Isaías 55.1-5 - 9º Domingo após Pentecostes - 06/08/2017

Caderno de Cultos 2017

06/08/2017

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Jesus diz: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada” (Jo 14.23).
Bom dia! Bem-vindos e bem-vindas ao culto! Jesus fala. Suas palavras são ditas amorosamente e falam de amor. Hoje, no culto, e em cada culto que participamos, Deus fala conosco de muitas maneiras: através de sua Palavra escrita na Bíblia, na pregação que aponta para Jesus, na comunhão com irmãos e irmãs, na Ceia. Deus não se cala. Até mesmo quando pensamos que Deus silenciou conosco, ainda ali Ele nos fala e está presente entre nós! Que bom podermos estar reunidos e reunidas em culto para o ouvirmos e nos deixarmos conduzir por seu amor.

Acolhemos carinhosamente as pessoas que estão nos visitando! Deus ama a vocês e a cada um de nós!

CANTO DE ENTRADA
176 - HPD – Deus teu amor é qual paisagem bela

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
É em nome de Deus, querido Pai amoroso, em nome de Jesus Cristo, que nos diz palavras de vida e em nome do Espírito Santo que nos auxilia a guardar estas Palavras de vida que nos reunimos aqui. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
350 - HPD – Que a graça do Senhor Jesus

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Vamos agora confessar os pecados ao Senhor, nosso Deus. É nosso tempo oportuno de refletir e examinar a nossa vida à luz da Palavra de Deus e confessar os pecados que pesam na consciência. Cada um de nós faça esse exame de consciência e em arrependimento faça sua oração individual. (Tempo de oração individual) – Confessamos-te Senhor, que nos deixamos seduzir pelas palavras e promessas inúteis que nos levam por caminhos tortuosos e nos afastam de ti. Outras vezes queremos pensar nosso futuro e não te colocamos nele. Pecamos com nossos pensamentos maus, pecamos com nossas ações faltosas, pecamos com nosso falar rápido demais e sem refletir. Falamos palavras que ofendem e magoam outras pessoas. Outras vezes deixamos de ensinar a tua verdade. Perdoa, Senhor, nosso pecado. Envia teu Santo Espírito e nos fortalece para viver vida nova, para ressurgir diariamente nova pessoa que viva em justiça e pureza diante de ti. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
“A misericórdia de Deus é muito grande, e o seu amor por nós é tanto, que, quando estávamos espiritualmente mortos por causa da nossa desobediência, ele nos trouxe para a vida que temos em união com Cristo. Pela graça de Deus vocês são salvos”. (Efésios 2. 4-5). Em Cristo, Deus nos perdoa e isso vos anuncio em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Libertos do pecado pelo perdão que Deus concede, não nos tornamos indiferentes diante do sofrimento. Muito antes nos comovemos e nos movemos para acalmar dores e mediar conflitos para haver justiça e paz. Em oração vamos suplicar misericórdia de Deus para todas as pessoas que vivem dias de sofrimento cantando: Pelas dores deste mundo.

GLÓRIA IN EXCELSIS
“O Senhor é bondoso com todos e cuida com carinho de todas as suas criaturas” (Sl 145. 9). Sim, carinhoso e bondoso é nosso Deus. A ele cantamos com alegria: Glória a Deus nas alturas!

ORAÇÃO DO DIA
Querido Deus, te damos graças por podermos estar aqui, reunidos e reunidas em culto. Buscamos em ti sentido e razão para vivermos. Somos teus Senhor. Concede teu Santo Espírito a nós: que somente Ele nos ensine e nos faça lembrar das palavras bíblicas que vamos agora ouvir. E Senhor, concede que lembrando de suas Palavras, façamos delas nossa orientação para nossas ações. Por Cristo Jesus, na unidade do Espírito Santo oramos a Ti. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Isaías 55. 1-5

2ª Leitura Bíblica: Romanos 9. 1-5

3ª Leitura Bíblica: Mateus 14.13-21

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
132 - HPD – Fonte da celeste vida

PREGAÇÃO
Estimada Comunidade!
Que o amor de Deus, a graça do nosso Senhor Jesus Cristo e a comunhão do Espírito Santo estejam entre nós. Amém.
1: O povo que ouviu antigamente estas palavras do Profeta
As palavras anunciadas pelo profeta são palavras de graça, de salvação, de ânimo ao povo de Israel, que neste tempo estava exilado, longe de casa. Tinha sido levado cativo à Babilônia. Muitos foram as dificuldades e os problemas enfrentados por este povo e o profeta transmite uma Palavra animadora, para que o povo novamente levantasse a cabeça e confiasse em seu Deus.
Estas palavras também questionam o jeito como o povo está vivendo. Porque estão gastando a vida, o suor, o dinheiro com aquilo que não sacia a fome (v.2)?
Antes, porém, o profeta convida seus ouvintes sedentos e famintos: “Venham, os que não têm dinheiro: comprem comida e comam! Venham e comprem leite e vinho, que tudo é de graça” (v.1). A comida é leite e vinho: o leite lembra a terra prometida, aquela que mana leite e mel! O vinho que alegra como afirma o Salmista. O Profeta também chama quem tem sede para saciar-se! Ter fome e padecer de sede traz grande sofrimento ao corpo e as forças se terminam. 
Este convite do profeta é bem diferente dos jargões de feiras livres que ouvimos hoje: “pode levar, freguês, é mamão o com açúcar”; “Moça bonita não paga, mas também não leva”; “Aqui é barato, o marido da barata”. Muita propaganda, mas no fim precisa pagar se quiser levar! O profeta anuncia que não precisa pagar para ter essa comida e essa bebida que ele está oferecendo. E tem outra coisa: essa comida sacia a pessoa.
A pessoa será saciada e terá vida se inclinar seus ouvidos a Deus e ouvi-lo!
O evangelho que ouvimos hoje conta-nos que crianças, mulheres e homens fartaram-se com os pães e peixes partilhados. Houve fartura de alimentos. E não foi preciso comprar, como os discípulos disseram a Jesus. O alimento que eles tinham foi distribuído ao povo. E todos comeram e ficaram satisfeitos, conta-nos Mateus.
Jesus compadeceu-se daquele povo faminto assim como o próprio Deus de Israel se compadeceu de seu povo exilado, às margens dos rios da Babilônia (Sl 137), que ali choravam sem esperanças, muitas vezes imaginando que Deus os tinha abandonado.
“Escutem-me e venham a mim, prestem atenção e terão vida nova. Eu farei uma aliança eterna com vocês” (v.3). Esta é uma promessa de vida! Deus chama o povo. Deus quer fazer uma aliança com o povo, uma aliança permanente, sem fim. Aquele povo, longe de sua terra natal, que saiu de seu lugar por que foi levado preso, pensou que Deus havia quebrado sua promessa de construir uma casa para Davi. Então as esperanças brotaram de novo quando Deus faz uma aliança com o próprio povo agora. E ela valerá para sempre.
Esta nova aliança se manifestará de um jeito totalmente novo: não mais a vitória sobre os inimigos, mas sim numa fraterna reunião de povos estrangeiros, que irão ao encontro do povo de Israel. Não existirá mais ódio, isso ficará para traz, assim como o rancor e a mágoa serão esquecidos. A aliança alcançará, através de Israel, todos os povos.
2: Ao povo de Deus que hoje ouve estas palavras do profeta
A única maneira de comprarmos sem dinheiro é fazer financiamento; mas ainda assim, precisa de pagar. Tem juros, fica uma dívida a ser paga. Nem na feira sai algum produto graça: quem não paga, não vai levar. Tudo tem o seu preço! Que vemos no comércio são promoções, ofertas, descontos.
O convite do profeta é muito diferente. Não o ouvimos por ai! É de graça! Não precisa pagar! Não há dinheiro que pague o que é essencial para a vida plena. Não há dinheiro que pague o que dá sentido à vida e nos torna pessoas felizes.
O que nós pensamos a respeito do sentido da vida e do que nos torna felizes? Para alguns pode ser ter bens materiais; para outros ter saúde; para outros ainda não ter desilusões; ou ainda estar sempre em euforia, viver sempre tempos de festa.
O profeta que hoje fala a este povo de Deus aqui reunido nos oferece uma mensagem: “Escutem-me e venham a mim, prestem atenção e terão vida nova. Eu farei uma aliança eterna com vocês” (v.3).
É preciso escutar e também vir a Deus. Deus nos alimenta com sua Palavra. Ela dá orientação para a vida. Ela dá sentido para a existência. É preciso ouvir e se deixar conduzir através da Palavra de Deus, então comeremos “do melhor alimento, terão comidas gostosas” (v.2b). Alimento este que nos é oferecido de graça pela graça da fé. Para saboreá-lo basta crer. Nós escutamos tantas coisas durante o dia, inclusive as propagandas nos ofertando inúmeras coisas, nos prometendo felicidade sem fim, vida boa. Isso que escutamos sacia fome e sede de vida? Vamos gastar nosso suor naquilo que não satisfaz?
Esta aliança eterna oferecida por Deus é gratuidade vida: vida com sentido, vida com esperança mesmo em tempos difíceis. A nos aproximarmos de Deus, de sua Palavra e de sua vontade recebemos força para viver. Em alegria podemos celebrar esta aliança de amor confirmada definitivamente pela cruz de Cristo. É salvação oferecida a todos. Jesus nos oferece o melhor alimento, de graça, a todas as pessoas: Ele mesmo é o pão do céu, é o caminho, a verdade e a vida. Ele também nos alimenta com sua presença em todos os momentos da vida. Assim, sabemos que nunca estamos sozinhos. Jesus é a Palavra de Deus feito pessoa. Palavra e Sacramento (Batismo e Santa Ceia) nos são dados para sentirmos a presença do Senhor em nosso meio e para experimentarmos o que é bom e termos vida.
3. Deus continua falando com seu povo ainda hoje
Temos um Deus que se preocupa conosco, que se volta para nós e fala conosco, que nos oferece vida de verdade, vida com sentido. Deus não quer que vidas sejam descartadas, jogadas fora, sem valor.
Deus deseja que nos acheguemos a ele que comamos o que é bom (v.2), o que nos fortalece para buscar vida com sentido e vida digna para todas as pessoas. Então, leia mais a Palavra de Deus, participe mais vezes dos cultos e da Santa Ceia. Lembre-se de que você é de Deus. Ore mais vezes. Use seus dons e talentos com os quais Deus lhe presenteou para ajudar outras pessoas. Abrace as pessoas que você ama. Cante e louve a Deus por seu cuidado e suas bênçãos.
“E que a paz do Senhor nos acompanhe e nos guarde e nos fortaleça para a vida”. Amém.

HINO
130 - HPD – Senhor, tu nos chamaste

CONFISSÃO DE FÉ
Aqui estamos porque cremos e confiamos em Deus. Vamos falar, com convicção e fé, que em Deus “vivemos, nos movemos e existimos” (At 17.28b). Façamos nossa confissão de fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
434 - HPD – Deus chama a gente pr’um momento novo

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Senhor, chegamos a ti em oração, confiantes de teu ouvir misericordioso para conosco. Agrademos-te pelo teu falar amoroso, pela nova Aliança que fazes conosco em Cristo Jesus, nosso Salvador. Também te agradecemos pelo verdadeiro alimento para a vida que é Jesus. Intercedemos pelas pessoas que estão sofrendo porque estão solitárias, doentes, desamparadas ou enlutadas. Inclina teus olhos e ouvidos para este povo sofrido e dá-lhes alivio e amparo necessários. Cuida destes teus amados e amadas dando-lhes ou devolvendo-lhes a certeza de que tu queres para todos e todas uma vida digna, justa e boa. Isso tudo te agradecemos e pedimos em nome de teu filho amado, Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, que nos ensinou a orar Pai Nosso...

Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.

ENVIO
Deus fala com bondade para nós e está sempre presente, pois é Deus fiel, justo e misericordioso. Nisto podemos confiar. Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria!

CANTO FINAL
118 - HPD – Deus vos guarde pelo seu poder


Autor(a): Pa. Vera Lucia Engelhardt
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 9º Domingo após Pentecostes
Testamento: Antigo / Livro: Isaías / Capitulo: 55 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 5
Título da publicação: Caderno de Cultos / Ano: 2017
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 42814
REDE DE RECURSOS
+
Ó Deus, meu libertador, tu tens sido a minha ajuda. Não me deixes, não me abandones.
Salmo 27.9
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br