1 Pedro 3.18-22 - 1º Domingo na Quaresma - 18/02/2018

Caderno de Cultos 2018

18/02/2018

18/02/2018 - 1º Domingo na Quaresma
Pregação: 1 Pedro 3.18-22; Leituras: Gênesis 9.8-17; Marcos 1.9-15
Diácono Vanderlei Hüther – Paróquia do Parecis- MT
LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia/ Boa noite.
Que bom que podemos estar juntos mais uma vez para celebrarmos e nos encontrarmos com nosso Deus Criador. Hoje iniciamos o período da Quaresma, os quarenta dias que antecedem a Páscoa. Quaresma é um tempo de avaliação, resignação e introspeção – tempo de olhar para nossa vida e alinhamos nossos passos no caminho do Senhor.
Para este nosso culto, saúdo a cada um/uma de vocês com as palavras que são lema para essa nova semana. O Evangelista Mateus 4.4 relata: “Jesus respondeu ao tentador: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus”.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
332 – HPD2 – Deus está aqui

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Estamos aqui reunidos em nome e na presença do nosso Trúno Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
366 - HPD 2 – Vem, Espírito Santo

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
(Convidar inicialemente que cada um, em silêncio, faça sua confissão de pecados individual).

Senhor nosso Deus. Queremos neste momento, em oração, colocar toda a nossa vida aos teus cuidados. Reconhecemos diante de Ti que não temos sido bons seguidores dos teus mandamento e nem mesmo dos ensinamentos de Jesus Cristo. Não conseguimos amar plenamente, cuidar com carinho do nosso próximo e nem mesmo da criação. Somos falhos, Senhor, até mesmo quando tentamos fazer o que é correto. Por isso viemos aqui, pedir o teu perdão. Que a tua graça maravilhosa nos envolva e transforme a nossa vida. Aceite-nos, ó Deus, por teu grandioso amor e perdoe todos os nossos pecados. Te pedimos isso, por Cristo Jesus, o nosso Salvador. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Palavras de Perdão e de Graça nós encontramos em 2Co 5.21 – “Em Cristo não havia pecado. Mas Deus colocou sobre Cristo a culpa dos nossos pecados para que nós, em união com ele, vivamos de acordo com a vontade de Deus”.
Quando com fé e sinceridade confessamos os nossos pecados, Deus houve o nosso pedido de perdão. Por isso, vos anúncio o perdão dos vossos pecados em nome de Deus o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Coloquemos todas as situações de sofrimento deste mundo nas mãos e aos cuidados do nosso Deus. Cantemos: Kyrie Eleison – Rodolfo Gaede Neto (Pelas dores deste mundo)

ORAÇÃO DO DIA
Querido e Amado Deus. Te agradecemos por podermos estar aqui neste dia reunidos em culto, te louvando, adorando e ouvindo da Tua Santa Palavra - que é fonte de vida e de orientação para nós. Permita o Deus que nesta pequena horas em que estamos aqui na tua casa seja um tempo abençoado. Por isso, bondoso Deus, sopra sobre nós o teu Santo Espírito neste momento onde vamos ler e ouvir da tua Palabra. Abrir nossas mentes, corações e ouvidos para recebe-la plenamente. Te podimos isso, ó Deus, em nome de Jesus Cristo, que contigo e com o Esírito Santo, vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Gênesis 9.8-17

2ª Leitura Bíblica: Marcos 1.9-15

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
381 – HPD2 – Pela Palavra de Deus

3ª Leitura Bíblica: 1 Pedro3.18-22


PREGAÇÃO

Queridos irmãos e irmãs, desejo que a Graça, a Paz e o Amor de Deus estejam com cada uma e com cada um de vocês neste momento. Amém.

Neste final de semana, dentro do calendário liturgico, iniciamos o tempo de Quaresma!
Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo, a festa da Páscoa, a ressurreição de Jesus.
A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa. Durante os quarenta dias que antecedem a Semana Santa e a Páscoa, os cristãos são convidados a se dedicar à reflexão, a conversão e a se recolhem em oração e penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz.
Por isso que durante a Quaresma a Igreja utiliza a cor roxa em seus paramentos e nas vestes liturgicas dos ministros, já que simboliza a tristeza e dor.
A quaresma nos remete para os deserto de nossa vida (solidão, angústias, dúvidas, desesperos, tristesas, ...) e da sociedade (violência, preconceitos, discriminações, exclusões, impunidades, opressões,...). São coisas que queremos e preferimos nos afastar, mas que com a ajuda de Deus, temos que enfrentar – assim como Noé, Moisés e Jesus. Por isso, este é tempo de refletir sobre o grande ato de amor, de entrega e de sofrimento de Cristo em favor da humanidade, e da nossa Salvação.
Ao falarmos de Quaresma não há como não falar sobre a manifestação absoluta da Graça de Deus! Graça que encontramos claramente em nossos três texto bíblicos, os quais lemos anteriormente. Graça que vem ao nosso encontro através do Batismo - a água que limpa e purifica a humanidade e o ser humano.
E é sobre este ato de Deus, em nosso favor, que eu gostaria de falar.
Inicialmente devemos dizer que o batismo é um mandamento de Deus, instituido e ordenado pelo próprio Jesus Cristo. Através da água - elemento externo e visível – Deus toca a nossa vida com um sinal eterno e invisivel. E por isso que, ser batizado em nome de Deus é ser batizado não por homens, mas pelo próprio Deus. (Livro de Batismo, p, 23)
O Livro de Batismo da IECLB (p. 23) nos lembra: “o significado do batismo é um morrer bem aventurado do pecado e uma ressureição na graça de Deus, de modo que o velho ser humano, concebido e nascido em pecado, é afogado, e um novo ser humano, nascido na graça, surge e se levanta”
Lutero, no Catecismo Menor, ressalta que o batismo é a Palavra de Deus unida à água. Sem a palavra de Deus a água não é nada especial. Mas ela visibiliza a palavra e com ela constituem o sacramento. A água, assim como o pão e o vinho para a Santa Ceia “mostram que a palavra de Deus se destina não só aos ouvidos. Ela toca o corpo das pessoas e o afeta em seu todo” (Brakemeier – Confessionalidade Luterana. p. 41)
”E é isto o que acontece o Batismo: Deus estende a sua mão e se apropria da pessoa batizada, aceitando-a graciosamente como seu filho e sua filha. Simultaneamente ele chama ao discipulado. O apóstolo Paulo diz que estamos sendo imersos na morte de Jesus Cristo para que andemos em novidade de vida (Rm6.3s). Batismo é vocação para a vida cristã.” (Brakemeier – Confessionalidade Luterana. p. 41).
Quaresma é tempo de reconhecer naquele Jesus solidário o filho de Deus que veio para nos ajudar a cruzar o deserto de nossas vidas e conduzir-nos para a liberdade do perdão, da graça e do amor.
Quaresma é tempo de ser solidários com as pessoas e a natureza, assim como Deus tem sido conosco. É tempo de vivermos o nosso Batismo. É tempo de anunciar e reconhecer em Jesus o filho de Deus veio para nos libertar de nossos medos e egoísmos. É tempo de dar e receber perdão e amor. Que Deus nos acompanhe neste tempo Quaresmal. Amém.


HINO
220 – HPD 1 – Cantai e folgai

CONFISSÃO DE FÉ
Pela Palavra ouvida e pregada, confessemos a nossa fé no Tríúno Deus com as palavras do credo Apostólico. Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
460 – HPD2– Conta as bênçãos


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração: (Neste momento quem estiver conduzindo o culto pode pedir à comunidade pelos motivos de intercessão que as pessoas queiram incluir. Caso o/a celebrante se sentir à vontade, pode em seguida dirigir uma oração a Deus incluindo estes e outros pedidos, sem esquecer dos aniversariantes. Caso tenha dificuldade em fazer esta oração, simplesmente convida a comunidade a orar de mãos dadas o Pai Nosso e, com ele, as diversas intercessões são colocadas diante de Deus)

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor vos abençoe e vos guarde. O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós e tenha misericórdia de vós. O Senhor sobre vós levante o seu rosto, e vos dê a paz.
Que assim vos abençoe o Trino Deus, o Pai, e o Filho e o Espírito Santo. Amém.

ENVIO
Vamos em paz e sirvamos ao nosso Deus com alegria. Amém

CANTO FINAL
378 – HPD2 – Abençoe-vos o Deus


 


Autor(a): Diácono Vanderlei Hüther
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Quaresma
Perfil do Domingo: 1º Domingo na Quaresma
Testamento: Novo / Livro: Pedro I / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 18 / Versículo Final: 22
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2018
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 45591
REDE DE RECURSOS
+
Se reconhecemos as grandes e preciosas coisas que nos são dadas, logo se difunde, por meio do Espírito, em nossos corações, o amor, pelo qual agimos livres, alegres, onipotentes e vitoriosos sobre todas as tribulações, servos dos próximos e, assim mesmo, senhores de tudo.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br