo após Pentecostes - 10/09/2017

Caderno de Cultos 2017

10/09/2017

ACOLHIDA
Deus vem ao nosso encontro neste culto e nos chama a fazer parte da Sua família em Jesus Cristo. Onde cada um/a é chamado/a a guardar e cuidar do seu irmão, para que não se afaste do amor de Deus. Por isso nos saúda com o perdão de Deus que Jesus anunciou aos amigos do paralítico em Lucas 5.20: “Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Homem, os teus pecados estão perdoados”. Este convite também é para você! Pois é no perdão que nos tornamos filhos e filhas de Deus por meio da fé em Jesus Cristo e aprendemos a fazer parte da grande família de Deus. Pois onde existe perdão, existe vida!

Queremos ainda receber com alegria todos/as que nos visitam. E dizer que o nosso desejo é que todos/as sintam o Amor do próprio Deus no meio de nós, e sempre tenham vontade de estar com a gente muitas vezes. Seja bem-vindo/a, pois Deus quer nos abençoar a todos. Por isso, queremos cantar...

CANTO DE ENTRADA
Nº 199 - HPD – Chuvas de bênçãos

Ou: Nº ____________________________________________________

LITURGIA DE ABERTURA
SAUDAÇÃO
Neste culto, queremos pedir a Deus para que continue a nos ensinar a cuidar uns dos outros, e a sermos guardiões uns dos outros, para que ninguém se perca e se afaste de Deus. Por isso, nos reunimos em nome de Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 325 - HPD – Aqui você tem lugar

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Senhor, nosso Deus, diante de ti nos colocamos para restaurar o nosso relacionamento contigo e com o meu próximo. Queremos confessar nossas faltas e reconhecer que muitas vezes em nossa vida, temos traçado uma linha que nos separa uns dos outros e também de Ti. A linha do preconceito, da raiva e da indiferença nos impede de experimentar o Teu amor e o Teu perdão. Ajuda-nos a apagar essa linha e nos reconciliarmos uns com os outros. Por isso, agora, silenciosamente, cada um/a coloca a sua vida aos pés da Tua cruz para confessar as suas faltas, e reconhecer que precisamos de Ti (momento de silencio).

Pai querido, obrigado porque nos dás a chance de nos apresentar e nos reencontrar na Tua reconciliação. Tu conheces o nosso coração e sabe que não conseguimos expressar em palavras tudo o que nos leva para longe de Ti. Por isso, em Tua misericórdia pedimos: perdoa-nos e ajuda-nos a restaurar nossa vida com as pessoas de quem nos afastamos e nos ajuda a vencer a dor, a amargura e a tristeza que nossa vida marcada pelo pecado nos traz. Isto nós Te pedimos em nome do nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Essa é a promessa de Deus quando confessamos nossos pecados. Que nossos pecados são perdoados por Deus em Seu Filho Jesus Cristo. Por isso, o próprio Senhor Jesus nos diz: “Se alguém disser: ‘Amo a Deus’, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê” (1João 4.20). Por isso, a promessa de Deus se cumpre em você quando vive deste perdão dado por Jesus Cristo. E por isso anuncio: se confessares teus pecados e se arrependeres, o Senhor também Te dirá hoje: vai em paz, pois os teus pecados foram perdoados. Amém.

KYRIE
E da mesma maneira como Deus se reconcilia conosco, queremos nós também nos colocar diante de Deus e clamar pelas dores deste mundo. Por isso, queremos cantar:

1. Pelas dores deste mundo, ó Senhor, imploramos piedade. A um só tempo geme a criação.
2. Teus ouvidos se inclinem ao clamor desta gente oprimida. Apressa-te com tua salvação.
A tua paz, bendita e irmanada com a justiça. Abrace o mundo inteiro. Tem compaixão!
O teu poder sustente o testemunho do teu povo. Teu Reino venha a nós! Kyrie eleison!

GLÓRIA IN EXCELSIS
Queremos glorificar o trino Deus cantando:
Nº 254 - HPD – Senhor, meu Deus

ORAÇÃO DO DIA
Senhor, nosso Deus, mais uma vez estamos diante de ti, para te pedir que venhas sobre nós com teu Espírito e a Tua Palavra, como vieste aos discípulos no passado. Para que também nos ajude a viver deste perdão que nos ofereceste na cruz, para que assim sejamos curados e tenhamos uma vida agradável aos Teus olhos. Por isso te pedimos Senhor: derrama Teu Espírito sobre nós, abre nosso coração e nossos ouvidos para que estejamos prontos para ouvir Tua voz e sejamos transformados por meio da Tua palavra. Isso nós te pedimos em nome de Jesus Cristo. Amém!

LITURGIA DA PALAVRA
LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Ezequiel 33.7-11
2ª Leitura Bíblica: Romanos 13.8-14
3ª Leitura Bíblica: Mateus 18.15-20

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 383 - HPD – A Lei do Senhor

PREGAÇÃO
No culto de hoje Jesus Cristo fala da tarefa de oferecer perdão a quem se desviou do caminho do amor de Deus. Caminho pelo qual a comunidade de Jesus Cristo é chamada a ser guardiã deste grande dom de Deus! E por isso uma pergunta quer nos acompanhar durante este culto: será que todos são filhos/as de Deus? A resposta é: pela graça de Deus, todos são chamados a ser filhos/as Deus. Mas muitos colocam uma linha imaginária que pode nos separar do amor de Deus e ela se chama: culpa!

Conta a história que depois da 2ª Guerra Mundial eram muitas as casas destruídas. Alugar uma casa era quase impossível. Mas duas irmãs conseguiram alugar um quarto grande com duas portas. Tudo ia bem, até que elas se desentenderam. Na briga se xingaram e uma delas chamou a outra de burra, e a outra respondeu dizendo, que não queria mais vê-la nem pintada de ouro. Brigaram para valer. Depois disso, cada uma saiu para procurar um outro quarto, mas sem muita sorte. A cidade estava cheia de fugitivos. Continuaram de mal uma com a outra, e por isso uma delas fez um risco no chão do quarto. Você mora ali e eu aqui. As duas se diziam cristãs! Assim as duas faziam suas orações de costas viradas uma para outra. Uma delas adoeceu: estava gripada. À noite, a irmã queria levantar e fazer um chá, mas quando viu o risco de giz no chão... Desistiu, e pensou: “o problema é dela, foi ela quem fez”! Durante a noite, uma delas sonhou que estava na porta do céu, com muitas outras pessoas esperando a porta se abrir. Quando ela se abriu, todos entraram menos ela, pois um risco de giz a impedia de entrar, apesar de todo esforço que fazia. Ela ficou sozinha sem poder entrar. Com o susto, acordou! Chorando apagou o risco. Chegando perto da irmã a beijou disse: Já apaguei o risco. O risco não nos separa só uma da outra, mas eternamente da presença de Deus.

E aí? Você é dessas pessoas que faz um risco no chão? O que a Bíblia diz a respeito? Que somos responsáveis uns pelos outros. Como diz Ezequiel: Somos guardiões uns dos outros! O guardião deve proteger as pessoas. A mãe tem o instinto natural de proteger seus filhos, mas isso não impede ela de se indispor com os filhos. O que mostra como é fácil deixar de amar e virar as costas um para o outro. A Bíblia ensina que não podemos nos calar quando vemos alguém da comunidade se desviar do amor de Deus, mesmo que não seja conosco. Cabe a nós a tarefa de exortar (tentar trazer) a pessoa de volta para o amor de Deus (ajudar a apagar a linha do giz). Mas para isso, alguns cuidados são necessários para ajudar a restaurar um relacionamento quebrado. Por exemplo: uma situação como essa, não lhe autoriza a fazer fofoca sobre o assunto, pois só piora a situação. O contato deve ser olho no olho, para se criar o clima adequado para a cura da alma, e os envolvidos se reconciliem um com o outro e com Deus. Gesto que exige: sabedoria, amor, tato e o bom senso ensinado por Jesus Cristo. Toda comunidade precisa de pessoas de bom senso e autoridade no assunto. É o que se espera de presbíteros numa comunidade.

Você sabe perdoar? Perdoar é trabalhar para que feridas sejam saradas e relações restauradas. Perdoar faz bem para: saúde, mente, alma, mas principalmente para seu relacionamento com Deus. Vale a pena perdoar! Quem não perdoa: se isola e sua vida começa a andar para trás. A pessoa se sente pesada e com dificuldade de seguir adiante. Perdoar é aceitar que você também erra; é aprender a ser mais feliz.

No Yom Kippur (Dia do Perdão), o dia mais importante do calendário judeu, os judeus jejuam e manifestam seu remorso, pelo que fizeram de errado diante de Deus. Mas não basta pedir perdão para Deus, você precisa buscar o perdão da pessoa. Perdão é processo: por isso você precisa começar desabafando com alguém. É normal sentir raiva, mas não guarde para você! Só quando você deixar de se fazer de vítima, você estará pronto para buscar a cura, pois conseguirá ver também o outro lado da situação (ao falar com a outra pessoa, deixe de lado as palavras: “nunca” e “sempre”). Você só terá perdoado de verdade, se não sentir mais raiva e não for mais indiferente com a outra pessoa. Não por último: ore! Tenha consciência de que você precisa da ajuda de Deus. Exercitar o perdão, ajuda você ter uma vida mais saudável, te deixa menos nervoso e estressado, e com mais forças para enfrentar a vida.

Lembre-se: Não se esqueça de apagar a linha imaginária que separa sua vida das pessoas e também de Deus... Não se afaste da Família de Deus, deixe o amor que Cristo teve por você na cruz fale mais alto. Afinal, somos todos guardiões do grande dom de Deus: de amar e perdoar uns aos outros. Amém!

HINO
Nº 194 - HPD – Como Tu queres

CONFISSÃO DE FÉ
Queremos nos unir aos cristãos ao redor de toda a terra e de todos os tempos. Confessar a nossa fé em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que veio nos reconciliar com todos, por meio do seu corpo e do seu sangue oferecido na cruz. Por isso, queremos confessar nossa fé em Cristo por meio do Credo Apostólico, dizendo juntos:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 249 - HPD – Graças, Senhor eu rendo

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Destino da oferta: _________________________________________
Oferta último Culto: R$________ destinada ____________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

ANIVERSARIANTES
________________________________________________________
________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

Senhor, nosso Deus, obrigado porque vieste nos ajudar a apagar a linha que nos separa uns dos outros, nos separa de Ti e nos leva a morte. Ajuda-nos a viver de deste perdão e a participar da Tua família. Por isso, neste momento, também queremos pedir por este mundo perdido, que carece da Tua Salvação, que vive em meio a guerras e a destruição. Vem com teu Espírito e renova em nós o Teu perdão. Olha pelo nosso país, pela nossa cidade e ajuda-nos na tarefa de anunciar o Teu perdão por meio de nossas mãos, seja na oração ou no testemunho concreto de nossa fé na vitória de Jesus Cristo sobre a morte, para que as pessoas ao nosso redor também encontrem o caminho da salvação. Tudo o mais queremos colocar diante de Ti na oração que o teu Filho Jesus Cristo nos ensinou por meio dos apóstolos dizendo...

PAI NOSSO
Pai nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA
BÊNÇÃO
Queremos receber das mãos de Deus à bênção que ele nos oferece, toda vez que nos reunimos em culto. Que Deus Te abençoe e Te guarde, que Ele faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti, que ele sobre ti levante o Seu rosto e Te de a paz. Que assim Deus Pai, Filho e Espírito Santo Te conduza pelos caminhos de Deus, hoje e para todo o sempre. Amém.

ENVIO
Vão na paz do Senhor Jesus Cristo, na certeza de que ele vai adiante de vocês e de todo/a aquele/a que se deixa conduzir por Suas mãos. Pois Ele nos perdoou e nos deu a chance de colocar o perdão, a saúde, a vida, no lugar da morte. Vão na paz do Senhor Jesus, que Deus os abençoem.

CANTO FINAL
Nº 118 - HPD – Deus vos guarde
 


Autor(a): P. Cláudio Rieper
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 14º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 18 / Versículo Inicial: 15 / Versículo Final: 20
Título da publicação: Caderno de Cultos / Ano: 2017
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 42819
REDE DE RECURSOS
+
Quando eu sofro, eu não sofro sozinho. Comigo sofrem Cristo e todos os cristãos. Assim, outros carregam a minha carga e a sua força é também a minha força.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br