Lucas 3.15-17,21-22 - 1º Domingo Após Epifania - Batismo do Senhor – 13/01/2019

Caderno de Cultos 2019

13/01/2019

13/01/2019 - 1º DOMINGO APÓS EPIFANIA - Batismo do Senhor
Pregação: Lucas 3.15-17,21-22
Leituras: Isaías 43.1-7 * Salmo 29 * Atos 8.14-17
André Luiz Belard – Sinop - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Lema da Semana:
Bom Dia. Boa noite. Sejam bem-vindos e bem-vindas. Quero acolher a comunidade aqui reunida com a letra da canção “A Fonte” de Rodolfo Gaede Neto. “Graças, ó bondoso e eterno Criador
Pela dádiva da vida, pelo teu eterno amor. Tu me escolheste mesmo antes de eu nascer, me chamaste pelo nome para assim te pertencer. Bom Senhor, bendito sejas pela fonte do perdão em que tu me purificas do pecado de Adão e permites que eu mergulhe em tua morte, meu Senhor, e contigo ressuscite para a vida em amor.” (LCI 635) A canção fala sobre o Batismo, tema central desta celebração. Deus nos chama pelo nosso nome e caminha conosco em nossa vida.

Acolher os/as visitantes
Os hinos podem ser escolhido conforme o hinário que a comunidade usa
CANTO DE ENTRADA
25 – LCI – Quando o povo se reúne

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Anjos, louvem a Deus, o SENHOR; louvem a sua glória e o seu poder. Deem ao SENHOR a honra que ele merece; curvem-se diante do SENHOR, o Santo Deus, quando ele aparecer. (Salmo 29. 1-2). Deus vem ao nosso encontro neste culto. Por isso estamos aqui reunidos e reunidas não em nosso nome, mas em nome e na presença do Trino Deus, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
3 – LCI – Deus trino

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
No Batismo, Deus nos chama pelo nome e, dessa forma, ele nos coloca na condição de seus filhos e filhas, chamados e chamadas a anunciar o Evangelho a toda criatura. Contudo, no decorrer da nossa vida, falhamos neste propósito e pecamos. Por isso estamos aqui para confessar a nossa culpa e buscar em Deus o perdão e a graça que só ele pode nos dar.
Inicialmente, cada pessoa tem a oportunidade de confessar individualmente os seus pecados a Deus num momento de silêncio.

Misericordioso Deus! Confessamos que temos pecado em pensamentos, palavras, ações e omissões. Não temos te amado de todo nosso coração e nem as pessoas próximas de nós quando esteve ao nosso alcance. Confessamos que muitas vezes não conseguimos realizar o bem que gostaríamos. Sendo assim, magoamos pessoas, ferimos tua Criação e ignoramos a Tua vontade em nossas vidas.

Temos dificuldade em assumirmos o compromisso de sermos seus filhos e filhas. Preferimos ouvir muitas outras vozes em nosso tempo. A voz da riqueza, a voz do poder, a voz do prazer, a voz do meu ego, a voz camuflada do pecado que por vezes parece ser tão atraente e bela. Tudo isso nos traz uma falsa sensação de satisfação. Nas situações difíceis da vida tudo isso é frágil e não é capaz de nos dar a segurança e a paz que vem exclusivamente de ti. Estamos arrependidos e arrependidas e queremos seguir nossas vidas ouvindo a tua voz de amor, que conduz a salvação e a vida eterna.
Tem compaixão de nós e perdoa os nossos pecados! Através de teu Santo Espírito, dá-nos uma nova oportunidade de te servir e trilhar os teus caminhos. Oramos em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém!

ANÚNCIO DO PERDÃO
“Pois pela morte de Cristo na cruz, nós somos libertados, isto é, os nossos pecados são perdoados. Como é maravilhosa a graça de Deus, que ele nos deu com tanta fartura.” (Efésios 1. 7-8)
Nessa certeza eu vos anuncio a remissão dos pecados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

KYRIE
Reconciliados e reconciliadas com Cristo, somos chamados e chamadas a clamar pelas dores do mundo. Nossos irmãos e nossas irmãs na fé estão sofrendo por toda a parte desse mundo. Os motivos são muitos: fome, guerra, intolerância, corrupção, escravidão, epidemias e tantos outros males. Irmanados pelo mesmo batismo, clamamos a Deus por todas essas situações e pessoas cantado:

56 – LCI – Pelas dores desse mundo

GLÓRIA IN EXCELSIS
Cantem louvor a Deus, o SENHOR, vocês, o seu povo fiel! Lembrem do que o Santo Deus tem feito e lhe deem graças. (Salmo 30. 4). Deus perdoa o nosso pecado e ouve o nosso clamor. Por isso podemos render Glórias a Deus e ao seu Santo Nome cantando:

526 – LCI – Glória pra sempre

ORAÇÃO DO DIA
Deus de amor e cuidado! Rendemos graças a ti por estarmos hoje reunidos e reunidas em tua casa. Graças porque ao longo da história sempre de novo tu te voltas para o teu povo e nos concede segurança e consolo em meios as tribulações. Graças porque podemos receber novamente de ti a tua boa e santa palavra. Que teu Espírito Santo abra nossos corações e mentes para recebe-la como terra fértil recebe boa semente. Oramos em nome de teu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor e salvador, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina de eternidade a eternidade. Amém!

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura: Isaías 43.1-7

2ª Leitura Bíblica: Atos 8.14-17

3ª Leitura Bíblica: Lucas 3.15-17,21-2

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
165 – LCI – Estou pronto, Senhor.
PREGAÇÃO
Batismo – expressão do cuidado e do amor de Deus
Hoje vamos falar sobre o Batismo. O momento litúrgico é propício. Estamos no primeiro domingo após Epifania, conhecido como o domingo do batismo do Senhor. Falar sobre Batismo é sempre importante e necessário pois a vida cristã não pode ser outra senão a partir da vivência diária do nosso batismo. Batismo é a expressão concreta do cuidado e do amor de Deus por nós. É sacramento. É o início da caminhada de fé na comunidade.
Você tem experimentado esse cuidado?
Você sente esse amor de Deus por ti e consegue transmitir isso as pessoas que estão a sua volta?
Você sabe realmente tudo aquilo que Deus te concede no Batismo?
Os três textos bíblicos que acabamos de ler nos ajudam nesse sentido.
Em Isaías 43.1-7 Deus fala ao povo de Israel: “Não tenham medo, pois eu o salvarei; eu o chamei pelo nome, e você é meu.” Deus nos chama pelo nome. Ele nos gerou e nos formou. Ele nos deu a vida e por isso podemos ter a certeza de que Deus nos conhece pelo nome e somos dele. No ato batismal sempre citamos o nome da pessoa batizada, ressaltando que Deus a chama pelo nome, assim como Jesus ouviu a voz que veio do céu: Tu és meu filho amado que me dá muita alegria. Vivemos um tempo complexo e difícil. O ser humano está diante de muitas incertezas e ao mesmo tempo diante de muitas ofertas de ideologias, ideias, teorias, superstições e até mesmo seitas e religiões. Permanecem situações de sofrimento e dor por toda parte e isso é fruto do pecado que ainda resiste e assume em muitas situações uma aparência camuflada que o faz aceitável e praticável. Nesse contexto, como é bom saber que temos um Deus que se importa conosco, que nos chama pelo nome e promete caminhar conosco em todos os momentos. Que não nos ilude. Que não nos desaponta. Deus diz: “Você vale muito pra mim. Você é o povo que eu amo”. É uma declaração de amor rasgada e verdadeira da parte de Deus para mim, para ti, para todas as pessoas.
O evangelista Lucas relata em sua memória a atuação de João Batista. O povo estava perdido e aguardando ansiosamente a vinda do Messias prometido. Contudo, João Batista aponta para a pessoa de Jesus Cristo. Ele reconhece os limites da sua missão a abre caminho para aquele que vem para batizar com o Espírito e com fogo. João ainda anuncia que Cristo virá para trazer a justiça de Deus e anunciar o Reino de Deus às pessoas.
Logo em seguida, o próprio Jesus, num ato de humildade e obediência, também é batizado. O texto diz que enquanto Jesus orava o espírito santo desceu na forma de uma pomba sobre ele e ouviu-se a voz de Deus dizendo: Tu és o meu filho querido que me dá muita alegria. Que maravilha saber que essa ação de Deus ocorre também em nossa vida. Somos filhos amados e filhas amadas de Deus e aceitos/as oficialmente por ele no dia do nosso Batismo. Jesus nos dá o exemplo. Ao final do seu ministério, em Mateus 28, ele ordena, “Portanto, vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês. E lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.” Por isso nós batizamos. Jesus ordena. Jesus também se deixa batizar e assim ao longo da história a igreja cristã assumiu essa missão. Também ouvimos de Jesus essa promessa: estará conosco todos os dias. Assim Lutero também entendia. Nos momentos de angustia e sofrimento, Martim Lutero escrevia em sua mesa “sou batizado”. Isso nos lembra que o Batismo não é uma ação que marca o nosso passado simplesmente, mas toda a nossa vida. O batismo não é um ponto de chegada, o coroamento de uma trajetória de êxitos, conquistas ou avanços. Ao contrário, é um ponto de partida, um presente que vai sendo desdobrado e vivenciado, na tensão do já e ainda não, da existência simultaneamente justa e pecadora, numa vida de fé que se empenha e anseia pela realização definitiva do Reino de Deus. Por isso todos os dias somos chamados e chamadas a viver o nosso batismo com alegria e dizer, sou batizado e não simplesmente “Fui batizado”. Todo dia temos a tarefa de afogar o velho Adão e renascer para uma nova vida. Afogar o pecado e renascer justificado em Cristo.

Em Atos 8. 14-17 os discípulos estão em Samaria e oram para que os batizados daquela cidade recebam também o Espírito Santo. Essa ação de Deus em nossos dias acontece na liturgia do Batismo no ato batismal. Recebemos o Espírito Santo e com ele recebemos os dons. Sim, os dons que temos, aquilo que sabemos fazer melhor e que nos alegra é presente de Deus através do Espírito Santo. Cabe a cada um e a cada uma de nós, descobrir ao longo da vida os dons que recebeu de Deus e coloca-los a serviço dele e do seu Reino. Quais são os dons que Deus concedeu a você? Você já descobriu? Se a resposta for não vale um conselho. Ore, esteja em contato com Deus, sua palavra e com os irmãos e irmãs na comunidade. Certamente você descobrirá. Se a sua resposta foi sim eu pergunto: Você está colocando esse dom a serviço do Reino de Deus? Olhe em sua volta e verá que Deus tem um chamado pra você a partir daquilo e Ele mesmo concedeu. Deus cuida de ti, Deus te chama de filho amado, filha amada, Deus concede dons preciosos, Deus te chama para servir. O Batismo é graça, é presente, é compromisso com o serviço de Deus no mundo. Amém!

HINO
320 – LCI – Senhor se tu me chamas

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta a pregação da palavra de Deus, confessemos a nossa fé com as palavras do credo apostólico,

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
64 – LCI – Te agradeço

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Deus de amor! Nosso coração se alegra por ouvir novamente a tua palavra. Nosso coração se alegra porque através das ofertas destinadas para ................................. podemos contribuir para tua missão e para a promoção do teu reino aqui na Terra. Graças pelos aniversariantes e por cada motivo de gratidão expressado neste culto.
Obrigado por tua palavra que nos desafia a ouvirmos a tua voz em meio a tantas vozes que querem nos iludir. Obrigado porque podermos ter a certeza de que somos teus filhos e filhas e que tu estás conosco todos os dias de nossas vidas, sendo amparo, refúgio e proteção.
Intercedemos por nossa Igreja, por teus ministros e ministras e por tuas lideranças. Permita que tenham um ouvido aberto e atento para a tua palavra. Dessa forma, poderão proclamar a tua palavra e realizar a tua vontade junto as pessoas que necessitam dela.
Intercedemos pelas autoridades de nossa nação. Principalmente aquelas que iniciaram os seus mandatos nesse ano de 2019. Dá que possam ouvir a tua voz e possam governar e legislar com justiça e ética, sem interesses pessoais e visando o bem comum. Dá a elas também a sabedoria que vem do alto para discernir entre o que é bom e mau.
Intercedemos por todas as pessoas que sofrem por doença e pelas famílias enlutadas. Lembramos de cada pedido de oração feito nesse dia........................................................................................................ e entregamos tudo em tuas mãos quando oramos conforme teu Filho Jesus Cristo nos ensinou:

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe e te guarde. Que ele faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Assim te abençoe o Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

ENVIO
Vamos na paz do Senhor e sirvamos a ele com alegria.

CANTO FINAL
629 – LCI – Dia a dia.


Autor(a): Pastor André Luiz Belard
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Epifania
Perfil do Domingo: 1º Domingo após Epifania
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 15 / Versículo Final: 22
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 50505
REDE DE RECURSOS
+
Em todo o universo, não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor.
Romanos 8.39
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br