Lucas 4.1-13 - 1º Domingo na Quaresma - 10/03/2019

Caderno de Cultos 2019

10/03/2019

10/03/2019 - 1º Domingo na Quaresma
Pregação: Lucas 4.1-13; Leituras: Deuteronômio 26.1-11; Salmo 91.1-2,9-16; Romanos 10.8b-13
Diácono Vanderlei Hüther – Paróquia do Parecis - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia/ Boa noite. Sejam todas e todos muito bem vindos a este nosso encontro com Deus.
Hoje iniciamos um novo tempo dentro do calendário litúrgico cristão, estamos no tempo da Quaresma – 40 dias antes da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. E, junto dele queremos nos preparar para este tempo de reflexão, meditação e introspecção.
Quero saudar a cada uma e a cada um de vocês que vieram a esta casa de oração, com as palavras que são o lema bíblico para esta semana; Palavras do evangelista Mateus 4.4 - “Jesus respondeu ao tentador: Está escrito: Não só de pão viverá o homem (a pessoa), mas de toda palavra que procede da boca de Deus”.
Desejo que a Palavra de Deus que vamos ouvir neste culto nos sacie integralmente. Que assim seja. Amém.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
333 - HPD II – Estamos aqui, Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Deus sempre vem ao nosso encontro, de muitas e diferentes maneiras. No culto Deus vem através da sua Palavra, lida e pregada, mas também através da celebração dos sacramentos. Deus está aqui entre nós! Assim, celebramos este culto em nome do Santo e Trino Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.
CANTOS DE INVOCAÇÃO
332 - HPD II – Deus está aqui

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Lembremos da Palavra de Deus que nos diz: “Se dissermos que não temos pecado nenhum, enganamos a nós mesmos e a verdade não está em nós. Se, porém, confessarmos os nossos pecados, Deus é fiel e justo, e nos perdoará os nossos pecados e nos purificará de toda a injustiça”.
Confiantes nesta promessa, voltemo-nos em fé ao nosso Senhor e confessemos os nossos pecados proferindo em conjunto as palavras de uma oração de confissão de pecados de Martin Lutero:

(Pode ser projetada ou, até mesmo impressa para cada participante)

Todos: Deus Todo-poderoso, Pai misericordioso. Eu, pessoa pobre, miserável e pecadora, confesso-te todos os meus pecados e injustiças que cometi em pensamentos, palavras e ações. Com eles, em algum momento, causei a tua ira, merecendo o teu castigo nesta vida e na eternidade.

Todos esses pecados pesam em minha consciência e me arrependo deles profundamente. Peço-te, por causa da tua misericórdia infinita e da inocente e amarga paixão e morte de teu filho Jesus Cristo: tem misericórdia de mim, pobre pessoa pecadora. Perdoa-me todos os meus pecados. Concede-me a força do teu Espírito Santo para melhorar a minha vida. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Palavra de Graça e de perdão ouvimos do Apóstolo Paulo, em Romanos 5.9s: “Pois pela morte de Cristo na cruz, nós somos libertados, isto é, os nossos pecados são perdoados”.

Pela obra de Cristo Jesus, pela sua morte na Cruz, nós tempos palavras de salvação e perdão vindas de Deus. Assim, todos aqueles e aquelas que com coração sincero se voltam para Deus, e reconhecem os seus pecados, vos anuncio o perdão. Em nome do Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Deus manifesta diariamente o seu poder e também o seu amor em direção a nossa vida. Muitas vidas são transformadas pelo amor e pelo grandioso cuidado de Deus. Mas ainda existe muita dor, muito sofrimento, muitas ações que ferem a dignidade do mundo inteiro.
Queremos neste momento clamar, para que Deus tenha misericórdia da sua criação. Cantemos juntos: Pelas dores deste mundo, ó Senhor....


ORAÇÃO DO DIA
Ó Pai amado! Muito obrigado pela tua graça e infinita misericórdia. Por Jesus Cristo ter realizado a obra da salvação em nosso favor. Pedimos-te, que, continues abençoando este culto de uma maneira especial. Cuida desta comunidade, Senhor. Cuida também de nós neste momento, onde queremos ouvir a Tua Santa vontade que vem através da leitura da Tua Palavra Bíblica.
Renova nossa vida, mente e corações. Aquieta nosso ser e dá-nos o teu Santo Espírito. É isso, ó Deus, que te pedimos em nome de Jesus, teu filho, nosso Senhor, que contigo e com o Espírito Santo, vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Romanos 10. 8b-13

Por estarmos no tempo de Quaresma, como cristãos nós não cantamos o aleluia para receber as palavras de Cristo, mas ainda assim, gostaria de convidar aqueles e aquelas que podem para se colocarem em pé
2ª Leitura Bíblica: Lucas 4.1-13

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
379 - HPD II – Estou pronto, Senhor
Ou: _______________________

PREGAÇÃO

Queridos irmãos e irmãs, desejo que a Graça, a Paz e o Amor de Deus estejam com cada uma e com cada um de vocês neste momento. Amém.

Neste final de semana, dentro do calendário litúrgico, iniciamos um novo tempo, chamado de Quaresma! Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo, a festa da Páscoa, a ressurreição de Jesus.
A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior à semana da Paixão. Durante os quarenta dias que antecedem a Semana Santa e a Páscoa, os cristãos são convidados a se dedicar à reflexão, a conversão e a se recolhem em oração e penitência.
O texto bíblico deste nosso final de semana, nos remete ao episódio em que Jesus foi ao deserto. E, assim como nos texto do Evangelho que ouvimos, a quaresma nos remete para os deserto de nossa vida (solidão, angústias, dúvidas, desesperos, tristezas, ...) e da sociedade (violência, preconceitos, discriminações, exclusões, impunidades, opressões...). São coisas que queremos e preferimos nos afastar, mas que com a ajuda de Deus, temos que enfrentar – assim como Jesus o fez. Por isso, este é tempo de refletir sobre o grande ato de amor, de entrega e de sofrimento de Cristo em favor da humanidade, e da nossa Salvação.
O texto bíblico nos conta que, logo depois de Jesus ser batizado e ser aclamado por Deus como seu filho, cheio do Espírito Santo, Jesus é levado para o Deserto. Aquela declaração pública feita por aquela voz do céu (Tu és o meu Filho querido e me dás muita alegria), deve ter deixado Jesus com muita alegria. Ao mesmo tempo em que trazia, em seu interior um grande questionamento para o próprio Jesus: Filho de Deus, sim! Mas, que tipo de Filho de Deus espera que eu seja? O desfecho da história da tentação de Jesus, descrita no evangelho é exatamente a resposta de Jesus a sua pergunta interna. No deserto, Jesus decidiu que seu reino não seria como os reinos deste mundo

Jesus foi tentado de três formas pelo Diabo:
1a – Com fome, Jesus foi tentado a transformar pedras em pão. A tentação da Comida!
2a – Para obter Poder e Glória, a única coisa que ele deveria fazer era se ajoelhar diante do diabo e adorá-lo.
3a – O diabo quer que Jesus use do amor que o Pai tem com ele. Quer fazer Jesus colocar o amor e a confiança em Deus à prova.

Comida - Poder e Glória - Tentar a Deus. Se olharmos bem a fundo para nossas vidas vamos perceber que estas três tentações de Jesus, também são as nossas grandes tentações nos dias de hoje.
Tem um ditado que diz que cada pessoa tem o seu preço, e que para descobrir o preço é preciso oferecer o valor exato. É preciso o valor exato para mudar até a pessoa mais honesta.
E de fato, as vezes é assim. Pode ser que vocês conheçam uma pessoa que era extremamente honesta e bem intencionada, mas ao entrar na vida política, assumir cargos públicos, foram seduzidas pelo poder e pelo dinheiro. Algo fez com que deixassem a honra de lado e se entrassem neste mundo de corrupção. No mundo dos negócios também não é nada diferente. Quantos são tentados à concorrência desleal, à sonegação de impostos, à falsificação de produtos, a colocarem preços abusivos, etc. Nem todos conseguem resistir.

E nós, querida comunidade? Como isso acontece em nossa vida? Também nos deixamos arrastar pelas tentações, que querem nos seduzir e desviar? É importante dizer que não me refiro somente às grandes tentações que envolvem muito dinheiro, muito poder ou muita influência. Mas também nas pequenas tentações, aquelas que aparecem no dia a dia, as pequenas coisas:

Aquele troco a mais que não foi devolvido; a ultrapassagem em lugar proibido que nos colocou na frente da fila de carros; o estacionar em lugar proibido ou em uma vaga especial, o silêncio que foi comprado, ...
As vezes nós somos tentados e atraídos pelo pecado da mesma maneira qual o peixe é atraído pela isca do anzol. Ele e nós não enxergamos o perigo que nos cerca - só enxergamos a saborosa isca, mas não percebe o anzol. Porém, depois de fisgado, é difícil soltar-se.
Antes eu disse que cada pessoa tem o seu preço. Basta saber oferecer a quantia exata. Será que alguém consegue resistir? O testemunho bíblico de Jesus em Lucas 4.1-13 afirma que sim. É possível resistir às tentações desde que a pessoa não se apoie nas próprias forças, mas busque as forças lá do alto, de Deus, através da meditação na Palavra e da oração.
Jesus Cristo é aquele que resistiu a todas as provocações e tentações! Toda a passagem de Jesus por nossa vida foi uma contínua batalha contra as tentações: Ao vir ao mundo, Jesus “abriu mão de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo, tornando-se assim igual aos seres humanos” (Fp 2.7). “Ele tinha a natureza de Deus, mas não tentou ficar igual a Deus” (Fp 2.6). Ao ser crucificado, Jesus foi provocado insistentemente: “Se você é mesmo o Filho de Deus, desça da cruz e salve-se a si mesmo” (Mt 27.40). Não é por menos que Ele orou na oração do Pai Nosso: “Não nos deixes cair em tentação”.
Quaresma é tempo de reconhecer naquele Jesus solidário, o filho de Deus que veio para nos ajudar a cruzar o deserto de nossas vidas e conduzir-nos para a liberdade do perdão, da graça e do amor.
Quaresma é tempo de sermos solidários com as pessoas, assim como Deus tem sido conosco. É tempo de nos fortalecermos na fé para também passarmos por nossas tentações. É tempo de anunciar e reconhecer em Jesus o filho de Deus veio para nos libertar de nossos medos e egoísmos. É tempo de dar e receber perdão e amor. É tempo de vivermos nossa vida com fé e nos perguntarmos: que tipo de filhos queremos ser? Que Deus nos acompanhe neste tempo Quaresmal. Amém.


HINO
474º - HPD II – Ontem ele foi
Ou: --------------------
CONFISSÃO DE FÉ
Motivados pela Palavra de Deus, que acabamos de ouvir, vamos juntos professar a nossa fé, juntos, com as palavras do Credo Apostólico.
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
460 – HPD II – Conta as bênçãos
Ou _______________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._________________________________________________________
3._________________________________________________________
4._________________________________________________________
5._________________________________________________________

Querido Deus, te agradecemos pelo anúncio da Tua Palavra. Somos gratos por podermos ter esse alimento para nossa fé. Porém, queremos te pedir para olhe para nós e nos ajude em nossas dificuldades.

Lembramos da situação do nosso País. Que nossos governantes possam perceber as verdadeiras necessidades do povo e possam trabalhar em favor de todas as pessoas.
Da mesma forma queremos colocar em tuas mãos a vida desta comunidade e de toda a Igreja, que ela possa ser local de comunhão e de anúncio da Tua Promessa de salvação. Que as pessoas possam aprender a olhar para Ti e aprender Contigo viver em união uns com os outros.
Também queremos colocar em tuas mãos... (colocar as intercessões comunitárias)
Em tuas mãos estamos, em tuas mãos nos colocamos, quando juntos oramos a oração que Jesus nos ensinou dizendo: Pai nosso....

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor te abençoe e te guarde; Que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Que assim te abençoe o Trino Deus: Pai + Filho + Espírito Santo. Amém.

ENVIO
Vamos todos na paz do Senhor, sempre unidos, servindo a ele com amor e alegria. Amém

CANTO FINAL
301 – Livro de Canto – Bênçãos virão sobre ti


Autor(a): Diácono Vanderlei Hüther
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Quaresma
Perfil do Domingo: 1º Domingo na Quaresma
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 4 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 13
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 50513
REDE DE RECURSOS
+
Quem é tão forte que não necessite também de consolo do menor dos seus irmãos?
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br