Isaías 40.1-11 - 2º Domingo de Advento - 10/12/2017

10/07/2017

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
O profeta Isaías diz: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas. E toda a humanidade verá a salvação de Deus. Lucas 3.4,6
Com as Palavras bíblicas do Lema da Semana iniciamos o segundo domingo do tempo de Advento. Sejam todos/as bem vindos/as! A Palavra, lembrada por João Batista no Evangelho, nos convida à reflexão e ao preparo de nossas vidas para recebermos aquele que veio e que virá novamente, Jesus Cristo! (Convite para acender a 2º vela da coroa de Advento se assim não fora anteriormente).

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
Nº 07 – HPD 1 – Cantai, ó piedosos

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Reunidos/as estamos em nome e na presença do Trino Deus: Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 349 – HPD 2 – Louvemos todos juntos o nome do Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Santo e misericordioso Deus, quão maravilhoso é poder estar na tua presença, na comunhão do teu povo. Mas, também aqui queremos reconhecer, e isto o fazemos em humildade de espírito e coração, que nós pecamos contra ti, pecamos contra a tua Palavra, pecamos contra a nossa própria vida, pecamos em relação ao nosso próximo. Nossas palavras, nossos gestos, nossos pensamentos são pecaminosos, julgadores e muitas vezes não levam em consideração a tua vontade que é justa. Deus de amor, neste tempo de Advento, onde queremos nos preparar para a vinda de teu Filho, reconhecemos o quão falha e pequena é a nossa fé, não somos merecedores do teu amor, mas por Cristo é que agora pedimos: tem piedade de todos nós! Purifica-nos de toda a maldade e olha para nós com compaixão e ternura. Concede-nos a certeza do teu perdão e da possibilidade de trilharmos um novo caminho, uma nova vida, transformados pelo agir do teu Espírito. Assim oramos e confessamos. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
A todos/as que de forma sincera reconhecem os seus pecados e deles se arrependem, é anunciado a palavra da graça: Falem carinhosamente aos moradores de Jerusalém e digam-lhes que já terminou a sua escravidão e que seus pecados foram perdoados (Isaías 40.2). Quem crer nisto, que assim seja. Amém.

KYRIE
Somos agraciados/as por Deus com o seu perdão. No entanto, este mundo continua experimentando o poder da corrupção, da morte, das injustiças, da violência... Por isso, não podemos nos calar diante do sofrimento. Queremos levar tudo isto na presença de Deus quando cantamos:
Pelas dores deste mundo...

GLÓRIA IN EXCELSIS
Em Jesus Cristo, Deus perdoa os nossos pecados, ouve o nosso clamor e vem ao nosso encontro. Isto é motivo de alegria e esperança. Por isto nós podemos cantar:
Nº 346 – HPD 2 – Glória, glória, glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós.

Ou: Nº ____________________________________________________


ORAÇÃO DO DIA
Senhor, faze com que confiemos em tua presença junto a nós. Assim como guiaste o teu povo no passado guia-nos neste momento. Revela a nós a tua santa e eterna vontade. Dá-nos ouvidos atentos e muita disposição para te servirmos a partir de nossos dons. Ilumina a nossa compreensão para que a Tua Palavra não volte vazia, mas que encontre em nós espaço. Isto nós te pedimos por Jesus Cristo, teu Filho amado, Ele que contigo e o Espírito Santo vive e reina por toda a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: 2 Pedro 3.8-15a

Aclamação do Evangelho: Lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho é a tua Palavra. Aclamemos a Palavra do Evangelho: Aleluia!

2ª Leitura Bíblica: Marcos 1.1-8

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 05 – HPD 1 – Erguei os arcos triunfais

PREGAÇÃO
Que a graça e a paz de Deus, o nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com todos vocês! Amém.
Estimada comunidade, irmãos e irmãs em Cristo Jesus.
Convidar para a leitura bíblica de Isaías 40.1-11
O texto do profeta Isaías que ouvimos faz parte de uma nova sequência de mensagens neste livro, o capítulo 40 dá início a esta sequência que tem como fundamento a palavra de consolo e esperança ao povo de Israel. Povo que vivia na escravidão, exilados na Babilônia.
Este consolo anunciado pelo profeta era alicerçado na misericórdia de Deus e no arrependimento de todos os pecados e transgressões do povo. É uma ordem dupla “consolem, consolem o meu povo”. A repetição é um recurso literário da literatura hebraica dando ênfase e indicando a intensidade do desejo de Deus de que a sua mensagem de consolo fosse transmitida.
Estamos em uma época de muitos afazeres, atividades para serem concluídas, preparativos para os festejos do final de ano, as luzes e as mais variadas cores acenam uma nova época, os presentes nas vitrines enchem os olhos. Até parece que a vida se torna diferente, os problemas costumeiros não incomodam mais. No entanto, infelizmente, tudo isto, para muitas pessoas se torna um consolo, um consolo barato e vazio. Tudo volta ao “normal” quando os festejos terminam, assim que as luzes do pinheiro se apagam, lá estão, os mesmos problemas, a mesma vida de dificuldades, as mesmas dores as mesmas preocupações.
Este é um tempo muito oportuno para falarmos de consolo, consolo verdadeiro e eterno. Mas, para que isto aconteça é necessário também falarmos sobre os nossos pecados, os muitos pecados que causam sofrimento e dor, injustiças e desigualdades que geram desavenças e ódio. É necessário reconhecer e enfrentar a realidade do pecado em nossas vidas. No entanto, esta reconhecimento de que somos pecadores/as parece não combinar com tantas luzes e presentes bonitos. Talvez seja mais fácil se esconder atrás de tudo isso. Mas, reconhecer a nossa condição perante Deus é também o caminho para podermos receber a verdadeira palavra de consolo: falem carinhosamente aos moradores de Jerusalém e digam-lhes que já terminou a sua escravidão e que os seus pecados foram perdoados.
Somente assim seremos um caminho, uma estrada reta para o Senhor passar. Costumamos cantar, afirmando que Advento é tempo de preparação. A preparação de nossas vidas. Isto significa repensar a forma como vivemos, como pensamos, como agimos uns com os outros, como nos relacionamos com deus, e fazer isto a partir da palavra de Deus, sua palavra que dura para sempre, palavra de juízo e graça. O juízo que nos lembra da nossa condição de pecadores e, por consequência, também da nossa condição material: Anuncie que todos os seres humanos são como a erva do campo e toda a força deles é como uma flor do mato. A erva seca, a flor cai.
Não é possível alguém se contentar com qualquer tipo de consolo, sejam filosofias ou bens matérias, sabendo desta realidade, sabendo que a vida é passageira. Se a mensagem terminasse por aqui certamente teríamos todos os motivos para o desespero. Mas não é assim, pelo contrário. A mensagem de Deus a todos nós, a sua Boa Nova ao mundo é que Ele está chegando. Esta mensagem precisa ser anunciada, com força e convicção: fale sem medo... e anuncie bem alto: o seu Deus está chegando! O Senhor Deus vem vindo cheio de força; com o seu braço poderoso, ele conseguiu a vitória. E ele traz consigo o povo que salvou. Como um pastor que cuida do seu rebanho, assim o Senhor cuidará do seu povo; ele ajuntará os carneirinhos, e os carregará no colo, e guiará com carinho as ovelhas que estão amamentando.
Não há palavra de consolo maior do que saber que tenho a possibilidade de ser liberto da escravidão do pecado, da morte, da escravidão dos ideais e padrões de vida que o mundo impõe. Não há consolo maior do que saber que o próprio Deus vem ao meu encontro. Como é consolador saber que esta não é mais uma promessa vazia, como tantas que ouvimos e fazemos. Esta é uma promessa realizada em Cristo: A boa notícia que fala a respeito de Jesus Cristo, Filho de Deus, começou a ser dada como o profeta Isaías tinha escrito... João Batista dizia ao povo: depois de mim vem alguém que é mais importante do eu. (Marcos 1.1-2;7).
Assim, Deus revela ao mundo o motivo pela qual é possível ser verdadeiramente consolado: Cristo Jesus, o Senhor! Aquele que veio e que virá novamente com força e poder, mas também aquele que tem revelando a sua ternura e cuidado com todo o rebanho, com todos nós, que tem nos carregado e amparado em seu colo todos os dias.
Crendo nisto, teremos sim, verdadeiros motivos para festejar, para comemorar, para presentear para celebrar o tempo de Advento e Natal.
Que Deus em sua graça e sabedoria nos abençoe e nos faça perceber os sinais da sua presença mesmo em meio a escuridão. Busquemos em sua palavra consolo e esperança. Vamos anunciar bem alto: O nosso Deus está chegando! Amém.

HINO
Nº 308 – HPD 2 – Advento é tempo de preparação

CONFISSÃO DE FÉ
A nossa esperança está firmada em Deus. Assim, unidos com toda a cristandade confessamos a fé no Trino Deus declarando:
Creio em Deus Pai, ...
CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 11 – HPD 2 – Rejubila, filha de Sião


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Querido e eterno Deus. Agradecemos pela oportunidade deste culto. Ilumina-nos com tua Palavra, para que fiéis ao teu chamado possamos te servir. Também pedimos que manifestes o teu consolo e paz aqueles/as que estão aflitos e angustiados. Assim, intercedemos, nosso Deus, pelos motivos, pessoas, situações que foram a pouco mencionados (relacionar os motivos de forma individual). E tudo mais confiamos aos teus cuidados quando oramos como o próprio Jesus nos ensinou:

PAI NOSSO

Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor vos abençoe e vos guarde. O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós e tenha misericórdia de vós. O Senhor sobre vós levante o seu rosto, e vos dê a paz.
Que assim vos abençoe o Trino Deus, o Pai, e o Filho e o Espírito Santo. Amém.

ENVIO
Ide em paz e servi ao Senhor com alegria e gratidão, confiantes em seu cuidado, anunciando a sua salvação.

CANTO FINAL
Nº 378 – HPD 2 – Abençoe-vos o Deus
 


Autor(a): P. Maicon Weber
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 43002
REDE DE RECURSOS
+
Um coração repleto de alegria vê tudo claro, mas, para um coração triste, tudo parece tenebroso.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br