Deus ouve o clamor do sofredor

Senhas diárias

28/05/2018

Deus é criador, por isso se comove com o sofrimento e a dor de sua criação, especialmente com o ser humano. O Senhor sempre tem um olhar especial sofre os que sofrem. Eles podem confiar no cuidado de Deus. Foi o caso do rei Ezequias. Ele estava muito doente e o profeta Isaías foi portador de uma boa notícia para ele. A boa notícia é que Deus ouviu o clamor e o sofrimento do rei e decidiu curá-lo, dando-lhe mais um tempo de vida. O Senhor agiu conforme sua misericórdia e trouxe alegria para a situação desesperadora. É muito importante, também, que o sofredor leve a Deus sua dor através da oração. Não significa que Deus não aja sem a oração, mas ele quer que se busque por ele de forma intencional, mostrando confiança e esperança na sua misericórdia. Ezequias orou e clamou, e foi atendido.
Na hora do desespero e de necessidade, Marta e Maria souberam a quem buscar: Jesus, o Senhor. Mandaram avisá-lo, pois sabiam que ele podia curar a Lázaro. Ele fez mais do que isso. Ele ressuscitou o amigo. O sentido da oração está posto também nesta passagem. As irmãs, como na oração, levaram, através de amigos, até o Senhor a sua súplica e a sua dor. Foram atendidas, mesmo que tivessem que passar pela dor da perda. A cura foi maior, pois o irmão voltou da morte. Nós também podemos continuar confiando no Senhor e levando diante dele nossas súplicas, nossas dores e nossas dificuldades. Ele ouve e vê o que se passa com a gente. E, do seu jeito e do seu querer, Ele atende nossa súplica na hora que entender conveniente e da maneira que melhor achar. Confiemos.


Autor(a): P. Luiz Carlos
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste / Paróquia: Rio Claro (SP)
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 47385
REDE DE RECURSOS
+
Portanto, estejam preparados. Usem a verdade como cinturão. Vistam-se com a couraça da justiça e calcem, como sapatos, a prontidão para anunciar a Boa Notícia de paz.
Filipenses 6.14-15
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br