Isaías 50.4-9a - 17º Sétimo Domingo após Pentecostes - 16/09/2018

Caderno de Cultos 2018

16/09/2018

16/09/2018 - 17º Sétimo Domingo após Pentecostes
Pregação: Isaías 50.4-9a; Leituras: Tiago 3.1-12; Marcos 8.27-38
Ivo Schoenherr – Cuiabá - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Hoje é um dia muito especial. É dia de encontro com Deus e com os irmãos e irmãs de caminhada. É dia de confissão, de perdão, de oração, de canto e para ouvir a Palavra de Deus. Acolhemos todos vocês com o lema do domingo: “Porque tudo o que está nas Escrituras foi escrito para nos ensinar, a fim de que tenhamos esperança por meio da paciência e da coragem que as Escrituras nos dão”. Romanos 15.4.
Sejam todos bem-vindos e bem-vindas.

Há visitantes entre nós? (Fazer a apresentação dos mesmos). Sejam bem-vindos e bem-vindas.

CANTO DE ENTRADA
Nº 6 – Livro de Canto da IECLB – Aqui você tem lugar

SAUDAÇÃO
Celebramos este culto em nome de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 3 – Livro de Canto da IECLB – Trino

CONFISSÃO DE PECADOS
Motivação: Pecados atrapalham a nossa vida, pois dificultam relacionamentos e criam sentimento de culpa. O perdão de Deus nos liberta de pecado e culpa. O perdão de Deus restabelece as relações interrompidas e cria ambientes de paz e bem-estar. Deus permite e se alegra quando chegamos diante dele com sinceridade e com humildade. Por isso, confessemos agora os nossos pecados com sinceridade e com humildade e arrependidos peçamos o perdão de Deus na certeza que vamos receber o mesmo.

Confissão pessoal silenciosa: Deixamos um momento para uma confissão pessoal e silenciosa.

Confissão comunitária: Amado e misericordioso Deus. Nós reconhecemos que muitas vezes falamos palavras que machucam as outras pessoas, palavras que ofendem e desanimam. Muitas vezes nossas palavras são manifestações de ódio, discriminação, exclusão. Isso acontece porque não dedicamos tempo para ouvir a tua vontade para a nossa vida. Isso acontece porque muitas vezes nós interpretamos a tua vontade expressa através de tua palavra como nos convém. Somos servos desobedientes. Perdoa, Senhor, a nossa desobediência e falta de amor. Concede-nos o teu perdão e um novo início para a nossa vida. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Assim nos responde o Senhor Deus: “Pois eu perdoarei os seus pecados e nunca mais lembrarei das suas maldades. Eu, o SENHOR, estou falando”. (Jeremias 31.34). Assim nos prometeu Deus e assim cremos. Por isso, anunciamos a todos vocês que confessaram os seus pecados com sinceridade e com humildade o perdão dos mesmos em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE

Motivação: Há muito sofrimento causado por palavras agressivas e maldosas. Há muito sofrimento causado por mentiras e fofocas. Ações e palavras ditas por interesses egoístas causam muito sofrimento a muitas pessoas. Atitudes políticas, econômicas, religiosas causam sofrimento. Deus não deseja isso. Deus deseja um relacionamento de amor e respeito. Por isso, podemos pedir o seu socorro para ajudar a todos aqueles que sofrem e ajudar a mudar as pessoas causadoras de sofrimento. Pedimos em oração cantando:

Oração de clamor cantada: Nº 56 – Livro de Canto da IECLB – Pelas dores deste mundo.
Pelas dores deste mundo, ó Senhor, imploramos piedade. A um só tempo geme a criação. Teus ouvidos se inclinem ao clamor desta gente oprimida. Apressa-te com tua salvação. A tua paz bendita e irmanada co’a justiça. Abrace o mundo inteiro. Tem compaixão. O teu poder sustente o testemunho do teu povo. Teu reino venha a nós. Kyrie eleison!

GLÓRIA IN EXCELSIS
Motivação: Deus concede e proteja a nossa vida. Deus perdoa e permite um novo início. Deus ouve os nossos clamores e vem nos socorrer nos momentos difíceis e de sofrimento. Deus nos salvou em Cristo Jesus. Por isso, glorificamos a Deus, cantando glorificado.
Oração de glorificação cantada: Nº 183 – Livro de Canto da IECLB – Glorificado.

ORAÇÃO DO DIA
Oremos! Deus do Amor e da Vida. Abre os nossos ouvidos para compreendermos e aceitarmos a tua palavra. Abra a nossa boca para falarmos sempre palavras boas que promovem a vida digna, a justiça e a paz. Anima-nos através da tua palavra para um agir cuidador e amoroso e confiantes no teu amor mesmo em meio as tribulações. Por Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS

1ª Leitura Bíblica: Isaías 50.4-9ª
Canto: Nº 148 – Livro de Canto da IECLB – Felizes os que ouvem.

2ª Leitura Bíblica: Tiago 3.1-12
Canto: Nº 148 – Livro de Canto da IECLB – Felizes os que ouvem.

Canto: Aleluia
3ª Leitura Bíblica: Marcos8.27-28

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 165 – Livro de canto da IECLB – Estou pronto, Senhor

PREGAÇÃO

Queridos irmãos e irmãs em Cristo.

Hoje queremos convidar todos vocês para olhar para o seu dia a dia. Vamos fazer uma avaliação daquilo que nós falamos durante o dia para as pessoas que estão conosco em casa, no trabalho e na escola e também para as pessoas com as quais cruzamos o caminho no dia a dia. Que palavras nós falamos aos outros? São palavras que cobram, colocam para baixo, que desanimam? São palavras que exalam ódio, raiva, julgamento e condenação? Ou são palavras que motivam, levantam o astral, que animam? São palavras que exalam amor, carinho, compreensão e valorização? Também podemos nos perguntar que palavras nós escrevemos no whatsapp, no facebook ou outras redes sociais? O que nós comunicamos através da nossa fala e escrita aos outros no dia a dia da nossa vida?

O profeta Isaías escreveu em seu livro no capítulo 50.4: “O Senhor Deus me deu língua de eruditos, para que eu saiba dizer boa palavra ao cansado”. O texto de Isaías 50.4-9a faz parte de um texto que fala da tarefa do servo de Deus. Segundo esse texto a tarefa do servo de Deus consiste exatamente nisto: dizer boa palavra ao cansado. Mas, ainda segundo o mesmo texto, para que isso aconteça é necessário ouvir como erudito. O que significa isso? Em primeiro lugar, eu diria, ouvir a voz de Deus que vem através de sua palavra e através do falar com Ele na oração. E mais ainda estar disposto a assumir as consequências deste ouvir a Deus e dizer palavra boa ao cansado que pode significar sofrimento e humilhação. E ao mesmo tempo confiar na ajuda de Deus e na sua justificação.

O profeta Isaías quando falou dessa tarefa do servo sofredor e obediente pensou nele mesmo e no povo de Deus, o povo de Israel. Mas os primeiros cristãos viram que esta tarefa se realizou em Jesus Cristo. Ele foi o servo sofredor e obediente na missão que recebeu de Deus. Pois Jesus Cristo trouxe palavra boa, palavra de amor, vida e salvação. Não só trouxe esta palavra boa, mas agiu assim. Jesus foi palavra de amor e vida encarnada. Mais que isso, ele assumiu todo o sofrimento e morte na cruz por todos. Ele trouxe palavra boa e sofreu em obediência por ela.

Meus amigos e minhas amigas. Essa palavra boa vale para cada um de nós. Deus nos ama. Ele quer que todos sejamos salvos e tenhamos vida digna. Ele nos perdoa. Concede um novo início todos os dias. Ele nos justifica em Jesus Cristo. Nós somos os alvos desta palavra boa de Deus. Vocês já perceberam isto?

Pois bem, qual será a nossa reação diante desta boa palavra de Deus? Só pode ser uma: gratidão. E como podemos ser gratos? Imitando a Cristo, amando assim como ele nos ama, perdoando assim como ele nos perdoa, curando assim como ele nos cura, acolhendo assim como ele nos acolhe, dizendo palavras boas a todas as pessoas com as quais cruzamos o caminho, assim como ele o faz, tendo um coração aberto aos miseráveis (sendo misericordiosos) assim como ele teve e ainda tem um coração aberto para nós miseráveis. Será que nós estamos imitando a Cristo nas palavras que nós falamos as pessoas com as quais cruzamos o caminho, ou para as quais escrevemos no whatsapp, no instagram ou facebook? Percebo que muitas vezes nós mesmos ainda destilamos ódio, desconfiança, desrespeito quando falamos aos outros ou nos manifestamos nas redes sociais. Mas este é o desafio que nos cabe como servos de Deus obedientes: dizer palavra boa a todos no dia a dia também nas redes sociais das quais participamos.

Dizer palavra boa é tarefa de todos, mas com certeza pessoas que trabalham nos meios de comunicação tem um compromisso mais amplo, pois atingem mais pessoas. Infelizmente não são palavras boas que nós ouvimos nos meios de comunicação. Também igrejas tem um alcance maior com suas palavras. O que estamos anunciando? São boas palavras? Fica aqui desafio para todos nós que temos um espaço com alcance maior para dizer palavras boas.

O texto desafia para dizer palavra boa ao cansado. Penso que devemos dizer palavra boa para todos, para aqueles que amamos, que estão perto de nós, mas também para aqueles que pensam diferente do que nós pensamos, que creem diferente do que nós cremos. Mas ainda penso que devemos falar palavras boas principalmente aos mais cansados, aos mais pobres, mais excluídos, aos que não tem muita voz nem vez. Como podemos perceber quem são os mais cansados e que palavra boa lhes dizer?

E aí vem um outro ponto muito importante do servo de Deus obediente e sofredor: ouvir. Em primeiro lugar ouvir a Deus todas as manhãs. Como? Através de um momento de leitura e reflexão na sua palavra e um momento de oração. Ouvir sem ser rebelde e retraído, isto é, ser obediente a Deus e fazer aquilo que Ele nos pede e não o que nós desejamos fazer. Mas também ouvir as pessoas que estão ao nosso lado, ver como elas se sentem, quais suas verdadeiras necessidades e preocupações. Mas não só ao nosso lado, mas também distantes de nós, mas sofridas e excluídas pela sociedade. Enfim abrir os nossos ouvidos antes de falar: abrir os ouvidos para Deus e para o próximo.

Tarefa difícil? Sim. Podemos sofrer por isso assim como Cristo sofreu. Mas também sentiremos a alegria que traz a missão de Deus. E temos a promessa Deus. Ele nos ajuda assim como ajudou Jesus a enfrentar as dificuldades decorrentes de sua missão. Só Ele nos justifica e salva. Por isso, confiantes nele e no seu amor vamos obedientes falar palavras boas para todas as pessoas. Amém.


HINO
Nº 609 – Livro de canto da IECLB – Palavra não foi feita

CONFISSÃO DE FÉ
Motivação para Confissão de fé: Nós cremos no Deus de amor. Cremos no seu poder criador e cuidador, no seu poder redentor e salvador, no seu poder santificador. Por isso, confessemos a todas as pessoas que nós cremos nele. Façamos isso, hoje, cantando:

Nº 192 – Livro de Canto da IECLB – Creio, Senhor.

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 217 – Livro de canto da IECLB – Te ofertamos os nossos dons.


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Amado e bondoso Deus. Nós te agradecemos pela boa Palavra de Salvação e Vida que nos fizeste ouvir mais uma vez. Agradecemos que nos acolhes como teus servos na tua missão e cuidas de nós com muito amor.

Amado e bondoso Deus. Nós te pedimos; cuida de cada um de nós. Ajuda-nos a ouvir a tua voz e tua vontade através da tua palavra. Ajuda-nos a ouvir também as pessoas que convivem conosco. Ajuda-nos a ouvir os cansados e sobrecarregados. Ajuda-nos a ouvir com amor e carinho no espírito de acolhimento e inclusão.

Amado e bondoso Deus. Nós te pedimos pela nossa cidade, pelo nosso estado e pelo nosso país. Que haja mais compreensão e diálogo entre os cidadãos e sobretudo um desejo de construir uma pátria para todas as pessoas com acesso a saúde, educação e vida digna para todos.

Amado e bondoso. Nós te pedimos pela nossa comunidade, pela nossa igreja e todas as suas lideranças. Que saibamos espalhar a tua boa Palavra através do nosso falar, escrever e agir. Que estejamos com os ouvidos abertos também para as pessoas que são diferentes religiosamente, culturalmente, racialmente e etnicamente e saibamos nos aceitar mutuamente.


PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Sacerdotal

ENVIO
Vão na paz e no amor de Deus. Levem sempre palavras boas para todas as pessoas com as quais vocês cruzarem o seu caminho.

CANTO FINAL
Nº 287 – Livro de Canto da IECLB – Cuida bem Senhor.
 


Autor(a): Pastor Ivo Schoenherr
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 17º Domingo após Pentecostes
Testamento: Antigo / Livro: Isaías / Capitulo: 50 / Versículo Inicial: 4 / Versículo Final: 9
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2018
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 47857
REDE DE RECURSOS
+
Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa.
2Coríntios 5.17
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br