João 1.1-14 - Dia de Natal - 25/12/2018

29/10/2018

25/12/2018 – Dia de Natal
Pregação: João 1.1-14; Leituras: Is 62.6-12; Tt 3.4-7
P. Gustavo Griggio – Paróquia de Matupá - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
O profeta Isaías diz: Um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz (Is 9.6). Com estas palavras somos acolhidos neste culto de Natal. Queremos também desejar as boas vindas às pessoas que hoje nos visitam.

CANTO DE ENTRADA
Nº 311 – HPD 2 – Quando completou-se o tempo

SAUDAÇÃO
Estamos reunidos aqui em nome do Trino Deus, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 350 – HPD 2 – Que a graça do Senhor Jesus

CONFISSÃO DE PECADOS
Senhor nosso Deus. Reconhecemos que inúmeras vezes falhamos em ações e pensamentos. Nos esquecemos de ter comunhão contigo. Somos filhos e filhas desobedientes. Tu nos chamas a sermos luz para o mundo e ao invés disso, acabamos não olhando as pessoas ao nosso redor que precisam da nossa ajuda. Somos egoístas. Clamamos por justiça no mundo em que vivemos, pedimos pela tua justiça, mas, em vários momentos nós temos práticas injustas em relação ao nosso próximo. Perdoa-nos quando não zelamos pela maravilhosa criação que Tu deixaste a nós para que a cuidássemos. Perdoa-nos quando somos arrogantes. Ouve ó Deus a nossa confissão e te pedimos, perdoa-nos e nos ajude a não cometermos os mesmos erros. É em nome do Teu Filho Jesus Cristo que nós oramos. Amém.
ANÚNCIO DO PERDÃO
A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza (2Co 12.9). Em meio a nossa fragilidade percebemos o quão dependente somos de Deus e diante do sincero arrependimento dos pecados, experimentamos o perdão de Deus. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém.

KYRIE
Enquanto pessoas cristãs, somos chamados a olhar para o mundo em que vivemos. Há sofrimento por todos os lados. Tantas pessoas sofrem injustiças e opressões. Por todas as pessoas que sofrem neste mundo, seja qual for o seu sofrimento, intercedemos cantando Pelas dores deste mundo, ó Senhor.

GLÓRIA IN EXCELSIS
“Os pastores voltaram para os campos, cantando hinos de louvor a Deus pelo que tinham ouvido e visto. E tudo tinha acontecido como o anjo havia falado” (Lc 2.20). Assim como os pastores fizeram naquela noite, também nós somos chamados a louvar a Deus por essa maravilhosa notícia do nascimento de Jesus que veio para trazer salvação a todos/as nós. Cantemos Surgem anjos proclamando.
HINO
Nº 20 – HPD 1 – Surgem anjos proclamando

ORAÇÃO DO DIA
Senhor nosso Deus. Te agradecemos pelo dia de hoje. Dia tão especial onde lembramos o nascimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Obrigado por nos resgatar das trevas para a tua maravilhosa luz. Te agradecemos pelo teu amor para conosco. Te pedimos que as palavras que vamos ouvir hoje possam ficar gravadas em nosso coração, mas que ela também esteja em nossa boca todos os dias da nossa vida para que possamos anunciar a tua salvação. Oramos em nome do teu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Is 2.6-12

2ª Leitura Bíblica: Tt 3.4-7

3ª Leitura Bíblica: Salmo 98

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 415 – HPD 2 – Palavra não foi feita para dividir ninguém

PREGAÇÃO
Joao 1.1-14
Palavras. Como elas tem uma importância enorme na vida dos seres humanos. Através delas conseguimos comunicar aquilo que queremos bem como entender o que o outro está a nos dizer. Começamos ainda quando crianças emitindo pequenos sons que aos poucos vão se transformando em palavras, ainda que por vezes, incompreensíveis. Na medida que vamos nos desenvolvendo, uma série de novas palavras são acrescentadas ao nosso vocabulário facilitando a nossa comunicação com as outras pessoas e com o mundo ao nosso redor.
A palavra é tão importante que até pouco tempo atrás, bastava somente ela e estava firmado um acordo entre duas partes. Não era necessário envolver cartório de registros, brigas judiciais por 50cm de terra ou menos ainda. Uma pessoa honesta era vista como alguém de palavra.
Diga a alguém que está se sentindo solitário palavras de amor e logo irá perceber um sorriso em seu rosto. Elogie alguém pelo seu trabalho bem feito e isso pode se tornar um combustível para que esta pessoa continue a desempenhar o seu papel com excelência. Palavras de ânimo para alguém desesperançado pode fazer com que esta pessoa venha a enxergar novos horizontes. Palavras de encorajamento nos motivam a dar passos, que as vezes, pensávamos não sermos capazes de o fazer.
Palavras que geram movimento, palavras que alegram, palavras que consolam, palavras que promovem a paz, palavras repletas de esperança, palavras que perdoam, palavras que demonstram amor, palavras que... Poderíamos encerrar por aí e tudo estaria perfeito.
Pena que o mundo em que vivemos não é feito apenas de boas palavras. Da mesma boca pode sair as mais belas palavras em um momento, e no instante seguinte, proferir palavras destrutivas. Com certeza todos/as nós sabemos o quão difícil é pronunciar apenas palavras que edificam. Talvez podemos começar analisando a forma como tratamos as pessoas da nossa casa frente a uma discussão. Tenho certeza de que nem sempre as palavras pronunciadas são as mais belas e sábias.
Certo dia, estava conduzindo o veículo enquanto ouvia um programa de rádio. Estava tocando a música “Palavra Errada” da artista Paula Fernandes. A letra dizia o seguinte: “Palavras que destroem nossos sentimentos. Palavras duras ditas no pior momento. Palavras impensadas sujam a nossa boca. Palavras doem mais que tiro à queima-roupa. Palavras que nem sempre dizem a verdade. Palavras soltas vagam pela eternidade. Palavras lindas curam mágoas e feridas. Palavras foram feitas para contar a vida. Se nem um de nós puder ceder, uma palavra errada bota tudo a perder. Melhor então, é se calar, porque palavra errada sempre vem para machucar” ...
Esta música me fez refletir sobre o cuidado que devemos ter com as palavras. De fato, aquilo que sai da nossa boca ou ainda aquilo que expressamos através da nossa escrita em conversas de WhatsApp ou ainda Facebook tem um poder gigantesco. Expressam aquilo que sentimos ou como nos posicionamos frente as situações que nos exigem respostas. Elas podem ser tanto edificantes e transformadoras como destrutivas conforme a música: “uma palavra errada bota tudo a perder”.
Hoje vivemos num período onde temos uma inflação de palavras. Palavras nos noticiários, palavras nas rádios, palavras nos outdoors, palavras em carros de som... Durante o nosso dia somos bombardeados por inúmeras palavras. Algumas delas são boas, outras nem tanto, mas há aquelas que deveriam inclusive serem extintas do nosso vocabulário. Parece que as boas são facilmente esquecidas enquanto as ruins, ficam gravadas em nós, gerando em nosso interior, muitas vezes, alteração de humor e abalo dos nossos sentimentos. Em alguns momentos acabamos nos questionando onde ficaram as palavras melhores? Palavras de amor? Palavras de esperança? Palavra de Deus?
Palavras que são utilizadas para destruir e machucar o outro que pensa diferente de mim. Usadas para enganar, para tirar vantagem em determinadas situações como muito se vê em épocas eleitorais, mas não só. Palavras de ódio, palavras de incentivo a guerra, palavras violentas. Palavrões ensinados as crianças e ostentado como um troféu pelos familiares. Onde vamos parar diante de tais situações?
No meio deste caos em que vivemos, Deus cumpre a sua promessa e assim, a PALAVRA se fez carne. PALAVRA que já existia desde a criação do mundo. PALAVRA criadora. PALAVRA que traz a vida. PALAVRA rejeitada pelos seus, mas que torna filhos e filhas de Deus a todos/as que nEle creem. PALAVRA que se tornou um de nós. PALAVRA de amor. PALAVRA de verdade. PALAVRA de graça. PALAVRA que vem trazer esperança para todas as pessoas.
PALAVRA que não deve ser mantida em segredo, muito menos esquecida. PALAVRA que deve ser anunciada como a melhor e maior notícia de todos os tempos. Deus se fez “gente como a gente” oferecendo salvação a toda humanidade. Palavra de esperança em meio ao desespero, de amor em meio ao ódio, de paz em meio a guerra. Esse é o nosso Deus, Deus conosco.
As mais belas palavras foram ditas pelos anjos naquela noite de Natal aos pastores: “Hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor”. Que estas palavras maravilhosas continuem a ser anunciadas por nós neste mundo que tanto carece de palavras melhores. Que Deus nos abençoe e nos ajude nesta missão de sermos transmissores desta boa nova de salvação, Amém.

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta ao Evangelho lido e pregado, queremos confessar juntos a nossa fé com as Palavras do Credo Apostólico: Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 312 – HPD 2 – Natal é vida que nasce

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe e te guarde, que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti, que o senhor levante o seu rosto sobre ti, e te dê a paz. Amém.

ENVIO
Ide na paz do Senhor e servi ao Senhor com alegria! Um abençoado Natal a todos/as nós!

CANTO FINAL
Nº 13 – HPD 1 – Noite Feliz


Autor(a): Pastor Gustavo Griggio
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 49704
REDE DE RECURSOS
+
A Comunidade cristã deve ser reconhecida, sem sombra de dúvida, na pregação do Evangelho puro
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br