1 Reis 17.8-16 - 25º Domingo após Pentecostes - 11/11/2018

Caderno de Cultos 2018

11/11/2018

11/11/2018 - 25º Domingo após Pentecostes
Pregação: 1 Reis 17.8-16; Leituras: Hb 9.24-28; Mc 12.38-44
Walter Hoppe – Paróquia Lestematogrossense

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Sejam todos bem-vindos a este culto, que já vem a ser o antepenúltimo Domingo do ano da Igreja. O lema que nos é dado para a semana que se inicia é a palavra de Jesus, que encontramos em Mateus 24.42, que assim diz: “Fiquem vigiando, pois vocês não sabem em que dia vai chegar o seu Senhor.” Que todos se saibam cuidados por Deus. Amém.
Também você que está de visita, deixe-se cuidar por Deus. Sim, que a paz de Deus esteja com todos.

CANTO DE ENTRADA

HPD 2 – 450 Ouvi o Salvador dizer
Ou: HPD 1 – 146 Tu queres ver unido

SAUDAÇÃO
Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.
Elevo os meus olhos para os montes, de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor que fez os céus e a terra. Ouçam o salmo que nos é dado como oração para esta semana, a 25º semana após pentecostes. (Leitura do Salmo 146 ou uma seleção dele)
HPD 2 – 349 Louvemos todo juntos

Ou: HPD 1 – 253 Glorificado seja teu nome

CONFISSÃO DE PECADOS
Eterno e Santo Deus e Senhor, perdoa-nos nossa falta contra ti, nosso próximo e nós mesmos. Perdoa-nos nossa falta de cuidado conosco, de nosso próximo e de tua palavra. Renova-nos com o poder do teu amor. Vem Santo Espirito, renova a tua criação. Tem piedade Senhor. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
O Deus, que também hoje novamente nos reúne, é um Deus cheio de misericórdia e de perdão. Ele também hoje nos encontra com seu perdão nos oferecendo nova vida. Também para nós ele continua dizendo, os teus pecados estão perdoados. A paz de Deus o pai esteja contigo. Amém.

SAUDAÇÃO APOSTÓLICA

KYRIE
Pelas dores deste mundo imploramos ao Senhor. . Tem, Senhor, piedade…...HPD 2 - 342

GLÓRIA IN EXCELSIS
Porque nosso Deus ouve, ouviu o clamor de seu povo libertando-o da escravidão, mostrando nos sua misericórdia e cuidado Através de Jesus, o Cristo. Nós nos unimos com os anjos, cantando: Glória a Deus nas alturas…. HPD 2 - 346

ORAÇÃO DO DIA
Eterno Deus viste a oferta da viúva pobre, ela se confiou ao teu cuidado. Também nós no culto de hoje nos colocamos sob o teu cuidado. Dá-nos de tua palavra, do alimento para a eternidade. Fortalece em nós a fé e a esperança e o amor que tens para conosco, para contigo e nosso próximo. Ouve os agradecimentos, intenções e intercessões que trazemos em nossos corações. Em nome de Jesus Cristo, teu Filho, que contigo e com o Espirito Santo vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
Hebreus , capítulo 9., versículos 24-48
Aclamação do Santo Evangelho. Aleluia – Fiquem vigiando, pois vocês não sabem em que dia vai chegar o seu Senhor. Aleluia.
Evangelho segundo Marcos, capítulo 12, os versículos 38 até 44.

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO

HPD 1 – 381 Pela Palavra de Deus

PREGAÇÃO – 1º Reis 17.8-16

Que a graça e a Paz de Deus e de nosso Senhor Jesus Cristo estejam com todos. Amém
(Leitura do texto de 1ª Reis 17.8-16)
Irmão e Irmãs.
As leituras que ouvimos no culto de hoje nos falam do cuidado de Deus conosco, Elas nos chamam a refletir sobre o nosso cuidado com os outros. Deus cuida de seu servo Elias, Ele sobrevive graças ao cuidado de Deus. Ele sobrevive graças ao cuidado de Deus com os menores, a viúva, que crendo, não segura, mas divide o pouco que tem e assim é guardada, cuidada através do caminho difícil que tem diante de si.
O evangelho, que ouvimos, nos convida a olhar para Jesus. Convida a olhar com ele para a viúva pobre e sua oferta. Ele nos convida a nos imaginarmos na cena. Onde eu estou nela, onde eu me encontro? Que lugar Deus tem na minha vida? Que lugar tem este que tem cuidado de mim? Lembro-me de alguém em minha sala dizendo: “Eu estou disposto a tudo, só não me fale de compromissos, muito menos de dinheiro, disto cuido eu”.
Deus tem cuidado de nós, Ele tem permitido a minha e a tua vida, sua benção não tem faltado. Até quando? Assim agora pensamos. Amanhã, olhando para trás certamente diremos, ele nos carregou e cuidou de nós. Ele nos cuidou de tal forma que pudemos nos estabelecer, formar comunidade, construir igreja, ter um lugar, ser conhecidos e reconhecidos onde vivemos.
Deus tem cuidado de nós, ele nos deu filhos e filhas, nos deu descendência, amigos, vizinhos,
trabalho, sonhos e paz, realização.
Como temos, você e eu, respondido a estas bênçãos, a este cuidado de Deus conosco? Com o que sobra, ou de coração despojado, sabendo que tem alguém mais necessitado e que tem alguém que está vendo e que cuida de nós. Sim, que não precisamos viver segurando, mas podemos abrir nossas mãos para o outro, como o fizeram as viúvas. Não é desta forma que nossas relações se tornam mais ricas, quando nós confiamos uns aos outros, a medida que nos comprometemos mais com os outros. A medida que nos comprometemos mais uns com os outros. Assim somos comunidade.
No comprometimento uns com os outros, na partilha nossa vida se enche de sentido, nos tornamos mais alegre. Nos tornamos mais alegre e cheios de vida quando deixamos de guardar para nós e compartilhamos, dividimos, guardamos uns dos outros.
A viúva soube entregar aquilo que tinha para viver, soube dividir o pouco que restava, um ato de fé no cuidado de Deus. Um ato de gratidão, semelhante ao de Abrão, que se dispôs a oferecer o seu próprio filho, sua descendência, seu próprio futuro Você e eu estamos dispostos a isso?
Estamos dispostos a oferecer um dia de nossa vida para Deus, a confiar no seu cuidado. Ao cuidado de Deus sobre nossas vidas e cuidar dos outros. Este é o centro e o sentido da vida. Este é o centro e o sentido do grande mandamento. Amar a Deus antes e acima de todas as coisas, porque ele tem cuidado de nós e amar ao próximo como a nós mesmos, cuidar do próximo como a nós mesmos. O centro vital não está em mim mas na relação, no cuidado de Deus e no cuidado que dispenso ao próximo, no deixar-se cuidar por Deus e cuidar do e pelo próximo.
No exemplo de hoje nós somos desafiados, pelo exemplo das viúvas a confiar no cuidado de Deus. A confiarmos a ele nossas vidas e lhe ser gratos por seu cuidado, dando nossa oferta de gratidão não no que sobra, mas separando algo do que temos e somos, Por que o que temos e somos, nós o temos e somos porque ele nos o deu e permitiu.
Que Deus nos conduza neste cuidado, assim como conduziu seu servo Elias, que nos possamos identificar com as viúvas, quando olhamos para as palavras que hoje ouvimos. Elas que tudo dão, porque se sabem e confiam no cuidado que ele Deus tem conosco. Amém.

HINO

HPD 1 – 257 Minha alma entoa um hino

CONFISSÃO DE FÉ
Respondendo ao cuidado de Deus conosco, firmemos a nossa fé nas palavras do Credo Apostólico.
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)

HPD 1 – 166 Dá-nos olhos claros

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2. Agradecer pelo cuidado de Deus que nos permite ser comunidade.
3. Pedir pela unidade e a paz na Igreja de Cristo.
4. Pedir pelos milhões de refugiados, que como Elias precisam achar refúgio em outros lugares, que encontrem pessoas dispostas a partilhar como a pobre viúva o fez.
5.. Lembrar nossas famílias, nossos filhos e pais, irmãos e demais parentes amigos e colegas de trabalho
6._Lembrar os milhões de desempregados, pedir por autoridades criativas, pessoas empreendedoras e tementes a Deus.
7. Agradecer, agradecer…..

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA
AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO

Bênção

HPD 2 – 400 - Bem aventurados

Envio

 

 


 


Autor(a): Pastor Walter Hoppe
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 25º Domingo após Pentecostes
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2018
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 49654
REDE DE RECURSOS
+
Mesmo que não sejamos cristãos tão bons como deveríamos ser, e somos ignorantes e fracos tanto na vida como na fé, Deus ainda assim quer defender a sua Palavra, pela simples razão de ser a sua Palavra.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br