Atos 2.14a, 22-32 - 2º Domingo da Páscoa - 23.04.2017

Caderno de Cultos 2017

23/04/2017

ACOLHIDA
Deus nos acolhe neste culto por meio dos braços do Seu Filho Jesus Cristo, que apesar da dor, da aflição e do sofrimento do calvário, não desanimou, ao contrário enfrentou e venceu a morte por nós. Neste tempo de Páscoa, Deus nos convida a restaurar a nossa fé e a nossa alegria na esperança deixada por Cristo na ressurreição. E por isso nos saúda com a palavra de João 20.29: “Você creu porque me viu? — disse Jesus. — Felizes são os que não viram, mas assim mesmo creram”. Este convite também é para cada um/a de nós! Ele vai adiante de nós e nos convida a crer que a vida é muito mais do que apenas os nossos olhos podem ver. Venha você também participar da alegria da ressurreição!

Queremos ainda receber com alegria todos/as que nos visitam. E dizer que o nosso desejo é que todos/as sintam o Amor do próprio Deus no meio de nós, e sempre tenham vontade de estar com a gente muitas vezes. Seja bem-vindo/a, pois Deus quer nos abençoar a todos. Por isso, queremos cantar...

CANTO DE ENTRADA
Nº 123 - HPD – O nosso encontro vai ser abençoado

Ou: Nº ____________________________________________________

LITURGIA DE ABERTURA
SAUDAÇÃO
Neste culto, queremos pedir a Deus para que coloque em nossos corações, a certeza no lugar da dúvida, a esperança no lugar do medo, que Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador venceu a morte também por cada um/a de nós. Por isso, nos reunimos neste tempo especial de Páscoa em nome de Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 473 - HPD – Jesus em Tua presença

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Senhor, nosso Deus, diante de ti nos colocamos para restaurar o nosso relacionamento contigo e com o meu próximo. Queremos confessar nossas faltas e reconhecer que assim como Tomé, nós também muitas vezes duvidamos do Teu agir nos dias de hoje. E nos tornamos mensageiros da falta de fé na esperança de vida eterna que Teu Filho Jesus Cristo nos deixou e assim nos desviamos do Teu caminho. Por isso, agora silenciosamente, cada um/a coloca a sua vida aos pés da Tua cruz para confessar as suas faltas, e reconhecer que precisamos de Ti (momento de silencio).

Pai querido, obrigado porque nos dás a chance de nos apresentar e nos reencontrar na Tua reconciliação. Tu conheces o nosso coração e sabe que não conseguimos expressar em palavras tudo o que nos leva para longe de Ti. Por isso, em tua misericórdia, te pedimos nos perdoa e ajuda-nos a restaurar nossa fé e a restaurar nossa alegria na esperança da ressurreição deixada por Jesus Cristo. Isto nós Te pedimos em nome do nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.


ANÚNCIO DO PERDÃO
Essa é a promessa de Deus. Que nossos pecados são perdoados por Deus em Seu Filho Jesus Cristo. Por isso, o próprio Senhor Jesus nos diz: “Não aflijam os seus corações. Creiam em Deus e creiam também em mim. Na casa do meu Pai há muitas moradas. Se não fosse assim, eu já lhes teria dito. Pois vou preparar um lugar para vocês” (João 14.1,2). Promessa que se cumpre a cada um/a que sinceramente confessa os seus pecados e coloca a sua fé no Senhor Jesus. E assim anuncio: se confessares teus pecados e se arrependeres, o Senhor também Te diz hoje: vai em paz, pois os teus pecados foram perdoados. Amém.

KYRIE
E da mesma maneira como Deus se reconcilia conosco, queremos nós também nos colocar diante de Deus e clamar pelas dores deste mundo. Por isso, queremos cantar:

1. Pelas dores deste mundo, ó Senhor, imploramos piedade. A um só tempo geme a criação.
2. Teus ouvidos se inclinem ao clamor desta gente oprimida. Apressa-te com tua salvação.
A tua paz, bendita e irmanada com a justiça. Abrace o mundo inteiro. Tem compaixão!
O teu poder sustente o testemunho do teu povo. Teu Reino venha a nós! Kyrie eleison!

GLÓRIA IN EXCELSIS
Queremos glorificar o trino Deus cantando:
Nº 320 - HPD – Espírito Santo de Deus

ORAÇÃO DO DIA
Senhor, nosso Deus, mais uma vez estamos diante de ti, para te pedir que venhas sobre nós com teu Espírito e a Tua Palavra, como vieste aos discípulos no passado. Para que a nossa fé na ressurreição nos anime e faça seguir a vida com esperança e fé renovada, na certeza de que também nós um dia, seremos ressuscitados para a vida eterna. Por isso te pedimos Senhor: derrama Teu Espírito sobre nós, abre nosso coração e nossos ouvidos para que estejamos prontos para ouvir Tua voz e sejamos transformados por meio da Tua palavra. Isso nós te pedimos em nome de Jesus Cristo. Amém!

LITURGIA DA PALAVRA
LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Salmo 16.1-11
2ª Leitura Bíblica: João 20.19-25
3ª Leitura Bíblica: Atos 2.14a, 22-32

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 379 - HPD – Estou pronto Senhor

PREGAÇÃO
Lembrando ainda do susto que Maria Madalena e a outra Maria tiveram no domingo de Páscoa, bem cedo, quando foram visitar o túmulo de Jesus. Dos muitos sinais, quero destacar dois: A surpresa e a espera! Qual seria a sua primeira reação ao ver o túmulo de seu familiar violado? Talvez como as mulheres: primeiro medo, e depois revolta. Pensaria talvez que ladrões não sabem respeitar o sofrimento dos que ainda sofrem com a partida de alguém querido. Ou talvez como Tomé, que reagiu com espanto diante da notícia de que Jesus tinha voltado da morte. A mistura de medo, espanto, descrença e surpresa das mulheres e também de Tomé fazem parte da reação das pessoas diante do inesperado ou de situações que não nos parecem reais. Pergunta: Que marcas, Jesus Cristo quer deixar em sua vida a partir do evento da Páscoa? Neste culto queremos falar sobre os sinais da ressurreição que Jesus Cristo quis deixar em nossas vidas.
Para os povos antigos, não existia ressurreição. Para egípcios, a vida aqui continuava no além. O rei continuava rei e os escravos a servi-lo no além. Gregos defendiam a transmigração da alma, como no espiritismo e no budismo, ou seja, você precisa nascer e morrer infinitas vezes até que você consiga com as próprias forças evoluir e se tornar um ser de luz. Na Bíblia, isto é impossível, pois ela diz que fomos feitos para nascer, viver e morrer, uma única vez neste mundo. Nas religiões que falamos, a salvação depende do esforço de cada um/a, e não de Deus. Na ressurreição de Jesus Cristo, Deus mostra que tudo depende dEle. A evolução humana no conhecimento da ciência e da medicina também está em busca da vida eterna pelas próprias mãos. O ser humano até consegue evoluir no conhecimento, mas na sua falta de fé em Deus, falha! Pois na sua essência continua corrompido pelo mal que habita em seu coração. Na essência, nada de novo e verdadeiro surge das mãos humanas. A 1ª lição do texto de Atos de hoje, mostra isso, que o resultado da falta de fé sempre é o mesmo. Ela nos leva a crucificar Cristo sempre de novo, como os israelitas. A dúvida nos leva a desprezar o que Cristo fez por nós na cruz.

A Bíblia é clara, o velho Adão e a velha Eva precisam morrer de uma vez por todas para serem julgados e salvos por Cristo na cruz, para que o novo ser humano surja pelas mãos de Deus. Um dos sinais da ressurreição: as nuvens, mostra isso. Jesus Cristo sobe aos céus e diz que voltará para trazer um Novo Céu e um Nova Terra. É a espera pelo verdadeiramente novo. Isso mostra que Jesus Cristo é o novo e foi além do que se esperava no Antigo Testamento. Para os judeus da Antiga Aliança, a morte ainda fazia parte do Plano de Deus. Mas Jesus Cristo risca a morte do mapa. Ele mostra que Deus é mais generoso do que esperamos. A vida eterna prometida por Deus ao ser humano em Gênesis está de volta.

Qual a 2ª lição de hoje, da ressurreição de Cristo? Que podemos como Pedro e os demais apóstolos, nos tornar mensageiros da grande surpresa que Deus quer nos fazer. Que vale a pena esperar por Deus e por algo realmente novo. E não viver do velho disfarçado de novo. Que tipo de mensageiro você é, quando fala com as pessoas? Você é mensageiro, da alegria, do abraço, da amizade e da esperança de Cristo. Ou suas palavras trazem descrença, tristeza e angústia para quem está com você? Pense nisso! Não deixe passar essa chance. Seja mensageiro de um abraço bem apertado, e diga: esse é o abraço que Deus te deu em Jesus Cristo quando venceu a morte por você na cruz. Faça como Davi, deixe a luz da ressurreição de Jesus Cristo entrar no seu coração. Diga não para a escuridão da morte na sua vida. Escolha a alegria e viva!

Não cabe a nós decidir quando nascer e quando morrer, mas cabe a nós decidir o que cada um/a fará com o tempo que recebeu das mãos de Deus: andar com Ele ou sem Ele. Lembre-se: Jesus Cristo foi adiante de nós para colocar um ponto final na história da morte. Não só da sua, mas de todos que amamos e já partiram com fé em Jesus Cristo e que esperamos rever um dia. Acredite! Só Jesus Cristo pode nos dar essa esperança. Abençoado tempo de Páscoa! Amém!

HINO
Nº 309 - HPD – Então se verá o Filho do Homem

CONFISSÃO DE FÉ
Queremos nos unir aos cristãos ao redor de toda a terra e de todos os tempos. Confessar a nossa fé em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que ressuscitou e veio nos reconciliar com todos, por meio do seu corpo e do seu sangue oferecido na cruz. Por isso, queremos confessar nossa fé em Cristo por meio do Credo Apostólico, dizendo juntos:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 405 - HPD – Por um pedaço de pão


AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Destino da oferta: _________________________________________
Oferta último Culto: R$________ destinada ____________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

ANIVERSARIANTES
________________________________________________________
________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

Senhor, nosso Deus, obrigado porque vieste renovar a nossa fé e a nossa esperança na ressurreição de Jesus Cristo e assim nos chamaste para participar da Tua família. Neste momento, também queremos interceder por este mundo perdido, que carece da Tua Salvação, que vive em meio a guerras e a destruição. Vem com teu Espírito e renova a face da Terra. Olha pelo nosso país, pela nossa cidade e ajuda-nos na tarefa de anunciar a Tua salvação por meio de nossas mãos, seja na oração ou no testemunho concreto de nossa fé na ressurreição de Jesus Cristo, para que as pessoas ao nosso redor também encontrem o caminho da salvação. Tudo o mais queremos colocar diante de Ti na oração que o teu Filho Jesus Cristo nos ensinou por meio dos apóstolos dizendo...

PAI NOSSO
Pai nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA
BÊNÇÃO
Queremos receber das mãos de Deus à bênção que ele nos oferece, toda vez que nos reunimos em culto. Que Deus Te abençoe e Te guarde, que Ele faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti, que ele sobre ti levante o Seu rosto e Te de a paz. Que assim Deus Pai, Filho e Espírito Santo Te conduza pelos caminhos de Deus, hoje e para todo o sempre. Amém.

ENVIO
Vão na paz do Senhor Jesus Cristo, na certeza de que ele vai adiante de vocês e de todo/a aquele/a que se deixa conduzir por Suas mãos. Pois Ele foi nos preparar lugar junto a Ele para que todo/a aquele/a que se coloca debaixo da esperança da ressurreição de Cristo venha estar com Ele pela eternidade. Que Deus os abençoem.

CANTO FINAL
Nº 474 - HPD – Ontem Ele foi, hoje Ele é
 


Autor(a): P. Cláudio Rieper
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Páscoa
Perfil do Domingo: 2º Domingo da Páscoa
Testamento: Novo / Livro: Atos / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 22 / Versículo Final: 32
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2017
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 40744
REDE DE RECURSOS
+
A Comunidade cristã deve ser reconhecida, sem sombra de dúvida, na pregação do Evangelho puro
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br